Argentina x Itália

A tarde desta sexta-feira será realmente agitada, pois nela teremos uma série de amistosos internacionais organizados pela FIFA. Dentre os principais, está o tradicionalíssimo confronto entre Argentina x Itália, que se enfrentarão a partir das 16:45 (horário de Brasília), no Etihad Stadium, em Manchester.

Notícias Argentina:

Os comandados de Jorge Sampaoli viveram momentos bastante conturbados durante as Eliminatórias da Copa do Mundo 2018, isso porque a Argentina conseguiu garantir sua vaga no Mundial somente na última rodada do torneio, quando venceu o Equador, na altitude de Quito, por 3 a 1. Desta maneira, a Albiceleste terminou as Eliminatórias na terceira posição da tabela com 28 pontos ganhos, contabilizando 7 vitórias, 7 empates e 4 derrotas em 18 jogos disputados, obtendo assim, 51,9% de aproveitamento. Para se ter uma ideia, a distância dos argentinos para o líder Brasil (41 pontos), foi de 12 pontos.
Dois aspectos foram preponderantes para a má campanha da Argentina nas Eliminatórias, primeiramente, a troca de treinadores durante a competição, pois o selecionado argentino iniciou o torneio com o treinador Edgardo Bauza e terminou com Jorge Sampaoli no comando. O segundo deles, é sem sombra de dúvidas o setor ofensivo da equipe, o segundo pior das Eliminatórias com somente 19 gols marcados, à frente apenas da Bolívia, que balançou as redes adversárias 16 vezes.

O atacante Gonzalo Higuaín voltou a ser convocado após longos
Gonzalo Higuaín é uma das principais novidades na lista de Jorge Sampaoli, lembrando que o atacante da Juventus não havia sido convocado nas partidas decisivas da Argentina na reta final das Eliminatórias.

Notícias Itália:

Enquanto isso, a gloriosa Itália desembarca em Manchester completamente aos cacos, afinal, a Azzurra conseguiu a façanha de ficar de fora da Copa do Mundo deste ano, um feito que não acontecia há sessenta anos. O conjunto italiano realizou uma campanha razoável nas Eliminatórias, terminando a primeira fase do torneio na vice-posição do grupo G com 23 pontos ganhos, cinco atrás da líder Espanha (28 pontos), colecionando 7 vitórias, 2 empates e 1 derrota em dez partidas realizadas, atingindo 76,7% de aproveitamento.
Com isso, a Itália foi obrigada a jogar a repescagem da competição, aonde teve pela frente a indigesta Suécia. No jogo de ida, os nórdicos derrotaram os italianos pelo placar mínimo em Estocolmo, e como ambos empataram sem gols no jogo de volta em Milão, a Azzurra deu adeus ao sonho de disputar o Mundial da Rússia.
Devido a esse vexame, o técnico Gian Piero Ventura foi prontamente demitido pela Federação Italiana e em seu lugar, o interino Luigi Di Biagio, ex-treinador da seleção sub-21 da Itália, comandará a equipe nos amistosos diante da Argentina e da Inglaterra, respectivamente.

Em declínio: a Itália caiu fora ainda na fase de grupos tant no Mundial 2010 (África do Sul) quanto na Copa de 2014 (Brasil).
Em declínio: a Itália caiu fora ainda na fase de grupos tanto no Mundial de 2010 (África do Sul) quanto na Copa de 2014 (Brasil).

Dados Estatísticos:

O registro histórico do confronto, aponta que ambas seleções se enfrentaram 14 vezes ao longo da história, e a vantagem é da Itália que soma seis vitórias mediante três triunfos da Argentina, à medida que o empate prevaleceu em outras cinco oportunidades.
O encontro mais recente envolvendo os dois selecionados, ocorreu em uma partida amistosa realizada em 2013 no estádio Olímpico de Roma. Na ocasião, a Argentina bateu a Itália por 2 a 1, com gols de Gonzalo Higuaín e Éver Banega para o lado dos argentinos, ao passo que Lorenzo Insigne diminuiu a favor dos italianos.
Vale ressaltar ainda, que a Albiceleste está invicta frente a Azzurra há exatas quatro partidas, registrando três vitórias (uma nos pênaltis) e um empate neste período. O último triunfo da Itália sobre a Argentina (3 x 1), aconteceu em um jogo amistoso disputado no ano de 1987.
Para finalizar, jamais poderíamos deixar de mencionar que o duelo entre argentinos e italianos reunirá seis taças de Copa do Mundo, duas da Argentina (1978 e 1986) e quatro da Itália (1934, 1938, 1982 e 2006).

O último confronto entre Argentina e Itália em Copas do Mundo, terminou com a vitória dos argentinos nos pênaltis, nas semifinais do Mundial da Itália 1990, no estádio San Paolo.
O último confronto entre Argentina e Itália em Copas do Mundo, terminou com a vitória dos argentinos nos pênaltis, nas semifinais do Mundial de 1990, no estádio San Paolo.

Escalações:

Argentina (4-2-3-1): Romero; Mercado, Fazio, Otamendi e Tagliafico; Lucas Biglia e Paredes; Meza, Lionel Messi e Di María; Higuaín. Técnico: Jorge Sampaoli.

Itália (4-3-3): Buffon; Florenzi, Bonucci, Rugani e Darmian; Parolo, Jorginho e Verratti; Candreva, Immobile e Insigne. Técnico: Luigi Di Biagio.

Previsão:

O embate desta sexta-feira reunirá duas seleções que estão sedentas para reconquistar a confiança, basta analisarmos o atual momento de ambas. A começar pela Argentina, que mesmo tendo se classificado para o Mundial da Rússia, apresentou um futebol bastante abaixo das expectativas nas Eliminatórias, por essa razão, os argentinos garantiram a vaga somente na última rodada da competição. Já a Itália, que havia feito campanhas pífias nas duas últimas edições da Copa do Mundo, conseguiu a façanha de ficar de fora do torneio, algo realmente surreal para uma equipe repleta de história.
Dentro das quatro linhas, acredito que teremos uma partida bastante intensa, como costumam ser os jogos envolvendo argentinos e italianos. Creio que a Argentina é um time mais organizado taticamente, até porque o treinador Jorge Sampaoli assumiu a Albiceleste em junho do ano passado, enquanto os italianos nem técnico tem, tanto é, que o interino Luigi Di Biagio quebrará o galho da Azzurra comandando-a nos amistosos deste mês.
Consideração todos estes aspectos, tudo nos leva a crer que os atuais vice-campeões mundiais e sul-americanos sairão do Etihad Stadium com o triunfo no placar.
Palpite: Argentina 2 x 0 Itália.

Deixar um comentário

Menu