Seleção Brasileira

11 Posts Back Home

O fantasma das quartas de final volta a aterrorizar o Brasil

Após ser eliminada por Bélgica e Croácia nas quartas de final das últimas duas Copas do Mundo, agora foi a vez da Seleção Brasileira ser eliminada neste mesmo estágio da Copa América, ao cair frente o Uruguai, em Las Vegas. Pois é, já se tornou comum vermos o Brasil sucumbir em quartas de final, especialmente em Mundiais, tendo em vista que as quedas diante de França, em 2006, e Holanda, em 2010, também ocorreram a três jogos da decisão, o que significa que o único hiato envolvendo as cinco Copas do Mundo anteriores deu-se em 2014, quando os brasileiros foram goleados por 7 a 1 nas semifinais. A propósito, o maior vexame da história das Copas, a julgar que jamais um país sede detentor do maior número de títulos mundiais será goleado por 7 a 1 em uma semifinal, completa dez anos exatamente na data de hoje, menos de 72…

Dorival Júnior, o novo Ancelotti da CBF

Como já era esperado o “All-In” dado pelo presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, para contratar Carlo Ancelotti não surtiu efeito, uma vez que o treinador italiano optou pela continuidade no Real Madrid ao renovar o seu contrato por mais duas temporadas. A propósito, ao contrário de boa parte da mídia tupiniquim, que alimentava nas pessoas a falsa ilusão de que Carlo Ancelotti comandaria o Brasil, eu sempre deixei claro, seja através de cada artigo escrito aqui no SoccerBlog, seja por intermédio de cada vídeo postado em nosso canal no YouTube, que isso não aconteceria, obviamente, baseado em tudo o que vinha sendo noticiado pelos principais portais espanhóis, e por saber que treinadores do mais alto escalão internacional preferem trabalhar em grandes clubes europeus, já que a relação deles junto às seleções de seus respectivos países é diferente da dos brasileiros. Seja como for, o tempo escancarou o que estava mais…

Em turbulência, Seleção Brasileira não vê boas perspectivas neste fim de ano

Derrotada nas Eliminatórias pela primeira vez em oito anos, com Neymar gravemente lesionado, e separada a cinco pontos de distância da líder Argentina. Eis a atual situação da Seleção Brasileira após quatro partidas sob o comando do interino Fernando Diniz. Pois é, a enorme euforia criada em razão da goleada por 5 a 1 sobre a “saco de pancadas” Bolívia, logo na rodada inicial das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2026 marcada pela estreia de Fernando Diniz como técnico do Brasil, onde diversos jornalistas ufanistas diziam que o futebol ofensivo e envolvente estava de volta a seleção cinco vezes campeã mundial, sucumbiu rapidamente após a queda diante do Uruguai por 2 a 0 no estádio Centenário, lembrando que os brasileiros não perdiam dos uruguaios há 22 anos, e por dois gols de diferença há exatas quatro décadas. Obviamente, a suada vitória pelo placar mínimo sobre o Peru, e o…

Fernando Diniz, o tampão da CBF até a chegada de Ancelotti

Enquanto a espera por Carlo Ancelotti continua, a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) anunciou oficialmente que Fernando Diniz será o treinador da Seleção Brasileira até junho de 2024, o que obrigará a dividir as tarefas junto ao Fluminense neste período. Pois é, não é surpresa pra ninguém que Carlo Ancelotti foi o nome escolhido pela CBF para comandar o Brasil neste novo ciclo que teve início após a saída de Tite e terminará depois da Copa do Mundo de 2026, mas como o vínculo contratual do treinador do Real Madrid ainda é válido por mais um ano, e o interino Ramon Menezes colecionou duas desastrosas derrotas em três jogos no cargo, a entidade optou pela contratação de Fernando Diniz para ser o “tampão” do técnico italiano. Na minha opinião, trata-se de mais uma decisão equivocada tomada pela CBF, em especial porque existe o risco de Carlo Ancelotti não desembarcar em…

A vexatória obsessão da CBF por Ancelotti

O interesse da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) por Carlo Ancelotti já faz parte do passado, pois o que existe no momento é uma verdadeira obsessão em tê-lo como treinador, a julgar que o presidente da entidade, Edinaldo Rodrigues, aceitou a hipótese de esperar até junho do ano que vem, época em que se encerra o vínculo do técnico italiano junto ao Real Madrid, para finalmente o contratá-lo. Pois é, e enquanto isso a Seleção Brasileira seria comandada pelo filho de Carlo Ancelotti, Davide, de apenas 33 anos de idade, que recentemente adquiriu todas as licenças da UEFA para se tornar treinador, lembrando que esta seria uma das exigências do técnico do Real Madrid para ajudá-lo no processo de transição. Não obstante, o narrador da TV Globo, Luís Roberto, disse que ainda existe a possibilidade de Carlo Ancelotti assumir a Seleção Brasileira em janeiro de 2024. Todavia, esta condição se…

À espera de Ancelotti, que pode não vir!

