Novos tempos em San Mamés

Não é novidade para ninguém que o Athletic Bilbao é o única equipe no mundo que mantém a tradição de não contratar jogadores estrangeiros, lembrando que somente atletas bascos podem vestir a camisa dos Leones. No entanto, a vitória de Aitor Elizegi nas eleições presidenciais do clube abrirá a possibilidade de alguns nomes internacionais atuarem pelo time, ou seja, a tradição do conjunto basco vai aos poucos sucedendo a esta era moderna e globalizada que vivemos na atualidade.

Novo mandatário

A última eleição presidencial do Athletic Bilbao, realizada no final de dezembro, foi certamente uma das mais agitadas da história do clube, isso porque os candidatos Aitor Elizegi (oposição) e Alberto Uribe-Echevarría (situação) tinham ideias totalmente distintas. Enquanto Uribe-Echevarría tinha como proposta manter a filosofia de contratar apenas jogadores bascos, com ascendência basca ou com longa permanência em clubes bascos, Elizegi tinha como plano principal em sua campanha, abrir a possibilidade de filhos e netos de emigrantes bascos defenderem as cores do time, mesmo que estes nunca tenham vivido no território basco ao longo da vida.

E para a surpresa de todos, Aitor Elizegi venceu a eleição que já é considerada um verdadeiro divisor de águas na história do Athletic Bilbao. Obviamente, a péssima fase da equipe colaborou e muito para o triunfo de Elizegi, afinal, muitos associados acreditam que a queda de desempenho dos rojiblancos nos últimos anos se deu justamente pelo fato do clube não contar com atletas estrangeiros no elenco. Vale ressaltar, que o Athletic Bilbao segue a sua incessante luta contra o rebaixamento na atual edição da La Liga, dado que os pupilos de Gaizka Garitano ocupam apenas a 17ª posição na tabela do campeonato com míseros 16 pontos em 17 partidas disputadas.

Por uma diferença de apenas 85 votos, Aitor Elezi derrotou Alberto Uribe-Echevarría, e tornou-se o novo presidente do Athletic Bilbao.
Por uma diferença de apenas 85 votos, Aitor Elezi derrotou Alberto Uribe-Echevarría, e tornou-se o novo presidente do Athletic Bilbao.

Mudança de filosofia

A estreia de Iñaki Williams com a camisa do Athletic Bilbao em 2014, já havia sido uma amostra de que a mentalidade do clube estava realmente mudando. Embora o habilidoso ponta-direita tenha nascido no País Basco, ele é filho de um pai ganês e de uma mãe liberiana, por esta razão, a ideia de um jogador negro integrar o time basco causou um enorme rebuliço nos corredores do San Mamés. Todavia, os gols, os dribles, e o bom futebol de Iñaki Williams, venceram o preconceito de boa parte dos associados, tanto é, que o atleta de 24 anos é no momento, um dos grandes nomes dos Leones.

Hoje, com mais de 200 partidas pelo time basco, Iñaki Williams continua batendo recordes atrás de recordes, sendo que a façanha de ter sido o primeiro atleta negro a marcar um gol pelo Athletic Bilbao, depois de 117 anos de existência do clube, foi o principal deles. Aliás, a adoração pelo camisa 9 é tamanha, que os Leones já recusaram diversas propostas de equipes adversárias, como foi o caso do Barcelona, por exemplo. Se pararmos para pensar, quem seria capaz de imaginar isso tudo há cerca de dez anos? Ninguém! Portanto, a política do Athletic Bilbao continua mudando, sim, é verdade que bem aos poucos, mas está sempre tomando novos rumos.

Iñaki Williams, é o primeiro jogador negro a atuar pelo Athletic Bilbao ao longo da trajetória.
Em Turim, no dia 19 de fevereiro de 2015, Iñaki Williams marcou o seu primeiro gol com a camisa do Athletic Bilbao, aquele que veio a ser o primeiro tento de um negro com a camisa do clube.

Novos rumos

Aitor Elizegi não pode e não tem a intenção de trazer qualquer jogador estrangeiro à San Mamés, o novo presidente do Athletic Bilbao somente abriu o leque para que segundas e terceiras gerações de atletas bascos possam ser contratados pela equipe, recordando que os sócios serão consultados antes de qualquer transação realizada pela diretoria. Como o mandato no Athletic Bilbao tem a duração de quatro anos, Elizegi estará à frente do clube até 2023, e sua primeira intenção é reforçar o elenco de Gaizka Garitano para evitar um inédito rebaixamento, algo que sem sombra de dúvidas mancharia sua reputação.

Com apenas 16 gols marcados até aqui na La Liga, o Athletic Bilbao registra uma média abaixo de um gol por jogo, isso explica porque eles são donos do terceiro pior ataque da competição. Na tentativa de fortalecer o setor ofensivo da equipe, o novo mandatário do clube mostrou logo a que veio e está tentando negociar a vinda de Fernando Llorente, velho conhecido dos rojiblancos, que está no Tottenham. Caso essa contratação se concretize, logicamente a euforia será grande em San Mamés, porém a saída do treinador Eduardo Berizzo antes mesmo do final do primeiro turno da La Liga, foi comemorada como uma conquista de título pela torcida.

Ao lado do Barcelona e do Real Madrid, o Athletic Bilbao carrega consigo o rótulo de nunca ter sido rebaixado no campeonato espanhol, desde a criação do torneio em 1929. Por este motivo, permanecer distante da zona da degola é de suma importância aos torcedores rojiblancos. O primeiro compromisso dos Leones neste novo ano, será já na segunda-feira, diante do Celta, em Vigo, pelo fechamento da 22ª rodada da La Liga. Como restam 16 jogos para o término da competição e a vantagem para o Betis, 6º colocado, é de dez pontos, ainda dá tempo para o Athletic Bilbao brigar até por uma vaga na Europa League no decorrer da temporada. Aguardemos!

 

 

 

 

Deixar um comentário

Menu