Ligue 1

11 Posts Back Home

PSG, tricampeão francês 2023-24

A Ligue 1 já tem um novo velho campeão, tendo em vista que o PSG sagrou-se campeão francês pela 12ª vez na história, sendo a terceira seguida, ao abrir 12 pontos de vantagem em comparação ao vice-colocado, Monaco, a três rodadas do término do campeonato (70 – 58). A propósito, uma conquista realmente indiscutível por parte da equipe da Ligue 1 que mais venceu, registrando o montante de 20 vitórias, e menos perdeu, assinalando uma única derrota frente o Nice – por 3 a 2, ainda pela 5ª rodada em setembro do ano passado. Além disso, é importante destacar que os parisienses são donos do melhor ataque da competição com 76 tentos marcados, obtendo assim, uma altíssima média de 2,45 gols por partida. Apesar desta incrível campanha, vale ressaltar que o momento mais complicado dos tricampeões franceses no decorrer da longa maratona rumo ao título da Ligue 1, deu-se no…

Depois da tempestade vem a bonança, o Lyon que o diga

“Depois da tempestade vem a bonança”. Pois é, e ninguém melhor do que o Lyon para justificar a famosa frase do salmo 126 da Bíblia, haja vista a reviravolta do clube sete vezes campeão francês na temporada 2023-24. Se você não se recorda, o Lyon viveu um verdadeiro caos no primeiro semestre da temporada, realizando o seu pior início de todos os tempos na Ligue 1. Para se ter uma ideia, os lioneses passaram as DEZ rodadas iniciais do campeonato sem somar uma única vitória, registrando 7 derrotas, 3 empates, 8 gols marcados e o montante de 22 sofridos ao longo desta sequência pra lá de negativa. Não à toa, o Lyon ocupou a zona de rebaixamento da Ligue 1 em 15 das 17 rodadas válidas pelo primeiro turno da competição, permanecendo dez delas na lanterna da tabela, três na penúltima colocação, e outras duas na antepenúltima posição, ou seja,…

A “Guerra Fria” travada no PSG pode esquentar dependendo da Champions League

A espécie de “Guerra Fria” travada entre Luis Enrique, na figura do Paris Saint-Germain, e Kylian Mbappé, teve mais um episódio no último domingo (31), quando o técnico espanhol sacou o craque francês do clássico contra o Olympique de Marselha aos 20 minutos do segundo tempo, para promover a entrada de Gonçalo Ramos em seu lugar. Naquele exato instante, além de fazer uma careta e balançar a cabeça de forma negativa, Kylian Mbappé, ainda distante, ofendeu Luis Enrique ao soltar um filho da p***, claramente compreensível através da leitura labial, antes de deixar o campo em direção ao vestiário – ao lado do também substituído Ousmane Dembélé -, se recusando a acompanhar o restante do jogo no banco de reservas. Perguntado sobre o tema depois do clássico que terminou com o triunfo dos parisienses por 2 a 0, Luis Enrique desconversou ao dizer: “Não vi nada. Nada mesmo”. Ainda assim,…

O filme se repete em Marselha, e Jean-Louis Gasset é o novo técnico do Olympique

Cinco meses, esta foi a duração da curtíssima trajetória de Gennaro Gattuso pela Riviera Francesa, marcada por 24 jogos, 9 triunfos, 9 empates, 6 derrotas, além de uma taxa de 31% de vitórias na Ligue 1, o que o transformou no treinador com o índice mais baixo no comando do Olympique de Marselha considerando os últimos dez anos. Pois é, apesar de ter assumido o posto de Marcelino García Toral – que havia permanecido míseros sete jogos no cargo – no final de setembro, Gennaro Gattuso acabou confirmando todas as previsões do momento de sua chegada ao nem ao menos encerrar a temporada à frente do time francês. A razão para isso é simples: o futebol praticado pelos marselheses, ou a falta dele. Aliás, essa tem sido a tônica dos últimos trabalhos de Gennaro Gattuso, afinal, o técnico italiano foi demitido pelas mesmas circunstâncias do Milan, do Napoli e do…

