Europa

Rangers sonha com títulos na próxima temporada

A primeiro ano de Steven Gerrard, eterno ídolo do Liverpool, no comando do Rangers teve um balanço bastante positivo, isso explica porque os Gers estão contando os segundos para o início da próxima edição da Scottish Premiership. Quando Steven Gerrard aceitou o convite para dirigir o Rangers, ele sabia que teria uma dificílima missão pela frente. Embora a equipe de Glasgow seja a mais tradicional da Escócia ao lado do Celtic, os Gers haviam retornado recentemente à Scottish Premiership (subiu em 2016), depois de terem sofrido um duro rebaixamento para a quarta divisão devido ao não pagamento de dívidas, que inclusive, o levaram à falência. Além disso, uma semana antes da apresentação de Gerrard, o Rangers havia perdido o Old Firm por 5 a 0. Desta maneira, é evidente que o conjunto de Ibrox precisaria passar por drásticas mudanças para resgatar o seu prestígio no futebol escocês. Ademais, o ex-meia do Liverpool e da seleção inglesa havia pendurado as chuteiras…

Celtic, octacampeão escocês 2018/19

A Escócia amanheceu verde e branca na manhã deste domingo, afinal, o Celtic ergueu pela oitava vez consecutiva, o título da Scottish Premiership, fazendo prevalecer uma uma vez mais, a sua hegemonia no futebol escocês. O cenário para o octacampeonato do Celtic não era tão favorável aos Hoops, sobretudo porque eles teriam pela frente a indigesta tarefa de encarar o Aberdeen, 3º colocado na Scottish Premiership, no Pittodrie Stadium. Invictos na liga escocesa em 2019, os comandados de Neil Lennon literalmente atropelaram os anfitriões, derrotando-os por 3 a 0, com gols de Mikael Lustig, Jozo Simunovic e Odsonne Edouard. Desta maneira, os católicos abriram doze pontos de diferença em relação ao vice-colocado, Rangers, e como restam somente duas rodadas para o término da competição, o conjunto de Parkhead sagrou-se campeão de forma antecipada. Isolados na ponta da tabela da Scottish Premiership com 84 pontos ganhos, o Celtic coleciona o total de 26 vitórias, 6 empates e quatro…

Que venha 2019!

O final de ano não poderia ter sido melhor para o Rangers, afinal, o time comandado pelo novato treinador Steven Gerrard, encerrou 2018 conquistando um memorável triunfo frente o Celtic, pelo placar mínimo, resultado este, que deixou os Gers empatados com o eterno rival na liderança da Scottish Premiership. Depois de sofrer com o duríssimo rebaixamento para a quarta e última divisão do futebol escocês, devido ao acumulo de dívidas que inclusive o levaram a falência, o Rangers, tradicional clube da cidade de Glasgow, finalmente voltou a viver dias felizes, isso porque os Gers nunca estiveram tão próximos de acabar com a hegemonia do Celtic, atual hexacampeão nacional, na Terra do Uísque. Obviamente, o grande responsável pelo progresso dos protestantes nesta temporada, é o treinador Steven Gerrard, que vem realizando um trabalho incrível à frente da equipe. A excelente campanha dos Gers ganhou mais notoriedade no sábado passado, quando eles tiveram que encarar o segundo Old Firm, tradicional clássico da cidade…

Milan x Olympiacos

Na tarde desta quinta-feira, teremos o confronto entre Milan x Olympiacos, que vale nada mais nada menos do que a liderança do grupo F da Europa League. O embate começa a partir das 13:55 (horário de Brasília), no estádio San Siro, em Milão. Milan O Milan iniciou bem a sua caminhada na Europa League, afinal, o time italiano viajou até Luxemburgo para encarar o Dudelange, e voltou de lá com os três pontos na bagagem, isso graças ao gol de Gonzalo Higuaín aos 14 minutos da segunda etapa da partida. Este mísero triunfo garantiu aos rossoneros, a liderança isolada do grupo F do torneio continental. Por incrível que pareça, o ponto forte do conjunto milanista nesta temporada tem sido o setor ofensivo da equipe, que balançou as redes adversárias nove vezes nos últimos cinco jogos realizados. Entretanto, a defesa do time segue bastante vulnerável, tanto é, que os pupilos de Gennaro Gattuso sofreram…

