Bayern Munique x Borussia Dortmund

O sorteio da Copa da Alemanha colocou na fase de oitavas de final, o jogo que poderia facilmente ser a grande final da competição. Me refiro ao Der Klassiker, nome dado ao tradicional clássico entre Bayern Munique x Borussia Dortmund, que se enfrentarão na tarde desta quarta-feira, às 17:45 (horário de Brasília), na Allianz Arena.
O início de temporada dos atuais pentacampeões alemães foi bastante conturbado, tudo por conta de uma sucessão de maus resultados, decorrentes de um péssimo futebol apresentado pelo time. Mas a diretoria do Bayern agiu rapidamente tratando logo de demitir o ex-treinador Carlo Ancelotti para contratar o velho conhecido Jupp Heynckes, que em sua terceira passagem pelo clube, recolocou o Gigante da Baviera novamente no caminho do sucesso. Não à toa, o Bayern Munique lidera isoladamente a Bundesliga com 41 pontos ganhos, mantendo uma incrível distância de onze pontos em relação ao segundo colocado, Schalke 04 (30 pontos). A fase dos comandados de Jupp Heynckes é tão boa, que no momento a equipe acumula cinco vitórias consecutivas, incluindo entre elas o fascinante triunfo sobre o PSG por 3 a 1, na última rodada da fase de grupos da Champions League. O grande mérito de Heynckes foi ajustar o setor defensivo dos bávaros, que não sofreu nenhum gol nos últimos três jogos diante do Eintracht Frankfurt, do Colônia e do Stuttgart, lembrando que o Bayern venceu estes três compromissos pelo placar mínimo. Os jogadores Manuel Neuer, Christian Fruchtl, Thiago Alcântara e Arjen Robben estão fora de combate por decorrência de lesões.

O treinador Jupp Heynckes é o grande responsável pela volta por cima do Bayern Munique.
O treinador Jupp Heynckes é o grande responsável pela volta por cima do Bayern Munique na temporada. Em 15 partidas à frente dos bávaros nesta sua terceira passagem pelo time, o técnico de 72 anos coleciona 14 vitórias e apenas uma derrota.

Do outro lado, o Borussia Dortmund começou a colocar a casa em ordem após o “furacão” Peter Bosz ter levado tudo literalmente abaixo. A passagem do treinador holandês pelo conjunto auri-negro foi realmente aterrorizante, afinal, sob o comando de Bosz o time foi eliminado ainda na fase de grupos da Champions League sem oferecer perigo algum ao Tottenham e Real Madrid, seus principais concorrentes no grupo. Além disso, pela Bundesliga, Peter Bozs bateu o recorde negativo de oito jogos seguidos sem vitórias na competição, e consequentemente deixou a equipe na sétima posição da tabela. Com esse show de maus resultados a diretoria do clube enfim demitiu o holandês e trouxe o ex-treinador do Colônia, Peter Stoger. Essa mudança surtiu o efeito esperado, já que o austríaco venceu seus dois primeiros jogos à frente do Borussia, derrotando o Mainz 05 (2 x 0), e o Hoffenheim (2 x 1), triunfos que fizeram os auri-negros darem um excelente salto para o terceiro posto na classificação da Bundesliga (28 pontos). No entanto, o velho problema de lesões continua assolando o Borussia Dortmund, tanto é, que o departamento médico auri-negro vetou a presença dos atletas Erik Durm, Lukasz Piszczek, Gonzalo Castro, Mario Gotze, Marco Reus, Sebastian Rode e Maximilian Philipp, devido as suas respectivas contusões.

blog
O treinador Peter Stoger teve um drástico início de temporada sob o comando do Colônia, o seu ex-clube. Em 14 partidas realizadas pela Bundesliga, o austríaco conquistou somente três empates, e perdeu todos os demais jogos (onze), ou seja, ele conseguiu a façanha de não conquistar nenhuma vitória em 14 rodadas. Mesmo assim o Borussia Dortmund decidiu contratá-lo.

