SSC Napoli

5 Posts Back Home

Francesco Calzona, a cartada final do Napoli para salvar a temporada

Quem seria capaz de imaginar que nove meses depois da conquista do terceiro scudetto italiano, o Napoli ocuparia a nona colocação da Serie A, estando separado a longos nove pontos de distância do G-4? Talvez o técnico Luciano Spalletti, que deixou o clube após o término da temporada passada para tirar um ano sabático interrompido em virtude do antigo desejo de comandar a Itália. Seja como for, a realidade é que todos os acertos do Napoli na temporada anterior se transformaram em erros na atual, e o resultado é esse que vemos: os Azurri registrando o montante de 29 pontos a menos em comparação a este mesmo estágio da última edição da Serie A, e indo para o TERCEIRO treinador desde a saída de Luciano Spalletti. Vale ressaltar que o primeiro grande equívoco cometido pela diretoria do Napoli, liderada pelo presidente Aurelio De Laurentiis, foi escolher Rudi Garcia para suceder…

Walter Mazzarri está de volta ao Napoli após dez anos

Quatro meses, eis o tempo que Rudi Garcia sobreviveu no comando técnico do Napoli, contabilizando 8 vitórias, 4 empates, e quatro derrotas nos 16 jogos em que ocupou o cargo. No entanto, a curtíssima passagem de Rudi Garcia pela Campânia confirma o enorme erro cometido pelo presidente do Napoli, Aurelio De Laurentiis, em contratá-lo para suceder Luciano Spalletti depois da memorável temporada em que o clube sagrou-se campeão italiano pela terceira vez na história, e pela primeira desde 1990. Mas apesar desta pífia trajetória de Rudi Garcia em seu retorno ao futebol italiano, seria bastante improvável vermos os azzurri repetirem o feito da temporada passada na atual se Luciano Spalletti ainda estivesse à beira do campo. Aliás, na minha opinião ele deixou o clube após a conquista do scudetto justamente por saber disso. Logo, a missão do primeiro treinador do Napoli na era pós-Spalletti não seria fácil, independentemente de quem…

O prazo de validade de Rudi Garcia já venceu no Napoli

Diversas dúvidas surgiram quando Rudi Garcia desembarcou na Campânia para assumir o comando do Napoli, afinal, o técnico francês chegava não apenas para ocupar o posto do lendário Luciano Spalletti, aquele que conduziu os Azzurri à conquista do título italiano depois de 33 anos, como também para dar continuidade ao ótimo trabalho desenvolvido por ele. Ou seja, uma missão pra lá de difícil, digna de muita coragem por parte do recém-contratado treinador. Em contrapartida, considerando os diferentes estilos de jogo das equipes comandadas por Rudi Garcia e o antecessor, além dos últimos trabalhos realizados pelo novo técnico do Napoli à frente de Lyon e Al-Nassr, a expectativa não era nada boa em relação ao sucesso do treinador de 59 anos de idade em seu retorno ao futebol italiano após sete temporadas. Ainda assim, nem o mais pessimista dos torcedores napolitanos imaginava que a descrença em relação a Rudi Garcia atingiria…

A temporada 2023-24 já começou para os atuais campeões italianos

“A vida precisa seguir”, foi através deste dilema que o Napoli absorveu a ideia de Luciano Spalletti em tirar um ano sabático, e apresentou Rudi Garcia como novo treinador da equipe. Mas apesar da vasta experiência do técnico de 59 anos de idade e que acumula passagens por diversos clubes – dentre eles a Roma, entre 2013 e 2016 -, é inegável que a saída do treinador responsável pela quebra do longo jejum de 33 anos do Napoli sem vencer o scudetto causaria um impacto tão grande quanto a erupção do Vesúvio pelos lados da Campânia. No entanto, as consequências só não foram extremas porque a decisão da saída partiu única e exclusivamente de Luciano Spalletti, ou seja, uma situação que fugiu do alcance da diretoria do Napoli e a deixou vulnerável. Logo, restou ao mandatário do clube, Aurelio De Laurentiis, a opção de ir ao mercado em busca de…

Inspirados por uma mágica noite de Champions League

Apesar do fim de uma das maiores gerações do Napoli nos últimos anos, esta nova safra liderada por Luciano Spalletti indica um futuro promissor ao clube duas vezes campeão italiano, basta a ela alcançar a regularidade. A noite de 07 de setembro de 2022 ficará marcada de forma positiva por um longo tempo na memória dos napolitanos, afinal, nela o Napoli literalmente atropelou o poderoso Liverpool, de Jurgen Klopp, por 4 a 1 no Stadio Diego Armando Maradona, pela rodada inicial da fase de grupos da Champions League 2022/23. Quer dizer, um resultado pra lá de inusitado, sobretudo para uma equipe cujo histórico não é bom no torneio continental. Eliminado precocemente pelo Real Madrid na segunda eliminatória da competição em 1987, época em que a mesma ainda se chamava Copa da Europa e não era composta pela fase de grupos, o Napoli sucumbiu diante do Spartak Moscou, nas penalidades, três…

Menu