Sete anos que valem por cem

Os torcedores do Orlando Pirates não aguentam mais assistir os adversários dando a volta olímpica pela Premier Soccer League (PSL), a principal liga de futebol sul-africana. Já são sete anos sem erguer o título nacional, mas que devido a forte pressão dos Buccaneers, já equivalem a um século sem conquistas. Todavia, o empate em 1 a 1 entre Bidvest Wits e Mamelodi Sundowns, primeiro e terceiro colocados do campeonato, respectivamente, encheu os Black Ones de esperança em relação a uma possível quebra de tabu.

O Orlando Pirates é clube fundado no ano de 1937, no famoso bairro de Soweto, em Johannesburgo, na África do Sul. Conhecido popularmente como Buccaneers, o Orlando Pirates é a segunda equipe mais vezes campeão nacional ao lado do eterno rival, Kaizer Chiefs, com quatro canecos conquistados até aqui, lembrando que o maior vencedor no país é o Mamelodi Sundowns, com oito taças na bagagem. Algumas figuras notáveis do futebol africano já defenderam as cores dos Bucs ao longo da história, sendo que dentre os principais, está Benni McCarthy, ex-atacante do Porto e do Blackburn Rovers na década passada.

Acontece, que o desempenho do Orlando Pirates nos últimos anos deixaram bastante à desejar, tanto é, que o conjunto do Soweto não levanta o troféu da Premier Soccer League desde o bicampeonato conquistado nas temporadas 2010/11 e 2011/12. Na edição anterior da competição, os Black Ones bateram na trave, visto que eles encerraram a sua participação na vice-posição do torneio, atrás apenas do campeão, Mamelodi Sundowns. Entretanto, desde o último título, esta foi a melhor performance dos Buccaneers na competição, enquanto a pior, deu-se em 2016, quando eles ficaram na pífia 11ª colocação da tabela.

Justin Shonga é o grande destaque do Orlando Pirates na temporada. O jovem atacante zambiano de 22 anos, já marcou 5 gols na PSL, e por este motivo, está na mira de alguns clubes europeus.
Justin Shonga é o grande destaque do Orlando Pirates na temporada. O atacante zambiano de 22 anos, já marcou 5 gols na PSL, e por este motivo, está na mira de alguns clubes europeus.

Atualmente, o Orlando Pirates está vivíssimo na luta pelo título da Premier Soccer League, afinal, eles ocupam a segunda posição na classificação, juntamente com o Mamelodi Sundowns, ambos 36 pontos, à medida que o líder, Bidvest Wits, coleciona 38 pontos ganhos. Vale ressaltar, que os atuais campeões sul-africanos, têm dois jogos a menos em relação aos demais oponentes, logo, podemos considerá-los como os virtuais líderes da competição. Mas como faltam nove rodadas (onze para o Mamelodi Sundowns) para o término do campeonato, é evidente que a disputa pelo caneco do torneio segue completamente em aberto.

O treinador do Orlando Pirates, Milutin Sredojevic, acredita que a sua equipe só não está na liderança da Premier Soccer League, pelo fato dela estar participando da CAF Champions League (Champions League Africana), ao contrário do Bidvest Wits, que por não estar disputando competições internacionais, está priorizando exclusivamente o campeonato nacional. Situado no grupo B do torneio continental, os comandados de Milutin Sredojevic ocupam somente a terceira posição no grupo com 5 pontos em 4 jogos, contabilizando uma vitória, dois empates e duas derrotas nestas partidas.

No comando do Orlando Pirates desde 2017, o sérvio Milutin Sredojevic acumula
No comando do Orlando Pirates desde 2017, o técnico Milutin Sredojevic acumula 67 jogos à frente da equipe (31 V, 22 E e 14 D). O sérvio costuma armar o time no 4-3-3, variando constantemente para o 3-4-3.

No entanto, para quebrar de uma vez por todas o longo tabu de sete anos sem conquistar o título da Premier Soccer League, os Buccaneers precisarão melhorar bastante o seu desempenho nas nove rodadas finais do campeonato. Colecionando o total de nove vitórias, nove empates e três derrotas nas 21 partidas realizadas até o momento pela competição, o Orlando Pirates registra 57,14% de aproveitamento através desta campanha, ou seja, muito pouco para um time que almeja vencer o torneio.

Por este motivo, o técnico Milutin Sredojevic já informou que a obrigação de sua equipe é ganhar os próximos cinco compromissos que serão disputados em seus domínios, e somar pontos nos quatro últimos jogos fora de casa. Os confrontos mais aguardados pelo Orlando Pirates nesta reta final de campeonato, serão certamente contra o Bidvest Wits (F), na 25ª rodada, frente o Mamelodi Sundowns (C), na 28ª rodada, além do duelo diante do Cape Town (F), na penúltima rodada, dado que os três são adversários diretos na briga pelo título da Premier Soccer League.

Já pela CAF Champions League, os Buccaneers terão dois embates cruciais no mês de março, que decidirão o futuro do time sul-africano no torneio. O primeiro deles será no dia 08, em Johannesburgo, quando os Bucs enfrentarão o FC Platinum, do Zimbabwe, atual lanterninha do grupo. Em seguida, no dia 16, o Orlando Pirates irá encarar uma longa viagem até a República da Guiné, aonde medirá forças com o Horoya, vice-colocado do grupo, pela rodada de encerramento da primeira fase do torneio. Por essas e outras, vale a pena acompanharmos de perto as cenas dos próximos capítulos, sobretudo porque elas prometem ser intensas pelos lados do Soweto!

Deixar um comentário

Menu