Que venha a temporada!

O início da trajetória de Steven Gerrard como treinador não será nada fácil, isso porque após meses de espera, enfim o eterno capitão do Liverpool estreará pela Scottish Premiership. E logo de cara, Gerrard terá pela frente o Aberdeen, atual terceiro colocado do torneio, e detalhe, fora de seus domínios. Por essas e outras, fica evidente que a vida do novato treinador inglês no comando do Rangers será bastante complicada.

A temporada 2018/19 do Rangers já começou há quase um mês, quando os Gers enfrentaram o Shkupi (Macedônia) pela primeira fase da Europa League. Neste confronto, os pupilos de Steven Gerrard venceram o jogo de ida no Ibrox Stadium por 2 a 0, à medida que o empate sem gols no jogo de volta, garantiu a classificação do conjunto escocês. Já na segunda fase, o Rangers se deparou diante do Osijek (Croácia), e nesta ocasião, o triunfo pelo placar mínimo fora de casa foi preponderante para a qualificação da equipe de Glasgow, que empatou a partida de volta em Glasgow por 1 a 1.

Desta maneira, em quatro partidas à frente do Rangers, Steven Gerrard coleciona o total de duas vitórias e dois empates, permanecendo invicto até o momento. Entretanto, os dois adversários enfrentados pelo time escocês não podem servir de parâmetro para uma análise mais complexa, pois tratam-se de equipes bastante modestas, por este motivo, é correto afirmar que o técnico de 38 anos de idade terá o seu primeiro grande teste na temporada na manhã do próximo domingo, dia em que os Gers estrearão na Scottish Premiership contra o Aberdeen no Pittodrie Stadium.

Embora os Gers não tenham feito apresentações de encher os olhos, eles mostraram-se bastante organizados, principalmente no setor defensivo. Os maiores destaques do Rangers nestes quatro primeiros compromissos do time protestante na temporada, foram o habilidoso Ovie Ejaria e o veloz ponta-esquerda Ryan Kent. Os volantes Ryan Jack, Lassana Coulibaly, Scott Arfield, além do zagueiro Connor Goldson, também tiveram atuações consistentes, por isso o quarteto também merece elogios.

Nos dois jogos contra o Shkupi, Steven Gerrard utilizou a formação da equipe no 4-1-4-1, porém nas partidas frente o Osijek, ele preferiu armar o time no 4-2-3-1. Por conta da evolução dos Gers dentro de campo, é esperado que Gerrard repita o último esquema no confronto diante do Aberdeen. Vale ressaltar, que o meia Graham Dorrans, cabeça pensante do meio-campo, segue fora de combate em decorrência de uma lesão. Com isso, o nigeriano Ovie Ejaria ficará uma vez mais responsável pela criação de jogadas.

O investimento feito pela diretoria do Rangers no mercado de transferências foi pequeno, dado que o orçamento disponível pelo clube azul de Glasgow é baixíssimo, lembrando que os Gers voltaram ao primeiro escalão do futebol escocês há apenas dois anos, pois a equipe havia sido rebaixada à quarta divisão por causa do não pagamento de dívidas. Mesmo assim, a excelente relação de Gerrard com o Liverpool facilitou a chegada dos atletas Ovie Ejaria e Ryan Kent por empréstimo, e a do lateral-direito Jon Flanagan à custo zero.

A diretoria só precisou abrir os cofres para trazer os zagueiros Connor Goldson (Burnley) e Nikola Katic (Slaven Belupo), e o ponta-esquerda Jamie Murphy (Brighton). Enquanto isso, os jogadores Allan McGregor (Hull City) e Scott Arfield (Burnley) assinaram de graça pois estavam em final de contrato, ao passo que Umar Sadiq e Lassana Coulibaly chegaram por empréstimo de Roma e Angers, respectivamente. Portanto, para contratar dez novos reforços o Rangers desembolsou somente 6,88 milhões de euros (R$ 29,5 milhões).

Por mais que o Rangers seja um clube de enorme tradição no continente europeu, ele continua em processo de recuperação após a sua falência, e obviamente, demandará tempo até o time 54 vezes campeão escocês alcançar o mesmo patamar de outrora. O objetivo primordial dos Gers nessa temporada é brigar pelo título da Scottish Premiership porém se a conquista não vier, permanecer próximo do heptacampeão Celtic na tabela da competição, já estaria de bom tamanho à equipe. Resta saber no entanto, se Steven Gerrard conseguirá ou não, cumprir essa meta. Aguardemos!

Deixar um comentário

Menu