O registro histórico do confronto aponta que o Der Klassiker já foi realizado 118 vezes ao longo da história e a vantagem é do Bayern Munique que soma 53 vitórias mediante 41 triunfos do Borussia Dortmund, à medida que o empate prevaleceu em 34 oportunidades. O clássico mais recente entre os dois clubes, ocorreu no mês passado, e na ocasião, o Bayern Munique bateu o Borussia Dortmund por 3 a 1 em pleno Signal Iduna Park, com gols de Arjen Robben, Robert Lewandowski e David Alaba para o lado dos bávaros, enquanto o zagueiro Marc Bartra diminuiu a favor dos auri-negros, em partida válida pela 11ª rodada da Bundesliga 2017/18. No entanto, na edição passada da Copa da Alemanha o Borussia Dortmund eliminou o Bayern Munique nas semifinais da competição, depois de derrotar o Gigante da Baviera por 3 a 2 na Allianz Arena. Vale ressaltar ainda, que os bávaros estão invictos em 29 dos últimos 30 jogos pela Copa da Alemanha, ao passo que o conjunto auri-negro ganhou suas últimas cinco partidas também pelo torneio. Para finalizar, podemos considerar que este será o embate entre os atacantes Robert Lewandowski e Pierre-Emerick Aubameyang, que travam uma disputa pessoal pela artilharia do futebol alemão, sendo que nessa temporada o gabonês contabiliza 22 gols diante de 21 tentos do polonês.

O confronto entre Bayern Munique x Borussia Dortmund
O Der Klassiker desta quarta-feira colocará frente a frente os atuais pentacampeões alemães contra os campeões da Copa da Alemanha.

Bayern Munique (4-1-4-1): Ulreich; Kimmich, Boateng, Hummels e Alaba; Javi Martínez; Muller, James Rodríguez, Vidal e Ribéry; Lewandowski. Técnico: Jupp Heynckes.

Borussia Dortmund (4-1-4-1): Burki; Toljan, Sokratis, Toprak e Schmelzer; Weigl; Yarmolenko, Kagawa, Raphael Guerreiro e Pulisic; Aubameyang. Técnico: Peter Stoger.

O Der Klassiker sempre nos proporciona grandes emoções, afinal, estamos nos referindo ao maior clássico do futebol alemão. Desta vez o Bayern Munique está sedento para derrotar o Borussia Dortmund, tudo porque na temporada passada foram justamente os auri-negros que os eliminaram nas semifinais da competição, e detalhe, diante de sua própria torcida na Allianz Arena, portanto, o cenário será ideal para que os pentacampeões da Bundesliga possam dar o troco no arquirrival. A fase vivida pelo Bayern é excelente, tudo graças a chegada do treinador Jupp Heynckes, que mudou totalmente a forma do time jogar, trazendo aos bávaros um estilo de jogo mais conservador, com uma defesa mais consistente e um meio-campo mais marcador. Enquanto isso o Borussia Dortmund iniciou agora o seu processo de recuperação, que a propósito, deveria ter começado há muito tempo, porém a diretoria do clube demorou uma eternidade para demitir Peter Bosz. Nos dois primeiros jogos de Peter Stoger no comando dos auri-negros, já foi possível notar uma melhora considerável na equipe, que parou de sofrer tantos gols e se apresentou de maneira mais organizada dentro de campo. Contudo, Stoger ainda levará um tempo para implantar completamente sua filosofia, creio que isso deverá ocorrer apenas no mês de janeiro, período do retorno da Bundesliga. Tendo em vista todos estes aspectos, juntamente com o fato da enorme força do Bayern Munique quanto atua em seus domínios, não nos restam dúvidas de que o Gigante da Baviera avançará tranquilamente às quartas de final da Copa da Alemanha.

 

Deixar um comentário

Menu