Novidades na MLS 2017

A maior competição futebolística dos EUA, a MLS (Major League Soccer), segue em constante crescimento, isso porque a cada ano os números referentes a vendas de camisa, ingressos, exposição dos clubes, patrocinadores, e valores de cotas televisivas continuam aumentando gradativamente. Além disso, o número de equipes também não para de crescer, tanto é, que até o ano de 2020, a MLS contará com o total de 26 agremiações. Em 2015, o campeonato contou com chegada do Orlando City e do New York City, e neste ano, duas novas franquias estrearão no torneio, trata-se do Atlanta United e o Minessota United.
Podemos afirmar com plena convicção que o Atlanta United já é uma potência antes mesmo de ter entrado em campo pela primeira vez em sua história, isso porque a equipe fundada em 2014, jamais disputou nenhuma competição anteriormente, e tem como dono, o bilionário norte-americano Arthur Blank, proprietário também do time de futebol americano Atlanta Falcons. da NFL (National Football League, liga de futebol americano) e da Home Depot (rede de loja varejista norte-americana que vende produtos para o lar). Vale ressaltar ainda, que o Atlanta United já vendeu de antemão, 22 mil pacotes de ingressos referentes a toda a temporada de 2017, e recebeu da montadora Mercedes-Benz, o equivalente a 250 milhões de dólares pelos naming rights de seu novo estádio, o Mercedes-Benz Stadium que terá capacidade para 75 mil pessoas.

blog
Na imagem acima podemos ter a nítida noção de como ficará o Mercedes-Benz Stadium, em Atlanta, cidade sede da Coca-Cola.

Com todo esse dinheiro por trás, o Atlanta United já saiu a mil no mercado, e o primeiro nome anunciado, foi o do treinador Gerardo “Tata” Martino, ex-técnico da seleção argentina e do Barcelona. Em seguida foram anunciados diversos jogadores como o atacante argentino Hector Villalba (ex-San Lorenzo), o paraguaio Miguel Almirón (ex-meia do Lanús), do centro-avante Kenwyne Jones (grande estrela da seleção de Trinidad & Tobago) e do lateral-esquerdo da seleção norte-americana Greg Garza. Além de todos estes nomes já confirmados, o Atlanta United tenta agora a contratação do goleiro Brad Guzan, titular da seleção dos EUA e atualmente no Middlesbrough (equipe inglesa que disputa a Premier League) e do atacante do Racing (Argentina), Óscar Romero, irmão gêmeo de Angel Romero (atacante do Corinthians), pelo qual já fez uma proposta de 30 milhões de reais, e o acerto parece estar bem próximo. O paraguaio foi um pedido especial do técnico Tata Martino, pois ele é o grande destaque da equipe do Racing, aonde soma 57 partidas e 10 gols marcados.

blog
A contratação de Óscar Romero junto ao Racing, pode ser concretizada ainda hoje. Detalhes separam o paraguaio da nova potência norte-americana.

Já o Minessota United tem um histórico bem diferente do Atlanta United, afinal, a equipe do norte dos Estados Unidos, fundada no ano de 2010, já disputou a NASL (North American Soccer League), liga amadora de futebol norte-americano, em seis ocasiões. O orçamento do Minessota United é mais modesto em relação ao Atlanta United, mas isso não quer dizer que se trata de um clube pobre, muito pelo contrário, basta analisarmos o investimento feito pelo time de Minneapolis para a construção de seu novo estádio, aonde foram gastos 150 milhões de dólares. Como sua nova casa só ficará pronta no ano que vem, o Minessota United jogará no TFC Bank Stadium (estádio da Universidade de Minessota) somente esta temporada. O treinador da nova equipe da MLS, será o ex-técnico do Orlando City, Adrian Heath, que por enquanto, tem pouquíssimos atletas em seu elenco. Uma curiosidade, é que o brasileiro Ibson atuou pelo Minessota United na temporada passada, porém não foi relacionado entre os atletas que permanecerão no elenco deste ano, aliás, somente os laterais Justin Davis e Kevin Vanegas, além do três vezes artilheiro, Christian Ramirez serão aproveitados no plantel que segue em construção.

blog
Na foto acima, é possível observar o brasileiro Ibson em ação pelo Minessota United. O meia não disputará a MLS pelo clube nesta temporada.

Os principais nomes anunciados pelo Minessota United até o momento, são os de Miguel Ibarra, que estava no León (México) e retorna ao time norte-americano depois de uma temporada inteira no futebol mexicano. O meia defendeu o Minessota de 2012 a 2015, época em que o clube disputava a NASL. Já o segundo nome de impacto confirmado pela diretoria da equipe, é o do zagueiro norueguês Vadim Demidov, que passou as últimas duas primaveras no futebol norueguês, porém já defendeu clubes como a Real Sociedad, Celta e o Eintracht Frankfurt, e por conta disso, é considerado um reforço de peso.
Na próxima temporada, será a vez de mais uma equipe estrear na MLS, me refiro ao Los Angeles FC, mas antes teremos a oportunidade de observar mais dois jovens times surgindo nos gramados norte-americanos. Ao que tudo indica, o Atlanta United, com um poderio financeiro maior, poderá surpreender com seu plantel recheado de grandes jogadores, enquanto o Minessota United, conta com o experiente treinador Adrian Heath, que com certeza pode fazer a diferença. A MLS 2017 começa apenas em março (03/03/2017), até lá, só nos resta aguardar ansiosamente o início deste ótimo campeonato, que não para de crescer ano a ano.

Deixar um comentário

Menu