Liverpool, campeão inglês 2019/20

O vermelho tomou conta da Inglaterra nesta sexta-feira, afinal, mesmo sem entrar em campo na tarde de ontem (25), o Liverpool faturou o título inglês após 30 anos de um longo jejum. Deste modo, a insaciável equipe de Jurgen Klopp segue quebrando uma série de recordes, e consequentemente, vem marcando cada vez mais a sua história no mundo da bola.

Não restam dúvidas de que o 19º título inglês conquistado pelo Liverpool foi o mais especial dentre todos até aqui. A começar porque os Reds não venciam a liga nacional há três décadas, ou seja, o conjunto de Merseyside jamais havia erguido o caneco da Premier League, visto que a competição foi criada em 1992. Além disso, é importante salientar que a temporada 2019/20 foi totalmente prejudicada em função do surgimento da pandemia do novo coronavírus. Por esta razão, o futebol ficou paralisado durante três meses na Inglaterra, logo, o risco das competições serem canceladas era mais do que eminente no país.

Vale ressaltar ainda, que o poderosíssimo Manchester City, de Pep Guardiola, estreou na temporada correndo atrás do inédito tricampeonato inglês. No entanto, nenhum destes aspectos foram capazes de incomodar o Liverpool, que por sua vez, já vinha embalado devido aos títulos da Champions League e do Torneio Mundial de Clubes, respectivamente. Aliás, a competição organizada pela FIFA no mês de dezembro foi outro fator prejudicial aos Reds, já que a longa viagem até o Catar em plena disputa da Premier League, acarretou no maior desgaste físico dos jogadores em um período repleto de compromissos no apertadíssimo calendário inglês.

E praticando um futebol extremamente ofensivo, intenso, e com forte pressão na saída de bola do adversário, isto é, um estilo de jogo com a cara de Jurgen Klopp, o Liverpool quebrou todos os paradigmas possíveis na Premier League, tanto é, que os Reds garantiram o título da competição com incríveis SETE rodadas de antecedência, somando o montante de 86 pontos em 31 partidas – 28 vitórias, 2 empates e 1 derrota -, obtendo 92,5% de aproveitamento através desta magistral campanha.

Para se ter uma ideia, a única derrota sofrida pelos comandados de Jurgen Klopp na Premier League, deu-se apenas na 28ª rodada do campeonato, quando eles caíram frente o Watford por 3 a 0 no estádio Vicarage Road. Já o retrospecto dos campeões ingleses contra os clubes que integram o bloco Big Six é realmente impressionante, uma vez que o Liverpool coleciona seis vitórias e um empate, em sete jogos disputados mediante os favoritos ao título do torneio.

Como não poderia deixar de ser, Jurgen Klopp é apontado tanto pela mídia quanto pelos torcedores, como um dos principais responsáveis pela conquista da Premier League. O técnico de 53 anos de idade desembarcou na Terra da Rainha em 2015 para encarar o maior desafio de sua carreira justo no período que os Reds atravessavam um momento ruim econômica e esportivamente. Desta forma, por tratar-se de um treinador “barato”, promissor, e que sabia lidar com condições financeiras adversas – foi assim no Borussia Dortmund -, Klopp conseguiu assumir o comando do Liverpool. Todavia, o que poucos imaginavam é que partir daquele instante, nasceria uma nova era em Anfield.

“É muito mais do que eu poderia imaginar. Ser campeão com esse clube é absolutamente incrível. É um grande momento. Eu, honestamente, não tenho palavras. Eu estou completamente emocionado, nunca achei que sentiria isso. É para vocês, torcedores. É para todos vocês aí fora. É incrível. Espero que fiquem em casa, ou em frente às suas casas e não vão para as ruas. Mas comemore. É uma alegria fazer isso por vocês”, disse o choroso Jurgen Klopp ao canal televisivo Sky Sports.

Desde então, Jurgen Klopp enfrentou uma árdua caminhada à frente da equipe, foram diversos vice-campeonatos até a primeira volta olímpica em solo inglês, mas mesmo nos piores momentos, a identificação de Jurgen Klopp só aumentava junto à torcida, sobretudo por conta do estilo de jogo praticado pelos Reds, que dão tudo de si em campo independentemente da partida ou do adversário. Contudo, a verdade é que através do futebol, o treinador alemão conseguiu fazer o clube resgatar a sua essência, e hoje, a famosa canção You’ll Never Walk Alone (Você Nunca Caminhará Sozinho), sempre tocada nos jogos em Anfield, define da melhor forma possível o Liverpool, de Klopp.

Deixar um comentário

Menu