A caminho da Rússia

Após um longo período de testes, o treinador da seleção alemã Joachim Low enfim enviou a lista final dos 23 jogadores que defenderão as cores da Mannschaft na Copa do Mundo de 2018. As únicas surpresas na relação de convocados dos atuais campeões mundiais, foi a presença do goleiro Manuel Neuer, que passou a temporada toda lesionado, e a ausência de Leroy Sané, que foi um dos grandes destaques do Manchester City, campeão da Premier League. Desta maneira, a Alemanha está pronta para encarar a longa viagem até a Rússia em busca do pentacampeonato do torneio.

O projeto de reconstrução da seleção alemã teve início depois que a Alemanha sofreu uma humilhante eliminação na Eurocopa 2000, caindo precocemente na fase de grupos do torneio, e realizando a segunda pior campanha da competição. A partir daquele dia, a DFB (Federação Alemã de Futebol) iniciou um planejamento em parceria com clubes e jogadores, visando reerguer não só a Mannschaft, como o futebol alemão. O principal objetivo da entidade era investir fortemente nas categorias de base, com o intuito de revelar atletas talentosos que tivessem condições de serem protagonistas no selecionado nacional em um curto período de dez anos. Através deste projeto, surgiram nomes como Manuel Neuer, Thomas Muller, Mesut Ozil, Mario Gotze, entre outros, que levaram a Alemanha ao título da Copa do Mundo de 2014.

Com isso, os alemães estão apenas colhendo os frutos provenientes deste excelente programa de desenvolvimento, e por esta razão, a Mannschaft é apontada como a grande favorita ao título da Copa da Rússia. No entanto, apesar de ter um time base na ponta do lápis, algumas dúvidas ainda pairavam na mente do técnico Joachim Low, e o amistoso diante da Áustria no sábado passado, que terminou com o inusitado triunfo dos austríacos por 2 a 1, serviu para que o técnico colocasse um ponto final em todas essas indefinições.

A primeira delas respondia pelo nome de Manuel Neuer, o goleiro campeão do mundo em 2014 é certamente um dos melhores do planeta na posição, porém na última temporada, Neuer atuou somente 360 minutos, ou seja, o atleta de 32 anos entrou em campo somente quatro vezes pelo Bayern Munique, por este motivo, a sua convocação estava em xeque, mas para a alegria dos alemães, o camisa 1 está garantido na Copa 2018. Entretanto, a não presença de Leroy Sané caiu como uma bomba na mídia alemã. Além dele, os jogadores Bernd Leno, Jonathan Tah e Nils Petersen, também foram cortados da lista final da Mannschaft. Confira abaixo a relação completa de Joachim Low: 

blog

A ausência de Leroy Sané da lista de Joachim Low definitivamente não agradou a maior parte da torcida alemã, visto que o jovem atleta de 22 anos realizou uma ótima temporada pelo Manchester City, sendo inclusive, um dos principais destaques da equipe de Pep Guardiola. Pelos Citizens, Sané marcou 19 tentos e foi autor de 15 assistências em 49 jogos disputados pelo time, que no final, consagrou-se campeão inglês. Além destes excelentes números, Sané é considerado um dos jogadores mais habilidosos desta nova geração da Alemanha, ou seja, um dos únicos atletas capazes de decidir uma partida através de jogadas individuais. Em seu twitter oficial, o ponta-esquerda evidenciou a sua insatisfação por não ter sido escolhido por Low, confira:

"Obrigado a todos por suas mensagens encorajadoras ontem e hoje. Estou obviamente 
desapontado por não participar da Copa do Mundo, mas tenho que aceitar essa decisão e darei 
tudo de mim para me recuperar e voltar mais forte! Nada além do sucesso para a equipe da 
Alemanha na Rússia. Nos traga esse título!"

O escolhido por Joachim Low para ocupar o lugar de Leroy Sané, foi Julian Brandt, do Bayer Leverkusen. A propósito, Low deixou bem claro que cortar Sané não foi uma decisão nada fácil para ele, leia abaixo o pronunciamento do técnico alemão sobre o assunto:

"Foi uma decisão muito acirrada entre Leroy Sané e Julian Brandt. São dias tristes na vida de um 
técnico de uma seleção, quando você tem que mandar quatro jogadores incríveis, que merecem
estar na Copa do Mundo, para casa. É como estar no balcão de check-in do aeroporto a caminho
de Moscou, e você ficar impossibilitado de embarcar no avião. "

A Alemanha realizará um amistoso contra a Arábia Saudita na próxima sexta-feira, amistoso esse, que será o último da Mannschaft antes de sua estreia na Copa do Mundo da Rússia. Vale ressaltar que a seleção alemã está situada no grupo F do torneio, ao lado do México, da Suécia e da Coréia do Sul. Os jogos da equipe de Joachim Low acontecerão nos dias 17/06 (México), 23/06 (Suécia) e 27/06 (Coréia do Sul). Curiosamente, caso alemães e brasileiros terminem a primeira fase da Copa na liderança de seus respectivos grupos, eles só se enfrentarão na decisão do torneio, portanto, ao que tudo indica as chances do Brasil enfrentar os atuais campeões mundiais são realmente pequenas, porém se ela existir, possivelmente teremos a reedição da final da Copa de 2002. Aguardemos!

Deixar um comentário

Menu