Eliminatórias 2022

6 Posts Back Home

Inspiração é o que não falta à Alemanha, de Hansi Flick

Com 100% de aproveitamento em seus três primeiros jogos sob a batuta de Hansi Flick, a Alemanha curou a “ressaca” dos últimos momentos vividos na era Joachim Low à frente da seleção. Três jogos, três vitórias, doze gols marcados e nenhum sofrido. Pois é, o início de Hansi Flick no comando da Mannschaft não poderia ser melhor tanto ao ex-técnico do Bayern como aos torcedores alemães. Ainda assim, já era realmente esperado que Flick iniciasse bem a sua trajetória na seleção, dada a fragilidade de Liechtenstein, Armênia e Islândia. De qualquer forma, o importante dessas vitórias, especialmente sobre armênios e islandeses, foi notar que a Alemanha retomou a alegria de jogar futebol, quer dizer, algo que há tempos não se via com Joachim Low. Obviamente, não é correto julgar o trabalho de Joachim Low apenas pelo seu final, tendo em vista que além do ex-comandante da Alemanha ter batido uma…

Um respiro para Deschamps

Com o triunfo por 2 a 0 diante da Finlândia, a França confirmou a sua primeira vitória após cinco empates seguidos, o que garantiu um breve respiro à Didier Deschamps no comando técnico dos Les Bleus. Tomados pela euforia da conquista da Copa do Mundo de 2018, os torcedores franceses literalmente “murcharam” após a decepcionante campanha dos pupilos de Didier Deschamps na Euro2020, lembrando que eles caíram frente à Suíça nas oitavas-de-final do torneio. Por sinal, naquela ocasião os atuais campeões mundiais chegaram a abrir 3 a 1 no marcador, mas ainda assim permitiram com que os suíços igualassem o placar em 3 a 3, aos 45 minutos da etapa final. E devido ao empate sem gols na prorrogação, o jogo teve de ser decidido nas penalidades, aonde os Les Bleus levaram a pior. Aliás, o empate tornou-se a marca registrada da França na Euro2020, tendo em vista que os…

Louis van Gaal, o novo técnico da seleção holandesa

Pela terceira vez na carreira, o velho conhecido dos torcedores holandeses, Louis van Gaal, comandará a Laranja Mecânica, porém desta vez, com a difícil missão de classificá-la ao Mundial de 2022. Frank de Boer fracassou no comando técnico da Holanda. Pois é, em função de suas pífias passagens por Inter de Milão, Crystal Palace e Atlanta United, todos já imaginavam que o jovem técnico de 51 anos de idade não teria êxito à frente da Laranja Mecânica, a não ser Nico-Jan Hoogma, diretor da KNVB (Federação Holandesa de Futebol), o único que acreditava fielmente no sucesso do ex-zagueiro no cargo antes ocupado por Ronald Koeman. Contudo, no final das contas a trajetória de De Boer na seleção durou míseros 15 jogos (8V – 4E – 3D), dos quais ele obteve 53,3% de aproveitamento. Vale ressaltar que Ronald Koeman vinha realizando um bom trabalho à frente da seleção da Holanda, tanto…

A renovada Itália, de Roberto Mancini

A ausência na Copa do Mundo de 2018 parece ter feito bem para a Itália, que após passar por uma enorme reformulação sob o comando de Roberto Mancini, tornou-se uma das seleções mais fortes da atualidade. Há pouco mais três anos, os italianos viviam um de seus maiores dramas relacionados ao futebol, visto que o empate sem gols entre Itália e Suécia no San Siro, culminou com a não ida da Azzurra à Copa do Mundo de 2018 – os suecos venceram o jogo de ida por 1 a 0. Mas apesar de dura, esta “tragédia” trouxe benefícios aos tetracampeões mundiais, a começar porque o ex-presidente da FIGC (Federação Italiana de Futebol), Carlo Tavecchio, renunciou ao cargo após a queda nas Eliminatórias de 2018, lembrando que antes dele, o ex-treinador Gian Piero Ventura já havia pedido o boné. E a saída de Carlo Tavecchio da presidência da FIGC, abriu as…

Goleada sobre Gibraltar reacende esperança da Holanda nas Eliminatórias

A histórica goleada da Holanda sobre Gibraltar por 7 a 0, aliviou a pressão que assolava Frank de Boer no comando técnico da Laranja Mecânica e, de quebra, deixou os holandeses a apenas um ponto da liderança do grupo G das Eliminatórias. O duríssimo revés por 4 a 2 sofrido pela Holanda frente a Turquia na estreia das duas seleções pelas Eliminatórias da Copa de 2022, fez com que os holandeses ligassem a luz de alerta no torneio, afinal, somente os líderes de cada grupo conseguem a vaga direta ao Mundial do Catar – enquanto os segundos colocados vão para a repescagem. Todavia, é importante salientar que a derrota em Istambul poderia ter sido muito pior, visto que os turcos chegaram a abrir 3 a 0 no placar, o que significa que os comandados de Frank de Boer ficaram realmente no lucro. Sem nenhum ponto na tabela e com um…

Momento de paz em La Paz

Mesmo com Lionel Messi passando em branco, a Argentina bateu a Bolívia por 2 a 1, de virada, na altitude La Paz, e se manteve com 100% de aproveitamento nas duas primeiras rodadas das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022. Depois de viver momentos pra lá de turbulentos no Mundial da Rússia em 2018 e na Copa América em 2019, a Argentina começou bem a sua caminhada rumo ao Catar 2022, afinal, a Albiceleste venceu os seus dois primeiros compromissos válidos pelas Eliminatórias da Copa. Obtendo 100% de aproveitamento na competição, os comandados de Lionel Scaloni já dividem a liderança do torneio ao lado do Brasil com 6 pontos, porém a seleção tupiniquim supera os argentinos devido ao critério de saldo de gols – 7 contra 2. O primeiro adversário da Argentina nas Eliminatórias foi o Equador, do ex-treinador do Boca Juniors, Gustavo Alfaro, que teve pela frente a…

Menu