Liverpool x Chelsea

Na tarde desta quarta-feira (14), às 16:00 (de Brasília), os tradicionais rivais ingleses, Liverpool e Chelsea, decidirão no estádio Vodafone Park, em Istambul, qual deles voltará à Terra da Rainha com a taça da Supercopa da Europa na bagagem, competição esta, que reúne os atuais campeões da Champions League e da Europa League.

Liverpool

A estreia do Liverpool nesta nova temporada acabou não causando nenhuma surpresa, isso porque os comandados de Jurgen Klopp golearam o Norwich, recém-promovido à elite do futebol inglês, por 4 a 1, em Anfield, pela partida de abertura da Premier League 2019/20. Mas nem tudo foi festa para os Reds, visto que o goleiro Alisson saiu de campo machucado aos 39 minutos da primeira etapa, devido a uma lesão na panturrilha, que inclusive, o deixará fora de combate por um algumas semanas. Deste modo, o guarda-meta dos atuais campeões europeus na decisão da Supercopa da Europa será o espanhol Adrián, ex-atleta do West Ham.
No entanto, um dos motivos que mais anima os Reds neste duelo diante do Chelsea, é o fato dele ser realizado em Istambul, a mesma cidade aonde o Liverpool ergueu o caneco da Champions League em 2005, ao derrotar o Milan nas penalidade, depois dos italianos abrirem uma vantagem de 3 a 0 no placar. A única diferença. é que esta decisão terá como palco o estádio Vodafone Park, do Besiktas, à medida que há 14 anos, o time inglês sagrou-se campeão no estádio Olímpico Ataturk.

Durante a ausência Alisson, Adrián defenderá as metas do Liverpool, enquanto o veterano Andy Lonergan (foto), será o reserva imediato.
Durante a ausência do goleiro titular Alisson, Adrián defenderá as metas do Liverpool, enquanto o veterano Andy Lonergan (foto), de 35 anos de idade, será o reserva imediato.

Chelsea

Enquanto isso, o Chelsea desembarca na capital turca com a cabeça bastante inchada, afinal, a partida que marcou a estreia dos Blues na temporada, e a de Frank Lampard no comando técnico da equipe, teve um desfecho nada agradável ao conjunto londrino, que sofreu uma duríssima goleada do Manchester United, por 4 a 0, no estádio Old Trafford. Embora o resultado do clássico não reflita o que foi o jogo, haja vista as duas bolas na trave do Chelsea ainda no primeiro tempo, a desconfiança gerada por um revés como este pode atrapalhar, e muito, os pupilos de Frank Lampard neste início de temporada. Entretanto, é evidente que o título da Supercopa da Europa poderia trazer a paz novamente para os lados de Stamford Bridge.
No entanto, a pressão encima do treinador Frank Lampard não será grande ao longo da temporada, sobretudo porque o Chelsea foi impedido de contratar jogadores nesta e na próxima janela de transferências, em virtude de uma punição recebida pela FIFA. Além disso, o jovem técnico de 41 anos de idade, é um ídolo dos Blues, logo, a paciência da torcida com ele obviamente será maior.

Após começar o clássico contra o Manchester United entre os reservas do Chelsea, é esperado que o experiente atacante Olivier Giroud, inicie a decisão da Supercopa da Europa na equipe titular dos Blues.
Após começar o clássico contra o Manchester United sentado no banco de reservas, é esperado que o experiente atacante Olivier Giroud, inicie a decisão da Supercopa da Europa entre os titulares do Chelsea.

Dados Estatísticos

O registro histórico do confronto aponta que ambas equipes se enfrentaram 181 vezes ao longo da história, e a vantagem é do Liverpool que coleciona 77 vitórias mediante 63 triunfos do Chelsea, ao passo que o empate prevaleceu em outras 41 oportunidades.
Curiosamente, este será o primeiro encontro envolvendo Liverpool e Chelsea pela decisão da Supercopa da Europa. Aliás, os Reds já disputaram a final do torneio em cinco ocasiões, sendo campeões em três delas (1977, 2001, e 2005), enquanto os Blues venceram a competição apenas uma única vez, no ano de 1998, ficando com o vice-título tanto em 2012 quanto em 2013.
Vale ressaltar ainda, que o Barcelona e o Milan são os maiores ganhadores da Supercopa da Europa até aqui, conquistando cinco taças cada um, seguidos de perto pelo Real Madrid, que contabiliza quatro troféus.
Para finalizar, o Atlético Madrid é o atual vencedor da Supercopa da Europa, uma vez que os Colchoneros golearam o Real Madrid, por 4 a 2, na edição passada do torneio, realizada em Talim, capital da Estônia.

Esta será a edição de número 52 da Supercopa da Europa, competição disputada desde 1972.
Esta será a edição de número 44 da Supercopa da Europa, competição disputada desde 1972, que terá a Turquia como país sede pela primeira vez.

Escalações

Liverpool (4-3-3): Adrián; Alexander-Arnold, Matip, van Dijk e Robertson; Henderson, Fabinho e Milner; Salah, Firmino e Mané. Técnico: Jurgen Klopp.

Chelsea (4-2-3-1): Kepa Arrizabalaga; Azpilicueta, Christensen, Zouma e Emerson; Jorginho e Kovacic; Pedro, Mount e Pulisic; Giroud. Técnico: Frank Lampard.

Previsão

Podemos afirmar de antemão, que a final da Supercopa da Europa será bastante intensa, afinal, teremos dois rivais ingleses se enfrentando dentro em campo. Por esta razão, se nos basearmos pelas partidas da Premier League, emoção não faltará em Istambul.
Obviamente, o Liverpool é o grande favorito ao título continental, isso porque além dos Reds terem mantido a mesma base da temporada passada, sem ter perdido nenhuma de suas principais peças, eles vivem um melhor momento, tendo o treinador Jurgen Klopp a mais tempo no comando da equipe. Outro detalhe relevante, é que o Liverpool encerrou a sua participação na edição anterior da liga inglesa, 25 pontos à frente do Chelsea. Este dado apenas demonstra a enorme disparidade existente entre ambos na atualidade.
Do outro lado, o Chelsea chega desconfiante para este compromisso, tudo por conta da goleada sofrida diante do Manchester United no último domingo. Ademais, o inexperiente técnico Frank Lampard está somente iniciando o seu trabalho no clube londrino, portanto o eterno camisa 8 dos Blues ainda não teve tempo suficiente para implantar a sua filosofia de jogo no time.
Palpite: Liverpool 3 x 0 Chelsea.

 

 

Deixar um comentário

Menu