Os adversários que se cuidem!

Se a temporada 2019/20 foi brilhante para o Bayern Munique, a 2020/21 se apresenta ainda melhor, haja vista as excelentes contratações realizadas pelos aos atuais campeões europeus nesta janela de transferências de meio de ano.

Após erguer os canecos da Bundesliga, da Copa da Alemanha e da Champions League na temporada passada, o insaciável Bayern segue faminto por títulos. Isso explica porque os bávaros foram tão ativos no mercado de transferências. Embora o diretor de futebol Hasan Salihamidzic tivesse afirmado que o clube não faria loucuras em função da pandemia do novo coronavírus que afligiu a economia mundial, o Gigante da Baviera despejou o montante de 62 milhões de euros para contratar SETE reforços nesta janela. Confira abaixo, as novas aquisições dos campeões europeus:

JogadorEx-clubeValor (euros)
Leroy SanéManchester City45 milhões
Marc RocaEspanyol9 milhões
Bouna SarrOlympique Marseille8 milhões
 Alexander Nubel Schalke 04 sem custos
 Tanguy Ninzou PSG sem custos
 Eric Choupo-Moting PSG sem custos
 Douglas Costa Juventus empréstimo

É importante destacar que na temporada anterior o clube alemão desembolsou o total de 143,5 milhões de euros em contratações de reforços, isto é, mais da metade das cifras gastas neste meio de ano. Para se ter uma ideia, o Bayern investiu mais para trazer o lateral Lucas Hernández (80 milhões de euros) do que todo o valor utilizado atualmente. E se considerarmos o fato que os bávaros receberam 22 milhões de euros pela venda de Thiago Alcântara ao Liverpool, este saldo será ainda maior.

Vale ressaltar, que quatro dos sete reforços que desembarcaram na Baviera para defender as cores vermelha, azul e branca, chegaram sem custos ao clube. Tratam-se do goleiro Alexander Nubel, do zagueiro Tanguy Ninzou e do atacante Eric Choupo-Moting, que vieram após o término de seus contratos junto aos seus antigos clubes. Além deles, o brasileiro Douglas Costa regressará ao Bayern depois de dois anos na Juventus, porém ele foi contratado via empréstimo.

A propósito, Douglas Costa foi confirmado como reforço do Bayern no apagar das luzes, visto que a sua contratação deu-se no último dia da janela de transferências, assim como ocorreu com Bouna Sarr e Eric Choupo-Moting. A intenção dos atuais campeões europeus era integrar um quarto atacante de lado de campo ao plantel, conforme pedido do treinador Hansi Flick. Aliás, o nome favorito para esta vaga era o de Callum Hudson-Odoi, mas como o Chelsea fez jogo duro e surgiu a possibilidade do retorno do ponta brasileiro via empréstimo da Juventus, a negociação aconteceu de forma natural.

Mas se por um lado a chegada de Douglas Costa agradou os torcedores bávaros, o mesmo não podemos dizer em relação as vindas de Bouna Sarr e Eric Choupo-Moting. Ainda que ambos tenham sido contratados para serem os reservas imediatos de Benjamin Pavard e Robert Lewandowski, respectivamente, a torcida entende que com a presença tanto do lateral francês quanto do atacante camaronês, as jovens promessas das categorias de base, Chris Richards e Joshua Zirkzee, que inclusive realizaram boas partidas neste início de temporada, perderão espaço no elenco.

Por fim, as investidas dos bávaros em Leroy Sané e Marc Roca, foram cruciais para ocupar as lacunas deixadas por Ivan Perisic e Thiago Alcântara. Ou seja, através deste ótimo mercado realizado pelo Bayern, fica evidente que o time apresenta-se ainda melhor em comparação a última temporada. Não à toa, os comandados de Hansi Flick já faturaram as Supercopas da Europa e da Alemanha, e aplicaram uma sonora goleada por 8 a 0 no Schalke 04 em sua estreia na nova edição da Bundesliga. Portanto, os adversários que se cuidem, porque o Gigante da Baviera está aí!!!

Deixar um comentário

Menu