Turquia x Islândia

Restando apenas duas rodadas para o término da primeira fase das Eliminatórias europeias da Copa do Mundo de 2018, o grupo I do torneio segue completamente em aberto, e o confronto entre Turquia x Islândia será decisivo para definir o futuro de ambos na competição. O duelo terá início às 15:45 (horário de Brasília) desta sexta-feira, no New Eskişehir Stadium, em Eskişehir (Turquia).
Quando todos imaginavam que a Turquia estava eliminada das Eliminatórias europeias e consequentemente fora da Copa do Mundo da Rússia, os comandados de Mircea Lucescu deram a volta por cima, e venceram a atual líder, Croácia, por 1 a 0, graças ao gol salvador do atacante Cenk Tosur. Com isso a Turquia pulou para a 3ª posição do grupo I com 14 pontos ganhos, contabilizando 4 vitórias, 2 empates e 2 derrotas em 8 partidas disputadas até aqui pela competição, obtendo uma performance de 58,3%. Além disso, este excelente resultado fez com que as Estrelas Crescentes dependam apenas de suas próprias forças para se classificarem no mínimo para a repescagem das Eliminatórias, já que uma vitória sobre a Islândia, deixaria o conjunto turco na vice-liderança do grupo.

As
Após a polêmica saída do treinador Fatih Terim, demitido por conta de uma suposta agressão a um empregado de um restaurante, o treinador Mircea Lucescu (foto), ex-treinador do Shakhtar Donetsk e do Zenit, assumiu o comando da seleção turca, em agosto deste ano.

Enquanto isso a surpreendente Islândia, que deixou o mundo boquiaberto na Eurocopa 2016, quando conseguiram a incrível façanha de chegar nas quartas de finais da competição, depois de eliminar a poderosa Inglaterra nas oitavas de finais, continuam dando o que falar nessas Eliminatórias, afinal, os Vikings dividem a liderança do grupo I ao lado da Croácia com 16 pontos ganhos, colecionando 5 vitórias, 1 empate e 2 derrotas no torneio. Com esse ótimo desempenho de 66,7%, a seleção islandesa segue sonhando com uma vaga no Mundial da Rússia, que caso se concretize, será a primeira Copa do Mundo da história da Islândia, um pequeno país nórdico de aproximadamente 320 mil habitantes. Na rodada passada, os pupilos de Heimir Hallgrímsson não tiveram dificuldades para vencer a Ucrânia, em Reykjavík (capital islandesa) por 2 a 0, com direito a dois gols do craque da equipe, Gylfi Sigurdsson. No entanto, no jogo retrasado, a derrota pelo placar mínimo para a penúltima colocada Finlândia, em Helsinki (capital finlandesa), definitivamente não estava nos planos dos Vikings. 

blog
Os vikings deram show durante a Eurocopa 2016, será que eles estarão na Rússia em 2018?

O registro histórico do confronto aponta que ambas seleções se enfrentaram 10 vezes ao longo da trajetória, e a vantagem é da Islândia que soma 6 vitórias contra 2 triunfos da Turquia, à medida que o empate prevaleceu em 2 oportunidades. O encontro mais recente entre os dois selecionados, ocorreu em outubro do ano passado, e na ocasião, a Islândia bateu a Turquia por 2 a 0, em Laugardalsvöllur, com gols de Alfred Finnbogason e Omer Toprak (contra), em partida válida pela 3ª rodada das Eliminatórias europeias da Copa do Mundo da Rússia 2018. Em contrapartida, quando eles se defrontaram pelo grupo A da Eurocopa 2016, os turcos levaram a melhor, pois derrotaram os islandeses por 1 a 0. A Islândia nunca participou de uma Copa do Mundo, porém chegou muito perto de reservar seu lugar no Brasil. Contudo, eles caíram diante da Croácia (2 a 0, no placar agregado) na repescagem das Eliminatórias 2014. Já a Turquia participou somente dos Mundiais de 1954 e 2002, sendo que no último deles, terminou na terceira posição do torneio.

Encarar a Turquia no New Eskişehir Stadium, é uma tarefa bastante indigesta, tanto é que a líder Croácia foi derrtoada pelos turcos na rodada passada por 1 a 0.
Encarar a Turquia no New Eskişehir Stadium, é uma tarefa bastante indigesta, tanto é que a líder Croácia sucumbiu diante dos quase 35 mil torcedores turcos, que lotaram as dependências do estádio.

Turquia (4-4-2): Babacan; Ayhan, Söyüncü, Mehmet Topal e Caner Erkin; Emre Mor, Nuri Sahin, Ozyakup, Arda Turan; Burak Yilmaz e C. Tosun. Técnico: Mircea Lucescu.

Islândia (4-4-2: Halldorsson; Saevarsson, R. Sigurdsson, Ignasson e Magnusson; Gudmundsson, Hallfredsson, Gunnarsson e Bjarnsson; Gilgy Sigurdsson; Finnbogason. Técnico: Heimir Hallgrímsson.
O duelo contra a Islândia nesta sexta-feira, é de vida ou morte para a Turquia, digo isso porque caso os turcos consigam sair de campo com os três pontos, eles ficarão no mínimo com a vaga da repescagem, diferentemente se sofrerem um revés, que representaria o adeus da equipe de Mircea Lucescu da Copa do Mundo da Rússia 2018. Por esta razão, juntamente com o fato de atuar em casa, diante de sua fanática e inflamada torcida, a Turquia sairá em busca da vitória desde o início do jogo, com o objetivo principal de sufocar os visitantes, algo similar com o que fizeram com a Croácia. Do outro lado, caberá a Islândia segurar o ímpeto dos anfitriões, façanha esta, que os Vikings já provaram ser capazes de realizar, pois não nos restam dúvidas de que a atual safra de jogadores islandeses é facilmente a melhor do país até hoje, e ficou muito visível quando eles chegaram nas quartas de final da Euro 2016. Se fossemos analisar esse confronto há uma década atrás, seria evidente apontar os turcos como vencedores, porém na atualidade, jamais poderíamos desconsiderar um triunfo dos islandeses. Levando em consideração todos estes aspectos, acredito que o embate entre Turquia x Islândia, terminará com o empate no placar final.

Deixar um comentário

Menu