Campeonato Brasileiro

11 Posts Back Home

A demissão de Ceni não resolveria os problemas do Flamengo

Com a abrupta queda de rendimento do Flamengo na reta final do Brasileirão, o técnico Rogério Ceni segue cada vez mais pressionado na Gávea. Mas seria justo atribuir toda a culpa da má fase flamenguista apenas ao treinador? Não é surpresa para ninguém que o treinador de uma equipe é sempre o primeiro a ser demitido em um momento crítico vivido por um clube brasileiro. Infelizmente, esta é a cultura do nosso país. Não à toa, quando este “fenômeno” não acontece, o presidente ou dirigente desta determinada agremiação fica até marcado na história, como é o caso de Andrés Sánchez, que em 2011, manteve o técnico Tite no comando do Corinthians mesmo após a surpreendente eliminação diante do Tolima na fase pré-eliminatória da Copa Libertadores. Contudo, a verdade é que não existe uma lógica para decidir se um treinador deve – ou não – ficar à frente de uma equipe…

Rogério Ceni, o novo treinador do Flamengo

Menos de 24 horas após confirmar a saída de Domènec Torrent, a diretoria do Flamengo anunciou oficialmente que Rogério Ceni será o novo comandante rubro-negro, notícia esta, que não agradou em nada os torcedores de Fortaleza e São Paulo. A passagem de Domènec Torrent pelo futebol brasileiro durou apenas 98 dias. Como todos nós sabíamos, o treinador que assumisse o comando técnico do Flamengo após a saída de Jorge Jesus teria uma indigesta missão pela frente, tendo em vista o enorme sucesso alcançado pelo técnico português na equipe carioca. Pois é, e no final das contas o ex-auxiliar de Pep Guardiola não suportou a pressão que se instaurou no Ninho do Urubu depois das goleadas sofridas pelo Mengão diante de São Paulo e Atlético Mineiro, por 4 a 1 e 4 a 0, respectivamente. Em 24 jogos à frente do Flamengo, o técnico catalão colecionou 14 vitórias, 4 empates e…

Um mito, dentro e fora de campo!

A vitória sobre o Ceará pelo placar mínimo no estádio do Castelão, garantiu ao Fortaleza o título do bicampeonato cearense, sendo esta, a quarta conquista do Leão do Pici sob a batuta do melhor treinador da história do clube, Rogério Ceni. A capital cearense amanheceu azul, vermelha e branca nesta quinta-feira, afinal, na noite de ontem (21) o Fortaleza ergueu o caneco do Campeonato Estadual pela segunda vez consecutiva. Após derrotar o Ceará por 2 a 1 no jogo de ida, o Tricolor de Aço voltou a vencer o rival no jogo de volta por 1 a 0, graças ao gol do lateral-direito Tinga aos 16 minutos da segunda etapa e, merecidamente, garantiu o bicampeonato do torneio no estádio do Castelão, façanha que a equipe não alcançava desde a dobradinha nas temporadas 2015 e 2016. Deste modo, o Leão do Pici faturou o Campeonato Cearense pela 43ª vez na história,…

Mais um desafio na carreira de Felipão

Depois das recusas de Lisca e Umberto Louzer, o Cruzeiro, penúltimo colocado na Série B do Brasileirão, surpreendeu a todos ao anunciar que Luiz Felipe Scolari retornará à Toca da Raposa após 19 anos. Se 2019 foi um pesadelo na vida do torcedor cruzeirense, o ano de 2020 está sendo ainda pior, visto que o conjunto celeste segue travando uma grande batalha contra o rebaixamento à Série C do Campeonato Brasileiro. Obviamente, já era esperado que o Cruzeiro enfrentaria dificuldades nesta temporada, tudo em consequência da desastrosa gestão de Wagner Pires de Sá no clube mineiro. Além disso, a debandada de quase todo o elenco e a falta de recursos financeiros também indicavam que a Raposa teria um árduo caminho pela frente. Apesar disso tudo, ainda causa enorme estranheza vermos o Cruzeiro ocupando o 19º posto na tabela da Série B com míseros 13 pontos em 16 jogos e, consequentemente,…