A invencível Andorra

O dia 22 de fevereiro de 2017, é considerado um verdadeiro marco na história do futebol de Andorra, pequeno principado com cerca de 77 mil habitantes, situado entre a França e a Espanha. Essa data revolucionou o futebol no país, porque foi exatamente nela que a seleção andorrana quebrou um longo tabu, ao conquistar a sua primeira vitória após 13 anos sem vencer uma única partida. O jogo a qual me refiro, foi o amistoso entre Andorra x San Marino, realizado no estádio Olímpico de Serravalle (San Marino), que terminou com o triunfo dos Pirenéus por 2 a 0, com gols de Cristian Martinez e Ildefons Lima. Acontece, que esta enorme façanha, apontada por muitos andorranos como um milagre, acabou sendo o ponto de partida para que os Tricolores literalmente mudassem de patamar no mundo da bola, afinal, desde o triunfo sobre San Marino, os Pirenéus permanecem invictos nos últimos cinco jogos disputados, contabilizando uma vitória e quatro empates neste período. Para se ter uma ideia, Andorra…

Que venha a temporada!

O início da trajetória de Steven Gerrard como treinador não será nada fácil, isso porque após meses de espera, enfim o eterno capitão do Liverpool estreará pela Scottish Premiership. E logo de cara, Gerrard terá pela frente o Aberdeen, atual terceiro colocado do torneio, e detalhe, fora de seus domínios. Por essas e outras, fica evidente que a vida do novato treinador inglês no comando do Rangers será bastante complicada. A temporada 2018/19 do Rangers já começou há quase um mês, quando os Gers enfrentaram o Shkupi (Macedônia) pela primeira fase da Europa League. Neste confronto, os pupilos de Steven Gerrard venceram o jogo de ida no Ibrox Stadium por 2 a 0, à medida que o empate sem gols no jogo de volta, garantiu a classificação do conjunto escocês. Já na segunda fase, o Rangers se deparou diante do Osijek (Croácia), e nesta ocasião, o triunfo pelo placar mínimo fora de casa foi preponderante para a qualificação…

A geração de ouro belga

Depois de decepcionar na Copa do Mundo de 2014, a geração de ouro do futebol belga composta por diversos craques como Eden Hazard, Kevin De Bruyne, Thibaut Courtois e Romelu Lukaku, tentará apagar de uma vez por todas o rótulo de ‘eterna promessa’, que ela carrega consigo devido aos constantes fracassos em competições internacionais. A décima terceira participação da Bélgica em Copas do Mundo, promete ser bastante gloriosa ao conjunto europeu, afinal, a qualidade técnica dos jogadores belgas na atualidade é realmente incrível. Basta analisarmos o elenco de Roberto Martínez, que conta com grandes estrelas da Premier League, como é o caso de Vincent Kompany e Kevin De Bruyne, figuras preponderantes do Manchester City, atual campeão inglês, dos jogadores Romelu Lukaku e Marouane Fellaini, ambos do Manchester United, além da dupla Thibaut Courtois e Eden Hazard, do Chelsea. Apenas com estes nomes já é possível notar que estamos nos referindo a um verdadeiro esquadrão do futebol mundial.…

