A Família Scolari – Parte II

Guangzhou Evergrande Taobao Football Club, clube chinês fundado no ano de 1954, na cidade de Guangzhou, é o atual líder, e a maior sensação liga chinesa de futebol, onde soma o total de 56 pontos ganhos, em 25 partidas disputadas, contabilizando 17 vitórias, 5 empates e 3 derrotas, ou seja, uma ótima campanha, com um aproveitamento invejável, tanto que a distância para o Jiangsu Sainty, segundo colocado (50 pontos), é de seis pontos pontos, e para o terceiro colocado, o Shanghai Shenhua (42 pontos), é ainda maior, catorze pontos. Vale ressaltar, que o Guangzhou Evergrande, é o atual pentacampeão chinês, pois conquistou a liga nos anos de 2011, 2012, 2013, 2014 e 2015, mostrando através deste retrospecto, tamanha hegemonia alcançada pelo time no futebol chinês.
A campanha do Guangzhou Evergrande na Copa da China também surpreende, afinal, com a vitória conquistada na manhã de ontem, sobre o seu grande rival local, o Guangzhou R&F, por 3 a 1, a equipe garantiu sua classificação para a grande final da Copa. Após empatar o primeiro jogo em casa, por 2 a 2, o Guangzhou Evergrande decidiu a segunda partida fora de seus domínios, e não tomou conhecimento do adversário, vencendo com gols dos brasileiros Paulinho, Ricardo Goulart e Alan. Com isso, o o Guangzhou Evergrande disputará a final contra o Jiangsu Sainty, que eliminou o Shanghai Shenhua, na outra semifinal.

Ricardo Goulart e Paulinho, são os destaques do Guangzhou Evergrande.
Ricardo Goulart e Paulinho, são os destaques do Guangzhou Evergrande.

O que chama a atenção, é que atualmente, o treinador do Guangzhou Evergrande, é o brasileiro Luiz Felipe Scolari, popularmente conhecido como Felipão. O técnico que tem como maior feito em sua carreira, a conquista do pentacampeonato da Copa do Mundo de 2002, comandando a seleção brasileira, trabalha no Guangzhou Evergrande desde junho de 2015. Contratado junto a equipe chinesa, para substituir o italiano Fabio Canavarro, Felipão já conquistou pelo Guangzhou Evergrande, o título do campeonato chinês na temporada passada. e devido a isso, foi escolhido o treinador do ano no país. E não para por aí, ele venceu também a Liga dos Campeões da Ásia, no ano passado, e ganhou ainda mais destaque, sendo bastante elogiado tanto pela mídia local, quanto pelos torcedores do Guangzhou Evergrande, que tinham como grande meta, levantar o troféu de uma competição internacional.
A chave para o sucesso de Felipão, que saiu execrado do Brasil, após a humilhante derrota para a Alemanha, nas semifinais da Copa do Mundo de 2014, por 7 a 1, foi além de muito trabalho dentro de campo, unir os atletas fora dele, trazendo à tona, a família Scolari. Para quem não se recorda, na disputa da Copa do Mundo de 2002, conquistada pelo Brasil, o treinador estreitou tanto a relação para com os atletas, que o termo “família Scolari”, foi criado ainda enquanto a competição rolava, e após a confirmação do título, foi considerado um dos grandes segredos da conquista do pentacampeonato.

blog
Felipão reconquistou a fama e o prestígio na China.

Desta vez, Felipão levou ao Guangzhou Evergrande, os brasileiros Paulinho, Alan e Ricardo Goulart, além de toda sua comissão técnica, composta por Ivo Wortmann, Carlos Pracidelli, Darlan Schneider e seu velho escudeiro Flávio Murtosa (assistente de Felipão desde o início de sua carreira). Somado a isso, o treinador trouxe também o colombiano Jackson Martínez, contratado junto ao Atlético Madrid, por aproximadamente 35 milhões de euros.
O sucesso de Felipão lá do outro lado mundo, é tão grande, que ele abriu portas para outros treinadores brasileiros, também trabalharem na China, foi o caso de Cuca, Mano Menezes e Vanderlei Luxemburgo, que comandaram equipes chinesas por um tempo, porém devido a péssimas campanhas, não demoraram para voltar ao Brasil. Além dos técnicos, o mercado chinês também se abriu aos jogadores brasileiros, e diversos desfilam pelos gramados chineses, os principais nomes que posso destacar, além de Ricardo Goulart e Paulinho são os de Ramires, Diego Tardelli, Renato Augusto, Luís Fabiano, Jô, Jadson, Alan Kardec, Alex Teixeira, Geovânio e Hulk.
Na semana passada, a notícia de que Luiz Felipe Scolari deixará a equipe do Guangzhou Evergrande, ao final da temporada, pegou todos de surpresa, e deixou a torcida extremamente preocupada com o futuro do time.

blog
Marcello Lippi teve ótima passagem no Guangzhou Evergrande, nas temporadas de 2012, 2013, e 2014, por isso, é o escolhido da diretoria para substituir Luiz Felipe Scolari.

Para o lugar de Felipão, o nome mais cogitado para assumir o cargo é o do italiano Marcelo Lippi, que já treinou o Guangzhou Evergrande por três temporadas, e portanto, regressaria ao comandando técnico do time. O período de contrato estimado, é de três anos, e o salário oferecido a Lippi, gira em torno de 20 milhões de euros (72,5 milhões de reais) por ano. Caso aceite a proposta, Marcello Lippi, seria o segundo treinador mais bem remunerado do planeta, ficando apenas atrás de Pep Guardiola, do Manchester City, que recebe por ano, o montante de 25 milhões de euros (90,7 milhões de reais). Os dias de Felipão sob o comando do Guangzhou Evergrande estão chegando ao fim, e para quem ainda quer acompanhar o treinador brasileiro em ação na China, não pode perder o próximo compromisso da equipe, que enfrentará o Shanghai SIPG, no sábado, às 08:35 (horário de Brasília), vale a pena conferir!

Deixar um comentário

Menu