A troca do “violoncelo pela guitarra” surtiu o efeito esperado ao Lyon

As três mudanças de treinadores efetuadas pelo Lyon até a chegada do Natal, retratam o quão desastrosa está sendo a temporada do clube que, ainda assim, encerrou 2023 na 14ª posição da Ligue 1, separado a dois pontos da zona dos playoffs contra o rebaixamento da competição. Por este motivo, o Lyon, gerido pelo norte-americano John Textor, tornou-se o clube da Europa que mais investiu nesta última janela de transferências de janeiro ao despejar o montante 56,1 milhões de euros em contratações de reforços, cujo mais caro foi o meia-esquerda Malick Fofana, conforme aponta a tabela abaixo: JogadorClubeValor ( €)Malick FofanaKAA Gent17 milhõesGift OrbanKAA Gent12 milhõesOrel MangalaNottingham Forest11,7 milhões (emp)Said BenrahmaWest Ham6 milhões (emp)AdryelsonBotafogo3,58 milhõesLucas PerriBotafogo3,25 milhõesNemanja MaticRennes2,6 milhões Mas apesar deste pacote de reforços, todo o drama vivido pelos Gones no primeiro turno da Ligue 1 voltou à tona após a pausa de inverno do futebol francês no período que…

Os desafios do Olympique de Marselha em meio a disputa da Copa Africana de Nações

A presença de 20 mil torcedores, dentre eles 12 mil crianças, no dia 29 de dezembro para acompanhar o treino aberto realizado pelo Olympique de Marselha no estádio Vélodrome, naquela que foi a última atividade do clube em 2023, retrata o bom final de ano dos marselheses após um início de temporada pra lá de conturbado, composto pela inesperada saída do técnico Marcelino García Toral depois de míseros sete jogos no cargo, poucos dias após a precoce queda dos franceses na fase prévia da Champions League. Ainda assim, diante deste complicado cenário Gennaro Gattuso aceitou o desafio de suceder Marcelino García Toral no clube da Costa Mediterrânea, em meio as críticas recebidas à custa de sua rápida e mal sucedida passagem pelo Valencia, embora trabalhar no Mestalla tenha se tornado sinônimo de insucesso aos treinadores que lá estiveram nos últimos anos. Pois é, mas contrariando totalmente as expectativas – inclusive,…

E o enredo continua o mesmo no Parque dos Príncipes

O ano chegou ao fim para o Paris Saint-Germain, que despediu-se de 2023, em festa, vencendo o Metz por 3 a 1 na capital francesa, e estendendo para oito a sequência de jogos seguidos sem derrotas na temporada(5V-3E). Mas mais do que isso, a última memória do PSG no ano teve algo que há tempos não se via no Parque dos Príncipes: o sorriso do aniversariante do dia, Kylian Mbappé, autor de dois dos três gols marcados pelos parisienses sobre o Metz. Contudo, a alegria de Kylian Mbappé não foi motivada somente pelos gols, pela comemoração do aniversário de 25 anos de idade, ou por ele ter superado Edinson Cavani como o maior artilheiro do Parque dos Príncipes com 110 tentos, mas também por Luis Enrique ter promovido a estreia de seu irmão mais novo, Ethan, aos 47 minutos da segunda etapa, como se novamente o Paris Saint-Germain quisesse agradá-lo,…

