Monaco x Juventus

Dia de semifinal da Champions League é sempre uma data especial, ainda mais quando o duelo é entre duas equipes de estilo totalmente diferentes. Por isso, não deixe de acompanhar o confronto entre Monaco x Juventus, que se jogarão os primeiros noventa minutos dessa verdadeira decisão, às 15:45 (horário de Brasília) no estádio Luís II, em Mônaco.
Podemos considerar o Monaco como a grande surpresa da temporada, afinal, os comandados de Leonardo Jardim além de serem semifinalistas da Champions League, são também os atuais líderes da Ligue 1 (campeonato francês) com 83 pontos ganhos, três a mais que o vice-colocado PSG (80 pontos), porém vale ressaltar que o time do consulado tem uma partida a menos em relação aos parisienses, portanto, os monegascos estão muito próximos do título do campeonato. O ponto forte do Monaco até aqui, é sem sombra de dúvidas o seu poderoso ataque, para se ter ideia, desde que a equipe alcançou a fase final (fase mata-mata) da Champions League, eles marcaram três gols em cada uma das quatro partidas realizadas, registrando assim, uma média de três gols por jogo desde as oitavas de finais. Mas em contrapartida, a defesa continua sendo o ponto fraco do time de Leonardo Jardim, tanto é, que ela foi vazada nove vezes neste mesmo período de quatro jogos. O departamento médico do Monaco vetou a participação dos atletas Gabriel Boschilia, Guido Carrillo, Djibril Sidibe e Almamy Touré por decorrência de lesões.

blog
Falcão Garcia e Kylian Mbappe dividem a artilharia do Monaco na Champions League com 5 gols cada um.

Do outro lado, a Juventus desembarca em solo monegasco extremamente motivada, tudo porque a Juve é o único clube na Europa que ainda pode conquistar o triplete (Campeonato + Copa + Champions League). Na fase anterior da Champions League, a Vecchia Signora (apelido da Juventus) eliminou nada mais nada menos que o poderoso Barcelona, depois de vencer o jogo de ida em Turim por 3 a 0, e empatar o jogo da volta na Catalunha por 0 a 0, contabilizando cinco jogos consecutivos sofrer gols na competição, portanto, não é à toa que a Juve é dona de uma das melhores defesas do continente europeu, lembrando que em dez jogos disputados até aqui no torneio, a equipe só foi vazada em duas ocasiões. Assim como o Monaco, os pupilos de Massimiliano Allegri estão com as duas mãos na taça do hexacampeonato italiano, já que restando somente quatro rodadas para o término da liga, o time permanece nove pontos à frente da vice-líder Roma, diante deste cenário, fica claro que só uma verdadeira catástrofe tirará o scudetto da Juve. Além do volante Sami Khedira que está suspenso, os jogadores Daniele Rugani e Marko Pjaka, também estarão fora de combate por conta de suas respectivas lesões.

blog
A Juventus de Gianluigi Buffon foi vazada somente duas vezes na Champions League 2016/17.

O registro histórico do confronto aponta que ambas equipes já se enfrentaram quatro vezes na história, e a vantagem é da Juventus que soma duas vitórias contra um triunfo do Monaco, enquanto o empate prevaleceu em uma única oportunidade. O último embate entre os dois clubes, ocorreu nas quartas de finais da Champions League 2014/15, e na ocasião, os italianos eliminaram os monegascos após vencerem por 1 a 0 no placar agregado (primeiro jogo 1 x 0, e segundo jogo 0 x 0). Curiosamente, Monaco e Juventus já decidiram as semifinais do torneio, foi na temporada 1997/98, e novamente a Juve levou a melhor fazendo 6 a 4 no placar agregado (4 x 1 e 2 x 3). A Juventus foi campeã da Champions League duas vezes até hoje, sendo a última delas em 1996, ou seja, já se passaram quase vinte anos daquela conquista que teve a presença de jogadores como Alessandro Del Piero, Fabrizio Ravanelli, Didier Deschamps, Gianluca Vialli, Juan Pablo Sorín, entre outros. Já o Monaco passou muito perto do título da competição, mas acabou ficando com o vice-campeonato depois de perder por 3 a 0 do Porto, de José Mourinho, na finalíssima da Champions League 2003/04, disputada na Veltins-Arena, em Gelsenkirchen.

blog
Jogadores da Juventus comemoram classificação sobre o Monaco, nas quartas de finais da Champions League 2014/15. E agora, será que a história será diferente?

Monaco (4-4-2): Subasic; Dirar, Jemerson, Glik e Mendy; Bernardo Silva, Fabinho, Bakayoko e Lemar; Mbappe e Falcão García. Técnico: Leonardo Jardim.

Juventus (4-2-3-1): Buffon; Daniel Alves, Bonucci, Chiellini e Alex Sandro; Pjanic e Marchisio; Cuadrado, Dybala e Mandzukic; Higuaín. Técnico: Massimiliano Allegri.

O confronto entre Monaco x Juventus é literalmente um duelo bastante imprevisível, já que estamos nos deparando com duas equipes totalmente diferentes, pois uma tem como principal qualidade marcar gols, enquanto a outra tem como maior mérito, não sofrê-los, portanto, é um verdadeiro embate de ataque contra defesa. Os monegascos sabem que precisam aproveitar o fator campo, pois derrotar a Juventus em Turim, é uma missão praticamente impossível, por isso, o objetivo de Leonardo Jardim é fazer o possível para matar o jogo logo na partida de ida. A boa performance do time do consulado (venceu seus últimos 13 jogos em casa) no estádio Luís II, os coloca como favoritos na peleja desta tarde, mesmo diante da melhor defesa do torneio. Enquanto isso, a Juventus encontrará uma atmosfera super favorável, afinal, a torcida do Monaco não assusta nenhum adversário, e isso é algo relativamente bom ao conjunto de Massimiliano Allegri, que terá como meta, marcar gols fora de seus domínios, com o intuito de deixar a situação do adversário complicada para o jogo de volta. A filosofia da Vecchia Signora continuará a mesma, uma equipe extremamente organizada, bem postada dentro de campo no habitual esquema 4-2-3-1, e que atua de forma pragmática e funcional, ou seja, sem invenções. Levando em consideração todos estes aspectos, creio que o empate será o resultado final dos primeiros noventa minutos deste grande duelo válido pelas semifinais da Champions League.

Deixar um comentário

Menu