Que venha 2019!

O final de ano não poderia ter sido melhor para o Rangers, afinal, o time comandado pelo novato treinador Steven Gerrard, encerrou 2018 conquistando um memorável triunfo frente o Celtic, pelo placar mínimo, resultado este, que deixou os Gers empatados com o eterno rival na liderança da Scottish Premiership.

Depois de sofrer com o duríssimo rebaixamento para a quarta e última divisão do futebol escocês, devido ao acumulo de dívidas que inclusive o levaram a falência, o Rangers, tradicional clube da cidade de Glasgow, finalmente voltou a viver dias felizes, isso porque os Gers nunca estiveram tão próximos de acabar com a hegemonia do Celtic, atual hexacampeão nacional, na Terra do Uísque. Obviamente, o grande responsável pelo progresso dos protestantes nesta temporada, é o treinador Steven Gerrard, que vem realizando um trabalho incrível à frente da equipe.

A excelente campanha dos Gers ganhou mais notoriedade no sábado passado, quando eles tiveram que encarar o segundo Old Firm, tradicional clássico da cidade de Glasgow, da temporada. A única vantagem do Rangers no clássico, era o fato dele atuar no Ibrox Stadium, diante de sua fanática torcida. Vale ressaltar, que o Celtic entrou em campo com três pontos de vantagem em relação aos anfitriões na classificação da Scottish Premiership, portanto os pupilos de Steven Gerrard tinham a obrigação de vencer, ou então, os rivais abririam seis pontos na tabela.

2011, este foi o ano em que o Rangers ergueu o caneco do Campeonato Escocês pela última vez.
2011, este foi o ano em que o Rangers ergueu o caneco do Campeonato Escocês pela última vez.

Embora o placar do Old Firm tenha sido curto (1 x 0), o Rangers literalmente atropelou o Celtic, tanto é, que os anfitriões finalizaram sete vezes ao gol adversário, ao passo que os visitantes arremataram uma única vez na baliza do oponente. O domínio do Rangers também ficou evidenciado nos índices de posse de bola, visto que os Gers obtiveram 53% contra 47% dos Hoops. Por esta razão, a primeira vitória dos protestantes no clássico de Glasgow é realmente inquestionável.

Com isso, o Rangers subiu para o topo da tabela da Scottish Premiership ao lado do Celtic, ambos com 42 pontos ganhos. Colecionando o total de 12 vitórias, 6 empates e três derrotas em 21 partidas disputadas, os Gers obtêm 66,67% de aproveitamento através desta ótima campanha. Todavia, os célticos lideram o torneio nos critérios de desempate, dado que eles somam mais vitórias na competição. Além disso, os atuais hexacampeões escoceses disputaram um jogo a menos em relação ao Rangers no campeonato.

Ryan Jack foi o autor do gol que deu garantiu a vitória do Rangers sobre o Celtic por 1 a 0 no Ibrox Stadium.
O volante Ryan Jack foi o autor do gol que garantiu a vitória do Rangers sobre o Celtic por 1 a 0 no Ibrox Stadium.

Curiosamente, o revés do Celtic no Old Firm significou também a primeira derrota do treinador Brendan Rodgers para o seu discípulo, Steven Gerrard, que era seu jogador na época em que ele dirigia o Liverpool entre os anos de 2012 e 2015. No primeiro duelo entre eles, que ocorreu no início da atual temporada, o técnico dos célticos levou a melhor, logo, o confronto pessoal envolvendo os dois comandantes está empatado com uma vitória de cada lado.

O triunfo do Rangers no último sábado pode ser considerado um verdadeiro divisor de águas no futebol escocês, pois está é a primeira vez que os protestantes estão conseguindo brigar de igual pra igual com o seu grande rival pelo título do campeonato nacional desde o seu rebaixamento em 2012. Uma prova disso, é que o Rangers não vencia um Old Firm há exatos 15 jogos, contabilizando doze derrotas e três empates neste período, lembrando que diversas goleadas (5 a 1, 4 a 0 e 5 a 0) foram sofridas pelos Gers nesta lamentável fase do clube.

Ao contrário de outrora, a torcida do Rangers enfim terá a oportunidade de comemorar uma entrada de ano vislumbrando um futuro próspero. Como os Gers foram eliminados precocemente na fase de grupos da Europa League, eles terão apenas as competições de âmbito nacional (campeonato e copa) para se preocupar durante o restante da temporada. Para dar a tão sonhada volta olímpica na Scottish Premiership, a diretoria do Rangers está tentando viabilizar o empréstimo do atacante Connor Wickham junto ao Souhampton, o que deixaria a equipe de Steven Gerrard ainda mais forte. Diante de todo este cenário, fica evidente que 2019 será repleto de esperança ao conjunto de Ibrox.

 

Deixar um comentário

Menu