Esperança esmeraldina

Recém-promovido à elite do futebol brasileiro, o Goiás segue a sua incessante luta para assegurar uma vaga na próxima edição da Copa Libertadores, uma façanha que seria comemorada como um verdadeiro título por toda a nação esmeraldina. Como não poderia deixar de ser, o objetivo principal do Goiás antes do início do Brasileirão era evitar o rebaixamento, uma meta totalmente comum para os clubes vindos da Série B. Acontece, que o time goiano viveu uma montanha russa de emoções durante todo o ano pelo Campeonato Brasileiro, uma vez que o Esmeraldino começou muito bem a sua caminhada na competição, tanto é, que a equipe na época comandado pelo técnico Claudinei Oliveira, ocupava a sexta posição na tabela do torneio, obtendo 62,5% de aproveitamento no período de paralisação da competição em virtude da disputa da Copa América. Todavia, esta pausa acabou sendo extremamente prejudicial para o conjunto alviverde. Não à toa, o Goiás encerrou o primeiro turno do Brasileirão com a pior campanha…

Série B é coisa do passado!

Foram exatos 21 longos anos de espera para que enfim o Bragantino retornasse à elite do futebol brasileiro. E a franquia tupiniquim da empresa fornecedora de bebidas energéticas, Red Bull, promete vir forte para a disputa do Brasileirão em 2020. Como já era esperado, o projeto da Red Bull de chegar ao patamar mais alto do futebol brasileiro se concretizou na noite de ontem, quando o Bragantino bateu o Guarani por 3 a 1 no estádio Nabi Abi Chedid, em partida válida pela 33ª rodada da Série B do Brasileirão 2019. Este resultado, garantiu o acesso da equipe de Bragança Paulista com cinco rodadas de antecedência. A propósito, a campanha dos pupilos de Antônio Carlos Zago foi realmente incrível na competição, visto que eles colecionaram o total de 19 vitórias, 8 empates e apenas seis derrotas em 33 jogos, obtendo assim, 65,7% de aproveitamento no campeonato. Diante de todo este cenário, fica evidente que…

Na direção certa

Após permanecer um longo período sem entrar em campo por conta da disputa da Copa América, o Bahia, de Roger Machado, retornou aos gramados ainda mais forte, haja vista os reforços contratados pelo Tricolor Baiano neste meio de temporada. No mês passado, postei um vídeo no novo canal do SoccerBlog no YouTube, aonde mencionei o excelente trabalho realizado pela diretoria do Bahia, que teve início com o ex-presidente Marcelo Sant’Ana, e continua em franca ascensão com o atual mandatário do clube baiano, Guilherme Bellintani. Portanto, falar do bom momento vivido pelo Tricolor Baiano é como chover no molhado. Caso não tenha assistido, segue o link: https://www.youtube.com/watch?v=N8WuUZA5MII&t=48s No entanto, uma das maiores preocupações do treinador Roger Machado era justamente a paralisação dos torneios nacionais devido a disputa da Copa América 2019, lembrando que o Bahia vinha completamente embalado em todas competições. Para se ter uma ideia, o Esquadrão de Aço garantiu a sua vaga nas quartas de final da Copa do Brasil…

