Mainz 05 x Borussia Dortmund

A 16ª rodada da Bundesliga pode ser um verdadeiro marco na campanha do Borussia Dortmund, que agora, sob o comando do treinador Peter Stoger, tentará dar a volta por cima no campeonato. Mas para isso, Stoger e seu novo time precisarão superar o Mainz 05, que por sua vez, necessita urgentemente dos três pontos. O palco do importante confronto desta terça-feira (17:30, horário de Brasília), será a Coface Arena, em Mainz.
Na rodada passada da Bundesliga, o Mainz 05 conquistou um empate por 2 a 2 contra o vice-colocado RB Leipzig fora de seus domínios, resultado que foi bastante comemorado pelos pupilos de Sandro Schwarz pois a derrota do Die Nullfünfer já era praticamente certa, porém o gol de Emil Berggreen aos 42 minutos da segunda etapa, garantiu aos carnavalescos um pontinho a mais na tabela. Aliás, este ponto foi fundamental para manter o Mainz 05 de fora da temível zona de rebaixamento, isso porque a equipe permanece na 14ª posição do campeonato com 16 pontos, colecionando 4 vitórias, 4 empates e 7 derrotas em 15 jogos realizados, obtendo assim, 35,6% de aproveitamento no torneio. Além disso, o Die Nullfünfer registra somente um triunfo nos últimos sete compromissos pela Bundesliga, portanto fica nítido que o time definitivamente não faz uma boa campanha. O departamento médico do Mainz 05 vetou a presença dos jogadores René Adler, Yoshinori Muto, Levin Oztunali, Karim Onisiwo e Kenan Kodro, todos machucados.

O marfinense Jean-Philippe Gbamin é o grande destaque do Mainz na temporada. Não à toa, o volante de 22 anos, esteve presente em todos os jogos do Die Nullfunfer até aqui na Bundesliga.
O marfinense Jean-Philippe Gbamin é o grande destaque do Mainz na temporada. Não à toa, o volante de 22 anos esteve presente em todos os jogos do Die Nullfunfer até aqui pela Bundesliga.

Enquanto isso, o conturbado Borussia Dortmund desembarca na Renância-Palatinado com a confiança totalmente abalada, tudo porque os auri-negros realizam uma péssima campanha na temporada. Uma prova disso, é a sucessão de maus resultados obtidos pelo time recentemente, pois para se ter ideia, o Borussia Dortmund permanece há oito jogos consecutivos sem vencer na Bundelisga, e além do mais, a equipe alemã foi precocemente eliminada ainda na fase de grupos da Champions League sem conquistar nenhum único triunfo no torneio. Consequentemente, o conjunto auri-negro ocupa apenas a 8ª posição na tabela do campeonato com 22 pontos ganhos, contabilizando 6 vitórias, 4 empates e 5 derrotas na competição, registrando com isso uma pífia performance de 48,9% de aproveitamento. A solução encontrada pela diretoria foi demitir o holandês Peter Bozs, notícia que foi bastante comemorada pela torcida do Borussia Dortmund, porém para o seu lugar, foi contratado o ex-treinador do Colônia, Peter Stoger, um nome que literalmente não agradou os auri-negros. Os jogadores Erik Durm, Lukasz Piszczek, Gonzalo Castro, Sebastian Rode, Mario Gotze, Marco Reus e Maximilian Philipp estão todos fora de combate por decorrência de lesões.

A derrota por 2 a 1 para o penúltimo colocado Werder Bremen, em pleno Signal Iduna Park, foi mais um dos vexames de Peter Bosz à frente do Borussia Dortmund.
A derrota por 2 a 1 para o penúltimo colocado Werder Bremen, em pleno Signal Iduna Park, foi o último vexame de Peter Bosz à frente do Borussia Dortmund, já que no dia seguinte o holandês foi demitido pela diretoria auri-negra.

O registro histórico do confronto aponta que ambas equipes se enfrentaram 22 vezes ao longo da trajetória, e a vantagem é do Borussia Dortmund que soma doze vitórias mediante três triunfos do Mainz 05, à medida que o empate prevaleceu em outras sete oportunidades. O primeiro jogo oficial entre os dois clubes na história, aconteceu no ano de 2004, e terminou empatado por 1 a 1. Já o encontro mais recente entre eles, ocorreu em janeiro deste ano na própria Coface Arena, e na ocasião, o placar ficou também no 1 a 1, com gols de Danny Latza para os lados do Mainz 05, enquanto Marco Reus descontou a favor do Borussia Dortmund, em partida válida pela 18ª rodada da Bundesliga 2016/17. Vale ressaltar ainda, que o retrospecto do Mainz 05 é péssimo diante do Borussia Dortmund, pois os auri-negros estão invictos em 15 dos últimos 16 compromissos frente o Die Nullfünfer. No entanto, como citei anteriormente, os comandados de Peter Stoger não vencem há exatos oito jogos pela Bundesliga, ou seja, a última vitória do Borussia Dortmund pela competição foi somente no mês de setembro. Não obstante, o Mainz 05 ganhou apenas um dos últimos sete jogos do campeonato alemão.

Por incrível que o confronto desta terça-feira entre Mainz 05 x Borussia Dortmund pode ser apontado como o jogo dos desesperados na Bundesliga.
Por incrível que pareça, o confronto desta terça-feira entre Mainz 05 x Borussia Dortmund, pode ser considerado como o jogo dos desesperados na Bundesliga.

Mainz 05 (3-5-2): Zentner; Balogún, Stefan Bell e Diallo; Donati, Serdar, Gbamin, Latza e Brosinski; Holtmann e Qualson. Técnico: Sandro Schwarz.

Borussia Dortmund (3-4-3): Burki; Sokratis, Bartra e Schmelzer; Pulisic, Weigl, Sahin e Raphael Guerreiro; Yarmolenko, Aubameyang e Schurrle. Técnico: Peter Stoger.

Caso fôssemos analisar este joga na temporada passada, é óbvio que o favoritismo seria total a favor do Borussia Dortmund. Entretanto, a fase do conjunto auri-negro é realmente tenebrosa, porém a chegada do novo treinador Peter Stoger, por mais que ele não seja o nome que mais agrade a torcida, pode sim mudar os rumos da equipe, dando a ela uma dose extra de motivação. O novo comandante do Borussia Dortmund chega com sorte, já que irá encarar um time que está brigando na parte debaixo da tabela, contra o temível rebaixamento, e por esta razão também vive um mal momento. O ponto positivo do Mainz 05, será atuar diante de seus fanáticos torcedores na Coface Arena, que se transforma em um grande caldeirão em dias de jogos. Dentro das quatro linhas, vejo os auri-negros superiores tecnicamente, todavia, o time iniciará um trabalho da estaca zero com Peter Stoger, que logo de cara já mudou o esquema tático da equipe, deixando de lado o trágico 4-3-3 de Peter Bosz, para implantar o 3-4-3. São raras as vezes que o imediatismo funciona no futebol, porque o normal é que demore um certo tempo para que uma nova filosofia se encaixe em uma agremiação, mas na atual situação do Borussia Dortmund a troca de treinador irá efetivamente surtir o efeito esperado. Por este motivo, acredito que os auri-negros voltarão de Mainz com os três pontos na bagagem.

Deixar um comentário

Menu