Lionel Messi

5 Posts Back Home

Duro choque de realidade aos torcedores blaugranas

Depois de perder Lionel Messi no início de agosto, o Barcelona encerrou o mês cedendo Antoine Griezmann por empréstimo ao Atlético de Madrid. Por essas e outras, a última janela de transferências do futebol europeu já é apontada como a pior da história do clube catalão. Quem seria capaz de imaginar que um dia o casamento entre Barcelona e Lionel Messi chegaria ao fim? Pois é, a janela de transferências do verão europeu de 2021 ficará marcada pra sempre de forma negativa na memória dos torcedores barcelonistas porque foi exatamente nela que o craque argentino despediu-se do clube após mais de duas décadas de uma gloriosa história, e embora a ida de Messi ao PSG tenha se concretizado devido a crítica situação financeira do Barça, a verdade é que ela ocorreu justo neste meio de ano, o que torna este período pra lá de trágico aos catalães. E como se…

Com Messi de contrato renovado, Barça luta para adequar-se ao fair play financeiro espanhol

Nem Manchester City, tampouco PSG, o futuro clube de Lionel Messi continuará sendo o Barcelona, pois segundo a imprensa espanhola, o craque argentino aceitou renovar o seu contrato junto ao clube catalão por mais cinco anos e detalhe, com uma considerável redução salarial. Embora ainda não revelado publicamente, a mídia espanhola já dá como certa a renovação de contrato de Lionel Messi até 2026 junto ao Barcelona, o que significa que teria chegado ao fim uma das novelas mais longas envolvendo o mercado da bola neste período recente, já que os rumores envolvendo a ida do camisa 10 ao Manchester City e em especial ao PSG, que tanto tomaram conta do noticiário esportivo na Catalunha, enfim se encerrarão, lembrando que o astro argentino aceitou reduzir 50% de seus ordenados para que este novo vínculo fosse efetivado. Sabendo das dificuldades financeiras que assolam o Barça, Lionel Messi teria aceitado numa boa…

Argentina, campeã da Copa América 2021

Acabou o jejum! Depois de longos 28 anos na fila, enfim os argentinos voltaram a soltar o grito de campeão ao derrotarem o Brasil por 1 a 0 em pleno Maracanã, na grande decisão da Copa América 2020. Passadas mais de sete décadas da fatídica derrota do Brasil frente o Uruguai (2 a 1) na final da Copa do Mundo de 1950, novamente o estádio do Maracanã presenciou outro histórico revés dos brasileiros, que desta vez, caíram diante da Argentina pelo placar mínimo, na decisão da Copa América 2021. Pois é, e assim como o tento de Claudio Caniggia foi suficiente para a Albiceleste despachar os Canarinhos nas oitavas-de-final do Mundial de 1990, o gol de Ángel Di María garantiu aos argentinos, a quebra do longo tabu de 28 anos sem títulos justamente contra os seus maiores rivais. Para quem não se recorda, os argentinos não davam uma volta olímpica…

Momento de paz em La Paz

Mesmo com Lionel Messi passando em branco, a Argentina bateu a Bolívia por 2 a 1, de virada, na altitude La Paz, e se manteve com 100% de aproveitamento nas duas primeiras rodadas das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022. Depois de viver momentos pra lá de turbulentos no Mundial da Rússia em 2018 e na Copa América em 2019, a Argentina começou bem a sua caminhada rumo ao Catar 2022, afinal, a Albiceleste venceu os seus dois primeiros compromissos válidos pelas Eliminatórias da Copa. Obtendo 100% de aproveitamento na competição, os comandados de Lionel Scaloni já dividem a liderança do torneio ao lado do Brasil com 6 pontos, porém a seleção tupiniquim supera os argentinos devido ao critério de saldo de gols – 7 contra 2. O primeiro adversário da Argentina nas Eliminatórias foi o Equador, do ex-treinador do Boca Juniors, Gustavo Alfaro, que teve pela frente a…

O fim de uma era

A notícia de que o craque Lionel Messi deseja sair imediatamente do Barcelona para defender as cores do Manchester City, caiu como uma bomba no Camp Nou. E caso o negócio realmente se concretize, chegará ao fim uma das eras mais gloriosas da história do Barça. A vexatória derrota por 8 a 2 sofrida pelo Barcelona diante do Bayern Munique pelas quartas de final da Champions League, foi o estopim para Lionel Messi no clube catalão, tanto é, que 24 horas após este fiasco, o meia argentino confidenciou a amigos e familiares que desejava defender outra equipe na próxima temporada, sobretudo porque o camisa 10 entende que a crise que se instaurou no Camp Nou irá perdurar por um longo tempo devido a péssima gestão do presidente Josep Maria Bartomeu. Ademais, a ausência de um projeto vencedor aliada a má relação do craque com a diretoria, também contribuíram para a…

Menu