Eurocopa

11 Posts Back Home

Pragmatismo e Mbappé sem inspiração, marcam a trajetória francesa na Euro 2024

Os gols de Lamine Yamal e Dani Olmo, em um curto espaço de cinco minutos, foram suficientes para determinar a queda da França diante da Espanha nas semifinais da Euro 2024. Apesar de ter aberto o marcador com o gol de Randal Kolo Muani, aos 9 minutos de partida, os franceses sofreram a virada ainda na metade da primeira etapa e, embora tendo uma hora de jogo adiante, não produziram praticamente nada, o que acabou sendo o panorama dos pupilos de Didier Deschamps ao longo do torneio continental. Contudo, este “desempenho deficiente” não surpreende em se tratando da seleção francesa, afinal, sob o comando de Didier Deschamps os Les Bleus se tornaram especialistas em conquistar classificações administrando jogos de maneira pragmática, ou seja, sem o mínimo de talento ofensivo, porém sempre defendendo de forma astuta e aproveitando suas chances no terço final. Não à toa, as raras exceções desde a…

Apesar da queda nas quartas, Alemanha sai fortalecida da Euro 2024

Sob lágrimas e aplausos, a Alemanha se despediu da Euro 2024 da forma mais cruel possível ao sofrer o gol de Mikel Merino, que determinou a vitória da Espanha por 2 a 1 em Stuttgart, a dois minutos do término da prorrogação. Mas apesar da queda nas quartas-de-final, a Mannschaft saiu fortalecida da Eurocopa, acima de tudo por ter resgatado o prestígio junto aos torcedores que reviveram os memoráveis dias da Copa do Mundo de 2006, também sediada na Alemanha, ao lotarem tanto os estádios quanto os pontos das fans zones, vestirem novamente a camisa alemã, pintarem o rosto nas cores do país, e pendurarem bandeiras nas janelas das casas. Depois das humilhantes participações na Copa do Mundo de 2018 e 2022, e da indolente eliminação diante da Inglaterra nas quartas-de-final da edição passada da Eurocopa, a seleção tetracampeã mundial reconquistou o orgulho nacional após quase uma década, ou mais especificamente desde…

Se sentindo em casa, Turquia renasce nos gramados alemães

Se você está em busca de entretenimento, não hesite em assistir a Turquia na Euro 2024, a julgar que as partidas das Estrelas Crescentes são garantia de diversão, drama e emoção. No entanto, é importante destacar que os torcedores turcos já convivem com esta realidade desde o momento que Vincenzo Montella assumiu o comando técnico da Turquia em setembro do ano passado, credenciado por um excelente trabalho realizado à frente do Adana Demirspor, clube recém-promovido à SuperLig que encerrou a primeira temporada sob o comando do ex-treinador de Sevilla e Fiorentina na nona colocação da tabela, e a segunda na quarta posição. Pois é, e na seleção turca, Vincenzo Montella já disse a que veio logo em sua estreia, visto que a vitória pelo placar mínimo sobre a Croácia foi a primeira sofrida pelos croatas como mandantes em um jogo válido por Eliminatórias de Eurocopa, lembrando que os turcos se…

Novos rumos se apresentam aos georgianos tanto dentro quanto fora das quatro linhas

Com eleições marcadas para o próximo mês de outubro, a situação política vivida na Geórgia é pra lá de tensa no momento, sobretudo por conta da criação de uma nova lei controversa a favor do parlamento russo, que declara determinados grupos que não manifestam apoio ao governo como inimigos do estado. Por isso, a polícia tem agido cada vez com mais rigor nos protestos realizados por ativistas. No entanto, o clima de apreensão vivido pelo pequeno país de quase 4 milhões de habitantes deu uma trégua nos últimos dias. O motivo para isso? A inédita participação da seleção da Geórgia na Eurocopa, aliás, a impactante campanha dos georgianos que terminou com a queda diante da Espanha, em Colônia. Contudo, essa eterna história começou a ser escrita depois da Geórgia encerrar a terceira divisão da Liga das Nações da UEFA na primeira posição do seu grupo, o que lhe garantiu a…

O status da Áustria mudou sob o comando de Ralf Rangnick

Nem França, tampouco Holanda, a seleção que avançou às oitavas-de-final da Euro 2024 como líder do grupo D responde pelo nome de Áustria, que vive uma nova realidade sob o comando de Ralf Rangnick. A propósito, quando Ralf Rangnick foi nomeado como novo treinador da Áustria em abril de 2022, nem o mais otimista dos torcedores austríacos imaginava que o destino da seleção que não disputa uma Copa do Mundo há 26 anos mudaria por completo, sobretudo em função da curta e deprimente passagem de seis meses do sucessor de Franco Foda pelo conturbado Manchester United. Por outro lado, levando em consideração o histórico de Ralf Rangnick, a aposta da OFB (Federação Austríaca de Futebol) se mostrava mais do que certa, especialmente porque, em 2012, o treinador de 65 anos de idade assumiu a gestão esportiva do RB Salzburg e do RB Leipzig, trabalhando no desenvolvimento das categorias de base…

A precoce queda na Euro 2024, não estava no roteiro de Luka Modric e da seleção croata

