Prazo de validade vencido

O revés do Manchester United frente o Liverpool por 3 a 1 no estádio Anfield Road, deixou ainda mais evidente que quanto mais tempo a diretoria dos Red Devils manter José Mourinho no comando da equipe, mais ambos afundarão. Entretanto, a astronômica multa rescisória presente no contrato do treinador, é o motivo que impede a sua demissão neste momento.

A temporada 2018/19 do futebol inglês já está chegando em sua metade, e por incrível que pareça, o Manchester United, clube mais glorioso da Terra da Rainha, já colecionou uma série de vexames, dentre os principais, está a precoce eliminação na Terceira Fase da Copa da Liga Inglesa para o modesto, Derby County, time que disputa a segunda divisão do país, em pleno estádio Old Trafford. As derrotas nos clássicos diante de Tottenham (3 x 0), Manchester City (3 x 1) e Liverpool (3 x 1), também não poderiam deixar de ser mencionadas.

A campanha do Manchester United é tão ruim na atual edição da Premier League, que ela já é a pior da equipe na competição ao longo da história, tanto é, que os comandados de José Mourinho ocupam apenas a 6ª posição na tabela do campeonato com míseros 26 pontos em 17 jogos disputados, colecionando 7 vitórias, 5 empates e o montante de cinco derrotas nestes compromissos (51% de aproveitamento). Para se ter uma ideia, a diferença dos Red Devils para o Liverpool, líder do torneio, é de 19 pontos, enquanto a distância para o 4º colocado, Chelsea, o primeiro time classificado à Champions League, é de 11 pontos.

Em 17 partidas realizadas até aqui pela Premier League, o Manchester United já sofreu a bagatela de 29 tentos.
O Manchester Uinted não venceu nenhum grande adversário da Premier League nesta temporada. São três derrotas e dois empates contra os gigantes da liga (City, Liverpool, Tottenham, Arsenal e Chelsea).

O que mais chama a atenção além do horroroso futebol apresentado pelos Red Devils dentro das quatro linhas, é o montante de gols sofridos por eles. Atualmente, na 17ª rodada da Premier League, o conjunto de Old Trafford já sofreu 29 gols, isto é, um a mais do que em toda a edição passada da competição, visto que naquela ocasião, o Manchester United foi vazado em 28 oportunidades, lembrando que 38 jogos foram disputados pelo time no campeonato. Logo, os vice-campeões ingleses terminaram a Premier League 2017/18 registrando 0,74 gols sofridos por partida, ao passo que hoje, o esquadrão de José Mourinho contabiliza 1,71 gols de média.

Conhecido por montar equipes com defesas extremamente consistentes, o treinador José Mourinho não está conseguindo nem isso no Manchester United. Aliás, o paradigma de que as terceiras temporadas do técnico português nos times em que trabalha são sempre péssimas, vem mais uma vez se concretizando, dado que este fenômeno também aconteceu quando ele comandou o Chelsea, o Real Madrid e novamente no clube londrino, em sua segunda passagem pelo Stamford Bridge. Deste modo, o prazo de validade do Special One nas equipes costuma durar apenas duas primaveras, não à toa, os torcedores nerazzurris o idolatram até hoje, pois ele venceu títulos importantíssimos nos dois anos em que passou pela Internazionale.

Desde a aposentadoria de Alex Ferguson em 2013, o Manchester United sofre para encontrar o treinador ideal para dirigir o time.
Desde a aposentadoria de Alex Ferguson em 2013, o Manchester United não encontrou um treinador ideal para dirigir o time.

Assim como nas demais agremiações em que trabalhou ao longo de sua gloriosa carreira, José Mourinho iniciou bem a sua primeira temporada à frente do Manchester United, basta recordarmos que na época, o time ergueu as taças da Supercopa da Inglaterra, da Copa da Inglaterra e Europa League. Por esta razão, grande parte dos torcedores acreditaram que o substituto ideal de Alex Ferguson era realmente o técnico português. Já em sua segunda temporada no Old Trafford, Mourinho teve de se contentar com os vice-campeonatos tanto da Premier League quanto da Copa da Inglaterra, uma vez que os Red Devils não faturaram nenhum título naquele período.

O destino de José Mourinho será ainda mais cruel em sua terceira temporada no Manchester United, já o desempenho do time é pífio e não dá sinais de melhoras, ao contrário, uma vez que o seu rendimento da piora a cada partida disputada. Para complicar ainda mais a situação, na manhã desta segunda-feira (16) o sorteio realizado pela UEFA referente às oitavas de final da Champions League, colocou o PSG no caminho dos Red Devils, portanto, dificilmente os ingleses seguirão em frente no torneio, até porque eles não caíram por muito pouco na fase de grupos.

O motivo para este verdadeiro caos vivido no Old Trafford é a conturbada relação de José Mourinho com boa parte do elenco, como é o caso de Paul Pogba, por exemplo. Diante de todo este trágico cenário, os torcedores do Manchester United seguem pedindo a cabeça do treinador nas redes sociais, uma prova disso, é que minutos após a derrota dos Red Devils para o Liverpool no Anfield Road, a hashtag “Jose Out” (Fora José, traduzido do inglês) liderou os trending tops do Twitter no mundo. O futuro do Special One já está definido, será bem longe de Manchester, porém a pergunta que fica é a seguinte: quando a diretoria irá demiti-lo? Aguardemos as cenas dos próximos capítulos!

Deixar um comentário

Menu