O horizonte do Lyon segue apontando à segunda divisão

A primeira vitória do Lyon na temporada 2023-24, conquistada sobre o Rennes por 1 a 0 às vésperas da última Data Fifa, fez renascer a esperança dos lioneses em relação a uma reviravolta na Ligue 1, o que ao menos trouxe um pouco de paz ao conturbadíssimo ambiente vivido pelo clube que ocupa a lanterna do campeonato. Entretanto, o clima de enorme tensão voltou a assolar o Lyon assim que a bola voltou a rolar na Ligue 1, visto que os pupilos de Fabio Grosso retomaram o caminho das derrotas ao caírem diante do Lille por 2 a 0 em pleno Groupama Stadium. Ainda assim, um resultado que acabou não supreendendo por se tratar do adversário que mais vezes venceu os Gones desde a inauguração de seu novo estádio em 2016, somando seis triunfos neste período. Ademais, é importante destacar que o Lille não teve dificuldades para impor a nona…

A melhor defesa da Europa na atualidade, sustenta o Nice na liderança da Ligue 1

Líder da Ligue 1 somando 25 pontos após 11 rodadas disputadas, sendo o único time invicto até então no campeonato. Diante desta surpreendente campanha de 75% de aproveitamento, fica evidente porque o Nice é a principal sensação do futebol francês na temporada 2023-24. Pois é, a nona colocação na edição anterior da Ligue 1 motivou a diretoria do Nice a trazer Francesco Farioli para ocupar o posto do sucessor de Lucien Favre, Didier Digard, no comando técnico da equipe, ou seja, uma mudança fundamental para o progresso dos Aiglons nesta temporada, afinal, além do otimismo gerado pela chegada de um novo treinador, o estilo de trabalho e as ideias do comandante italiano se alinharam sublimemente ao clube francês, funcionando como uma espécie de casamento perfeito. Vale ressaltar que Francesco Farioli era o preparador de goleiros da comissão técnica de Roberto De Zerbi, aquele mesmo que vem desenvolvendo um ótimo trabalho…

Gattuso desembarca na Riviera Francesa para apagar o incêndio no Olympique de Marselha

Novos horizontes se abriram ao Olympique de Marselha em função da terceira colocação na temporada passada da Ligue 1, afinal, através dela o clube da Costa Mediterrânea venceu a duríssima batalha pela última vaga da Champions League. Entretanto, as expectativas do Olympique de Marselha francês aumentou pra valer após o ótimo mercado realizado em meio saídas de Alexis Sanchez, Dimitri Payet, Mattéo Guendouzi e Sead Kolasinac. E tudo porque Pierre-Emerick Aubameyang, Iliman Ndiaye, Ismaila Sarr, Ruslan Malinovskyi, Geoffrey Kondogbia, Renan Lodi, Amine Harit, Joaquín Correa, além do treinador Marcelino García Toral, campeão da Copa do Rei à frente do Valencia na temporada 2018-19, fizeram o caminho inverso e desembarcaram na Costa Sul da França neste meio de ano. Mas contrariando totalmente as previsões, a realidade é que o caminho do Olympique de Marselha tem sido obscuro neste início de temporada, e o primeiro mal presságio veio na Champions League, já que depois de…

De Barcelona à Paris, a mudança de Dembélé na próxima temporada

Começou o mês de agosto, o que significa que o valor da multa rescisória prevista no contrato de Ousmane Dembélé junto ao Barcelona, cujo vínculo é válido até junho de 2024, dobrou de 50 para 100 milhões de euros. Ainda assim, essa situação não preocupa o Paris Saint-Germain, principal interessado na contratação de Ousmane Dembélé, especialmente porque 50% daqueles 50 milhões de euros pertenceriam ao jogador no caso de uma transferência, algo exigido por ele em sua última renovação contratual. Além disso, o regime fiscal do contrato com vencimento anterior era pior às três partes envolvidas no negócio, ou seja, Dembélé e os dois clubes. Portanto, a tendência é que o Barcelona aceite a proposta de 50 milhões de euros oferecida pelos parisienses para contratar o seu sétimo reforço nesta janela de transferências, tendo em vista que o atacante da seleção francesa adentrou em seu último ano de contrato podendo…

Menu