PSV Eindhoven, campeão holandês 2017/18

O PSV Eindhoven precisou de exatas 31 rodadas para garantir o título da Eredivisie, recuperando assim o posto de campeão holandês, até então ocupado pelo Feyenoord. Com isso, os Boerens chegam a sua 24ª conquista ao longo da história, sendo a terceira nas últimas quatro temporadas, e de quebra, asseguraram a tão sonhada vaga na próxima edição da Champions League.

Os torcedores do PSV estão realmente em êxtase, afinal, a equipe de Eindhoven conquistou o título da Eredivisie justamente no clássico frente ao Ajax, seu maior rival no futebol holandês. Com o estádio Philips completamente lotado, os Boerens começaram a construir a vitória aos 23 minutos do primeiro tempo através do gol do uruguaio Gastón Pereiro. Em seguida, aos 38 minutos, o matador Luuk de Jong ampliou o placar para 2 a 0. Já na segunda etapa, Steven Bergwijn deu números finais ao confronto ao marcar o terceiro tento a favor dos comandados de Phillip Cocu. Irritados com a derrota, os jogadores do time de Amsterdam perderam a cabeça, por esta razão, terminaram o jogo com dois atletas a menos em campo, devido as expulsões de Nicolás Tagliafico e Siem de Jong, respectivamente.

Desta maneira, o PSV Eindhoven chegou aos 80 pontos na tabela da Eredivisie, e não pode mais ser alcançado pelo Ajax, vice-líder, com 70 pontos ganhos, lembrando que restam apenas três rodadas para o término da liga. Contabilizando 26 vitórias, 2 empates e somente três derrotas em 31 partidas disputadas, o esquadrão de Phillip Cocu obtém 86,02% de aproveitamento através desta campanha. Além disso, o PSV não perdeu nenhum embate no estádio Philips pela Eredivisie, permanecendo invicto em seus domínios somando 15 vitórias e um único empate nos 16 jogos lá realizados. Vale ressaltar ainda, que o ponto forte dos Boerens durante a competição, foi o poderio ofensivo da equipe, que é dona do melhor ataque do torneio com 82 gols marcados, registrando uma ótima média de 2,65 gols por jogo.

Como citei anteriormente, o PSV conquistou o campeonato nacional pela 24ª vez na história, e diminuiu a vantagem em relação ao Ajax, maior campeão do futebol holandês com 33 taças no currículo, porém o time da capital não ergue a taça do torneio desde a temporada 2013/14, época em que a equipe comandada por Frank de Boer venceu o tetracampeonato da liga. De lá para cá, o PSV Eindhoven ganhou as edições 2014/15 e 2015/16 da competição, enquanto o Feyenoord era o atual detentor do título (2016/17). O grande responsável pelas campanhas vitoriosas dos Boerens, é sem sombra de dúvidas o treinador Phillip Cocu, que assumiu o comando do conjunto de Eindhoven de maneira oficial em 2013 e por incrível que pareça já faturou três campeonatos holandeses além de uma Copa da Holanda.

Com o título assegurado de forma antecipada, os Boerens apenas cumprirão tabela nas três rodadas finais da Eredivisie. Os próximos compromissos do PSV Eindhoven serão contra Roda JC (f), ADO Den Haag (f) e Groningen (c). Por este motivo, a briga na liga agora ficou restrita ao vice-campeonato, aonde Ajax (70 pontos) e AZ Alkmaar (65 pontos) seguem lutando pelo segundo posto da tabela, posição essa, que levará o postulante à disputa da fase pré-eliminatória da Champions League. Enquanto isso, na parte debaixo da classificação, NAC Breda, Roda JC, Sparta Roterdã e Twente tentam se manter na elite do futebol holandês.

 

 

Deixar um comentário

Menu