O primeiro desafio de Gerrard

Dois anos após pendurar as chuteiras, Steven Gerrard está de volta ao futebol, porém desta vez, fora das quatro linhas, isso porque o que ex-meia da seleção inglesa e do Liverpool aceitou o desafio de comandar a equipe do Rangers, tradicional clube escocês, que segue tentando recuperar o prestígio. Steven Gerrard, jovem treinador de 37 anos de idade, é considerado um dos maiores ídolos da história do Liverpool, afinal, o eterno camisa 8 dos Reds chegou ao clube ainda garoto em 1987, e por lá permaneceu até 2015, conquistando uma série de títulos, dentre os principais, a Champions League 2004/05 e a Copa da UEFA 2000/01. Depois de passar 25 primaveras no time inglês, Gerrard disputou uma temporada (2015/16) na MLS (Major League Soccer), aonde defendeu as cores do LA Galaxy, para em seguida encerrar sua gloriosa carreira em 2016. Ao invés de tirar um ano sabático e desfrutar da aposentadoria, como fazem…

Celtic, heptacampeão escocês

A hegemonia do Celtic no futebol escocês parece não ter fim, uma prova disso, é que na manhã deste domingo os Hoops conquistaram o 49º título nacional ao longo de sua gloriosa história, sendo o sétimo de maneira consecutiva. O cenário para a conquista do hepta não poderia ser melhor ao Celtic, que além de atuar em casa, diante de sua fanática torcida, teria o privilégio de encarar o eterno arquirrival Rangers, algo que não acontecia desde 1979 no futebol escocês. Com o Celtic Park completamente lotado, os Hoops fizeram jus ao seu favoritismo e literalmente atropelaram os visitantes, goleando-os por 5 a 0. Autor de dois gols no Old Firm, o francês Odsonne Edouard foi o grande destaque do clássico, lembrando que os demais tentos foram marcados por James Forrest, Tom Rogic, Callum McGregor. Com mais este excelente triunfo na Scottish Premiership, o Celtic se isolou ainda mais na ponta da tabela com…

Dinamáquina versão 2017

Oito anos depois de disputar o Mundial da África do Sul (2010), a Dinamarca enfim pôde comemorar seu regresso à uma Copa do Mundo, e a classificação dos dinamarqueses veio da melhor forma possível, com uma incrível goleada (5 x 1) sobre a Irlanda, e detalhe, em plena capital irlandesa. Esse excelente resultado juntamente com a ótima campanha do país escandinavo nas Eliminatórias, nos faz pensar que essa equipe é a segunda versão do marcante time da Dinamáquina, que encantou o mundo na década de 90, quando consagrou-se campeã da Eurocopa 1992. Situada no grupo E das Eliminatórias europeias, a Dinamarca tinha como principais adversários no grupo, as seleções da Polônia, de Montenegro e da Romênia. O início dos dinamarqueses no torneio não foi bom, já que nas três primeiras rodadas a equipe escandinava sofreu duas derrotas, algo que preocupou bastante os torcedores vermelhos. No entanto, depois deste começo turbulento, os comandados de Age Hareide…

Dos alpes à Rússia

Conhecida mundialmente por serem os inventores do canivete, por produzirem deliciosíssimos chocolates, e logicamente pelos seus maravilhosos alpes, visitados principalmente no inverno, por turistas e esquiadores do mundo todo, a Suíça também vem ganhando cada vez mais notoriedade no futebol, tanto é, que na tarde deste domingo a La Nati carimbou seu passaporte rumo à Rússia em 2018, após eliminar a Irlanda no Norte na repescagem das Eliminatórias da Copa, garantindo pela quarta vez consecutiva a sua a classificação a um Mundial. O desempenho da Suíça nas Eliminatórias europeias já nos davam mostras de que a seleção comandada pelo treinador Vladimir Petkovic tinha totais condições de garantir uma vaga na Copa do Mundo da Rússia 2018. Isso porque os suíços encerraram sua participação na liderança do grupo B do torneio ao lado de Portugal, atual campeão europeu, com 27 pontos ganhos, deixando para trás os modestos selecionados da Hungria, Ilhas Faroe, Letônia e Andorra. Contabilizando 9 vitórias e…

Menu