O início da maratona cruzeirense

Com o encerramento da Copa América, os clubes brasileiros retomarão nesta semana as suas atividades, e o Cruzeiro terá uma indigesta maratona de jogos pela frente em seu retorno aos gramados, que inclusive, determinará os rumos da Raposa no restante de temporada. O primeiro semestre do Cruzeiro foi realmente repleto de altos e baixos, afinal, a Raposa realizou uma excelente campanha no Campeonato Mineiro, sagrando-se campeã do estadual sem sofrer um único revés na competição, ou seja, erguendo o caneco de maneira invicta, lembrando que os cruzeirenses bateram o eterno rival, Atlético Mineiro, na decisão. Além disso, os comandados de Mano Menezes avançaram às oitavas de final da Copa Libertadores como líderes do grupo B do torneio, contabilizando cinco vitórias e uma derrota em seis jogos disputados nesta fase. No entanto, bastou o Campeonato Brasileiro começar, para que o desempenho da Raposa literalmente degringolasse. Para se ter uma ideia, o time mineiro venceu apenas duas…

A nova geração de Cotia

Embora o São Paulo esteja vivendo um longo período sem conquistar títulos, a equipe da capital paulista continua revelando ao mundo da bola, jovens com enorme potencial. Isso explica porque o Tricolor do Morumbi é rotulado como “A maior vitrine do futebol brasileiro”. Diante deste cenário, dificilmente a diretoria conseguirá manter todas as novas jóias no clube até o final do ano. A tradição do São Paulo em revelar jogadores e negociá-los com clubes do exterior é indiscutível. Não à toa, nomes como Denílson, Edmílson, Fábio Aurélio, Kaká, Júlio Baptista, Casemiro, Hernanes, Lucas Moura, Éder Militão, David Neres, entre outros, brotaram no Morumbi, e posteriormente, foram brilhar nos gramados do Velho Continente. Aliás, um dos maiores legados deixados pelo ex-presidente são-paulino, Marcelo Portugal Gouvêa, ao Tricolor Paulista, foi o CT de Cotia, um dos mais modernos centros de treinamentos de categorias de base do planeta. Para se ter uma ideia, o CT possui 230.000 m² de…

A missão de Ceni: Parte II

Depois de viver um 2018 maravilhoso, com direito ao regresso à elite do futebol nacional após 13 anos como campeão da Série B, o Fortaleza inicia 2019 com dois objetivos em mente, sendo o primeiro deles, escapar do rebaixamento no Campeonato Brasileiro, enquanto o segundo, é vencer a Copa do Nordeste, ou seja, tarefas nada fáceis para o técnico Rogério Ceni. Centenário inesquecível O centenário do Fortaleza foi realmente inesquecível aos torcedores do Tricolor de Aço, afinal, este histórico ano ficou marcado pelo retorno do Leão do Pici ao Campeonato Brasileiro através do inédito título da Série B, algo considerado totalmente surreal antes do início da temporada passada, dado o baixo orçamento do clube cearense em relação aos demais concorrentes na segunda divisão do torneio. Mesmo assim, através de um futebol baseado na rápida troca de passes, marcação pressão e bastante intensidade, o Fortaleza conseguiu quebrar todos os paradigmas, e encerrou 2018…

Mais um ano se passou e nada mudou no Morumbi!

A 5ª colocação no Brasileirão 2018, garantiu ao São Paulo uma vaga na fase pré-eliminatória da Copa Libertadores 2019, mesmo assim os torcedores são-paulinos continuam descontentes com o clube, isso porque o Tricolor Paulista encerrou o 1º turno do Campeonato Brasileiro na liderança da tabela, mas por conta do péssimo 2º turno realizado (somou apenas 22 pontos), a equipe do Morumbi encerrou o ano extremamente em baixa. Balanço de 2018 As expectativas dos são paulinos eram grandes em relação ao sucesso da equipe no início deste ano, afinal, o departamento de futebol do São Paulo estava sendo composto por Raí, Ricardo Rocha e Diego Lugano, isto é, três ídolos do clube. Além disso, a diretoria investiu mais de 50 milhões de reais para trazer ao time os jogadores Diego Souza, Everton, Santiago Tréllez, Nenê, Jean, Joao Rojas, Bruno Peres, e oficializar a compra em definitivo do volante Jucilei. Entretanto, assim como ocorreu nas últimas cinco temporadas, o Tricolor…

Menu