Um barco à deriva. Assim podemos definir a Seleção Brasileira após o revés frente o Marrocos, na primeira aparição dos pentacampeões mundiais no período pós-Copa de 2022. Aliás, vale destacar a total falta de sensibilidade da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) ao agendar um amistoso contra os semifinalistas do Mundial do Catar, exatamente no momento em que o Brasil vive um processo de reconstrução e, o pior, ainda sem um treinador no cargo. Logo, o mais prudente seria a Seleção Brasileira enfrentar um adversário de nível técnico inferior como fez a Argentina, por exemplo, que encarou o modesto Panamá no Monumental de Núñez. No entanto, como já era esperado por todos com excessão a CBF, a desfigurada Seleção Brasileira caiu diante dos eufóricos marroquinos por 2 a 1. A propósito, o que vimos em Tânger foi um jogo pra lá de pegado para um simples amistoso, haja vista as 43…

Em busca de um novo treinador

Quem será o próximo treinador da Seleção Brasileira? Eis a pergunta que não quer calar desde a eliminação do Brasil na Copa. Entretanto, essa é uma complexa questão que está longe de ser respondida. Com a queda diante da Croácia nas quartas-de-final do Mundial do Catar, o Brasil viu o sonho de conquistar o hexa ser adiado no mínimo para 2026. Pois é, e como o ciclo de Tite à frente da Seleção Brasileira chegou ao fim, a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) antecipou as buscas por um novo treinador para sucedê-lo no cargo, acima de tudo porque as Eliminatórias Sul-Americanas terão início a partir do próximo mês de março. Mas ao contrário dos últimos períodos pós Copas, a escolha do novo técnico do Brasil deixou de ser algo tão óbvio. Em 1998, por exemplo, ninguém contestava a ida de Vanderlei Luxemburgo para ocupar o posto de Mário Jorge Zagallo…

A última Copa do Mundo de Neymar

A polêmica revelação de Neymar ao canal televisivo DAZN segue dando o que falar no noticiário esportivo mundial, pois de acordo com o craque brasileiro, a Copa de 2022 será a última de sua carreira. No dia 07 de março de 2009, o garoto Neymar, de apenas 17 anos de idade, estreava profissionalmente pela equipe do Santos. Naquele momento, renascia a esperança dos torcedores brasileiros em relação ao sucesso da seleção pentacampeã mundial, afinal, surgia ali um novo craque no país do futebol. Pois é, mas passada mais de uma década desde a partida contra o Oeste no Pacaembú, o máximo que o camisa 10 conseguiu defendendo as cores do Brasil foi erguer o caneco da Copa das Confederações de 2013, e conquistar a medalha de ouro nas Olímpiadas de 2016. Entretanto, é importante salientar que Neymar tem números pra lá de significativos pela Seleção Brasileira. Para se ter uma…

A involução da Seleção Brasileira

Na madrugada desta quarta-feira, a Seleção Brasileira, do técnico Tite, foi derrotada pelo Peru, por 1 a 0, em Los Angeles. Com isso, o Brasil sofreu a sua primeira derrota desde a fatídica eliminação diante da Bélgica, nas quartas de final da Copa do Mundo de 2018. Para os resultadistas (torcedores que se baseiam apenas nos resultados dos jogos), a Seleção Brasileira continua às mil maravilhas, afinal, a derrota de ontem frente o Peru, foi a primeira sofrida pelo Brasil desde o revés no Mundial Rússia, no ano passado. Mas quem assiste as partidas do selecionado pentacampeão do mundo, tendo o mínimo de atenção, já percebeu há tempos que ele vem encontrando enormes dificuldades neste período pós Copa, ainda mais quando os adversários atuam na defensiva. Isso explica porque os comandados de Tite sofreram um bocado nos confrontos contra as modestas seleções de Camarões (1 x 0), Panamá (1 x 1), Venezuela (0 x 0) e Paraguai (0 x 0), por exemplo. Além…

Brasil x Peru

Na tarde deste domingo, brasileiros e peruanos decidirão qual deles irá erguer o caneco da edição de 2019 da Copa América, lembrando que a final do torneio sul-americano começa a partir das 17:00 (horário de Brasília), no estádio do Maracanã. Brasil Há três semanas, a Seleção Brasileira estreava na Copa América repleta de expectativas e bastante pressionada, afinal, a eliminação do Brasil diante da Bélgica nas quartas de final da Copa do Mundo de 2018, ainda não havia sido digerida pelos torcedores tupiniquins. Além disso, os pentacampeões mundiais ainda mantêm em suas memórias, a imagem do duríssimo revés sofrido contra a Alemanha por 7 a 1 no último torneio oficial disputado em solo brasileiro, no ano de 2014. Por esta razão, o selecionado verde e amarelo tinha uma certa obrigação de conquistar o título sul-americano, sobretudo porque ele sediaria a competição. Hoje, podemos dizer que os comandados de Tite fizeram bem a lição de casa,…

Brasil x Argentina

O estádio do Mineirão será o palco do confronto desta terça-feira (02) entre Brasil x Argentina, que vale vaga na grande decisão da Copa América 2019. O duelo envolvendo brasileiros e argentinos começa a partir das 21:30 (horário de Brasília). Brasil A Seleção Brasileira vem realizando uma campanha bastante abaixo das expectativas na Copa América até o momento, afinal, os pupilos de Tite conseguiram a façanha de não se classificar com 100% de aproveitamento, lembrando que o Brasil estava situado no grupo mais fácil da competição ao lado das fracas seleções de Bolívia, Venezuela e Peru. Posteriormente, os pentacampeões mundiais só confirmaram a sua vaga nas semifinais do torneio sul-americano, graças ao goleiro Alisson, que brilhou nas penalidades do embate frente o Paraguai pelas quartas de final, após empate em 0 a 0 no tempo regulamentar. O ponto forte da Seleção Brasileira continua sendo o setor defensivo da equipe, que não sofreu…

Menu