Na direção certa

Após permanecer um longo período sem entrar em campo por conta da disputa da Copa América, o Bahia, de Roger Machado, retornou aos gramados ainda mais forte, haja vista os reforços contratados pelo Tricolor Baiano neste meio de temporada.

No mês passado, postei um vídeo no novo canal do SoccerBlog no YouTube, aonde mencionei o excelente trabalho realizado pela diretoria do Bahia, que teve início com o ex-presidente Marcelo Sant’Ana, e continua em franca ascensão com o atual mandatário do clube baiano, Guilherme Bellintani. Portanto, falar do bom momento vivido pelo Tricolor Baiano é como chover no molhado. Caso não tenha assistido, segue o link: https://www.youtube.com/watch?v=N8WuUZA5MII&t=48s

No entanto, uma das maiores preocupações do treinador Roger Machado era justamente a paralisação dos torneios nacionais devido a disputa da Copa América 2019, lembrando que o Bahia vinha completamente embalado em todas competições. Para se ter uma ideia, o Esquadrão de Aço garantiu a sua vaga nas quartas de final da Copa do Brasil depois de eliminar o São Paulo, nas oitavas. Na ocasião, os baianos venceram tanto o jogo de ida no estádio do Morumbi ,quanto o jogo de volta na Fonte Nova, ambos pelo mesmo placar, 1 a 0.

O Bahia é dono do 14º elenco mais caro do Brasileirão.
O Bahia é dono do 13º elenco mais caro do Brasileirão. O plantel do Tricolor Baiano está avaliado em R$ 147,7 milhões.

Enquanto isso, pelo Brasileirão, o Bahia também surpreendeu até a parada da Copa América, visto que os atuais bicampeões baianos ficaram na 8ª posição da tabela do campeonato com 14 pontos ganhos, colecionando o total de 4 vitórias, 2 empates e três derrotas em 9 jogos, registrando 51,9% de aproveitamento através desta boa campanha. O desempenho do time da capital baiana chama tanto a atenção, que ele permanece a apenas dois pontos do Z4, ou seja, da zona de classificação à Copa Libertadores.

Curiosamente, o ponto forte da equipe de Roger Machado até o momento, tem sido a arena Fonte Nova, afinal, o Esquadrão de Aço permanece invicto atuando em seus domínios pelo Brasileirão. Aliás, os quatro triunfos obtidos pelo Bahia na competição foram todos conquistados em Salvador. Vale ressaltar que nestes compromissos, os baianos enfrentaram fortes oponentes como Corinthians (3 x 2), Fluminense (3 x 2) e Grêmio (1 x 0). Já a outra vítima do Tricolor da Boa Terra acabou sendo o Avaí ( 1 x 0), atual lanterninha do Brasileirão.

O Bahia venceu os últimos dez jogos disputados na Arena Fonte Nova, considerando todas as competições.
A força da torcida tricolor: o Bahia venceu os últimos dez jogos disputados na Arena Fonte Nova, considerando todas as competições.

Levando em consideração todos estes aspectos, é evidente que os torcedores do Bahia ficaram com a pulga atrás da orelha em relação ao futuro do Esquadrão de Aço no restante da temporada, já que a pausa da Copa América poderia “esfriar” por completo o bom momento vivido pelo time. E essa preocupação aumentou consideravelmente depois que o Tricolor Baiano perdeu o volante Douglas Augusto, uma das principais peças do esquema de Roger Machado, que pertencia ao Corinthians, e foi vendido pelo clube paulista ao PAOK, da Grécia.

Mas como já era esperado, a diretoria do clube baiano entrou rapidamente em ação, e trouxe ótimos reforços para Roger Machado. Me refiro aos zagueiros Juninho, ex-Palmeiras, Marllon, ex Corinthians, e Wanderson, ex-Athletico Paranaense, ao lateral-esquerdo Giovanni, ex-Ponte Preta, e ao meia Alejandro Guerra, outro atleta emprestado pelo Palmeiras. Além deles, o volante Ronaldo, do Flamengo, e o atacante Lucca, do Corinthians, também desembarcaram em Salvador para vestir a camisa tricolor.

E logo em seu primeiro compromisso no período pós Copa América, o Bahia já mostrou a que veio. Não à toa, os comandados de Roger Machado empataram com o Grêmio por 1 a 1, em plena Arena do Grêmio, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil. Desta maneira, basta aos baianos conquistarem um simples empate sem gols no jogo de volta, em Salvador, para que eles confirmem a inédita vaga nas semifinais do torneio. Diante do bom trabalho desenvolvido pela diretoria tricolor fora das quatro linhas, e obviamente, pelo treinador Roger Machado dentro de campo, tudo nos leva a crer que o Esquadrão de Aço alçará vôos ainda mais altos ao longo da temporada!

 

Deixar um comentário

Menu