A linha tênue entre o céu e o inferno é muito curta no futebol, a julgar por Luka Modric, que viveu o êxtase de marcar o gol que garantiria a classificação da Croácia às oitavas-de-final da Euro 2024, mas 43 minutos depois experienciou o enorme drama de vê-la praticamente fora do torneio continental. Na realidade, a Croácia desembarcou em Leipzig para encarar a Itália na rodada final da primeira fase da Euro 2024 com a dificílima missão de vencê-la para prosseguir na competição, porém ainda dependendo de um triunfo da Espanha sobre a Albânia. Por outro lado, os atuais campeões europeus jogavam por dois resultados, tendo o empate a seu favor. No entanto, após um monótono primeiro tempo que, é claro, terminou empatado sem gols, a Croácia voltou do intervalo sendo obrigada a se arriscar em campo para confirmar a sua continuidade na Eurocopa. Deste modo, ao avançar as linhas…

A abrupta mudança de Portugal ao ir de Fernando Santos a Roberto Martínez

Ser o antídoto ao pragmatismo e à tática previsível do antecessor Fernando Santos, eis a missão de Roberto Martínez ao desembarcar em solo português para assumir o comando técnico da Seleção das Quinas no início do ano passado. Pois é, e depois do triunfo por 2 a 1, de virada, sobre a República Tcheca, é possível afirmar que Roberto Martínez vem atendendo totalmente as expectativas, vide a composição tática dos portugueses na partida de estreia na Euro 2024. Para se ter uma ideia, Portugal entrou em campo armado no 3-4-3, com Rúben Dias, Pepe, além do lateral-esquerdo Nuno Mendes formando o trio de zaga, Diogo Dalot, Vitinha, Bruno Fernandes e João Cancelo compondo o meio, enquanto Bernardo Silva, Cristiano Ronaldo e Rafael Leão completavam o ataque. Desta maneira, a intenção de Roberto Martínez era explorar o corredor esquerdo por intermédio dos avanços de Nuno Mendes sob a parceria de Rafael…

O déjà-vu belga na Euro 2024

O ano é 2024, a competição é a Eurocopa, o local é a Alemanha, e o treinador é Domenico Tedesco. Contudo, a impressão deixada pela Bélgica após a surpreendente queda diante da Eslováquia é que os Diabos Vermelhos ainda estão em 2022, na Copa do Mundo do Catar, sendo comandados por Roberto Martínez. Pois é, se você não se recorda, embora situada em uma chave pra lá de acessível ao lado de Croácia, Marrocos e Canadá, a Bélgica caiu na fase de grupos da última Copa do Mundo ao somar míseros quatro pontos em três jogos disputados, contabilizando uma vitória, uma derrota e um empate em solo catari. Consequentemente, o longo ciclo de seis anos de Roberto Martínez foi encerrado de maneira melancólica à frente da seleção belga, ao passo que o de Domenico Tedesco começou dois meses depois. Embora inexperiente e sem ter realizado nenhum longo trabalho no decorrer…

Estreia à moda italiana da Azzurra na Euro 2024

O erro pra lá de infantil cometido por Federico Dimarco em uma cobrança de lateral nos primeiros 23 segundos do jogo entre Itália x Albânia, resultou no gol mais rápido da história da Eurocopa em Dortmund. No entanto, a Itália rapidamente retomou as rédeas da partida igualando o placar através do gol de Alessandro Bastoni, aos 11 minutos, e virando por intermédio do tento de Nicolò Barella, quatro minutos depois. Em resumo, uma vitória que não apenas teve a assinatura da Inter de Milão, como também ampliou para dez jogos a invencibilidade dos italianos em Eurocopas (7V-3E). Ainda assim, uma estreia bem diferente daquela da edição anterior do torneio, em que os atuais campeões europeus derrotaram a Turquia por 3 a 0 no pulsante estádio Olímpico de Roma. A propósito, em termos de comparação podemos dizer que a Itália viveu um verdadeiro flashback da última decisão da Eurocopa, na qual…

Desfalques reduzem as chances de título da Holanda na Eurocopa

Se considerarmos o fato de que a Holanda goleou os selecionados de Canadá e Islândia por 4 a 0 nos últimos amistosos realizados às vésperas da Euro 2024, ao mesmo tempo que a França apenas empatou sem gols com os canadenses, e a Inglaterra perdeu dos islandeses pelo placar mínimo em pleno estádio de Wembley, poderíamos concluir que a Laranja desembarca na Alemanha como uma das favoritas na corrida pelo título continental. Em contrapartida, a realidade é que a Holanda não é favorita nem mesmo dentro de sua própria chave composta por França, Áustria e Polônia. Embora seja difícil prever o rumo dos holandeses na Eurocopa pelo fato da indefinição dos cruzamentos de oitavas-de-final – em razão da classificação dos quatro melhores terceiros colocados de cada grupo -, é inegável que vê-los nas semifinais já seria surpreendente, sobretudo levando em conta as ausências dos lesionados Frenkie de Jong e Teun…

A última valsa de Southgate pela seleção inglesa

Quadrifinalista da Copa do Mundo de 2024, semifinalista do Mundial de 2022, e finalista da Euro 2020. O desempenho da Inglaterra nos três grandes torneios internacionais disputados sob a liderança de Gareth Southgate retrata que falta apenas um título para coroar a boa trajetória do treinador de 53 anos de idade à frente do English Team. De qualquer maneira, a realidade é que na Euro 2024 Gareth Southgate terá, muito provavelmente, a sua última chance de tirar a seleção inglesa da longa fila de 58 anos sem erguer um caneco, tendo em vista que a última – e única – volta olímpica dada pelos Three Lions deu-se na conquista da Copa do Mundo de 1966, disputada no próprio país. Embora a saída de Gareth Southgate não tenha sido confirmada ao término de seu contrato em 31 de dezembro deste ano, é fácil notar que o ciclo do comandante da Inglaterra…

Menu