Erik ten Hag começa a dar uma nova identidade ao Manchester United

Conseguirá o Manchester United repetir a excelente performance dos jogos testes, na temporada regular? Se a resposta for sim, certamente os Red Devils voltarão a trilhar o caminho das vitórias.

Três jogos, três vitórias, onze gols marcados e apenas dois sofridos, eis o excelente desempenho do Manchester United na pré-temporada realizada pelo clube em solo asiático sob o comando do novo treinador Erik ten Hag, lembrando que os Red Devils golearam o rival, Liverpool, por 4 a 0 no primeiro destes amistosos. Logo, fica evidente porque a esperança voltou a reinar no Old Trafford a 16 dias do pontapé inicial da Premier League.

Mas ao mesmo tempo, toda essa expectativa criada é reflexo da enorme carência de títulos e vitórias vivida pelos torcedores do Manchester United, afinal, trata-se apenas de uma de pré-temporada, isto é, período no qual as equipes ainda estão longe das formas físicas e técnicas ideais, e os treinadores realizam uma série de testes para ajustar os seus respectivos times. De qualquer maneira, é inegável que Erik ten Hag começou bem a sua jornada no clube do norte da Inglaterra.

Aliás, já é perceptível a evolução dos Red Devils em alguns pontos como por exemplo a maior intensidade, as rápidas triangulações, além da marcação em linha alta, e tudo em virtude do trabalho em equipe, um dos pilares de Erik ten Hag, que apesar de ter preferência pelo sistema 4-3-3, vem armando o Manchester United no 4-2-3-1 em função da característica de seus jogadores.

Ademais, é importante destacar as ótimas atuações de Marcus Rashford, Jadon Sancho e Anthony Martial nestes amistosos, quer dizer, algo surpreendente considerando a última temporada realizada pelo trio, o que significa também, que Cristiano Ronaldo vem perdendo espaço no time enquanto não decide se permanecerá ou não no clube.

Embora Cristiano Ronaldo seja superior tecnicamente em relação aos demais atletas que integram o sistema ofensivo do Manchester United, inclusive entregando mais gols, é fato que a ausência do atacante português na pré-temporada o fará perder o início da Premier League se ele continuar no clube, é claro, em particular, devido a questões de ordens táticas e de entrosamento, já que o camisa 7 não estará afinado em campo com o restante da equipe.

Vale ressaltar ainda, que a incerteza sobre a continuidade de Cristiano Ronaldo pode comprometer toda a temporada do Manchester United, assim como ocorreu com a Juventus no ano passado, já que o clube italiano não planejava perder o craque português nos últimos dias do fechamento da janela. Com isso, a Juve só conseguiu trazer Dusan Vlahovic para substituí-lo seis meses depois, o que no final das contas culminou com a quarta colocação na Serie A.

E além de Cristiano Ronaldo, Erik Ten Hag também aguarda a chegada de Frenkie de Jong para, ao lado do recém-contratado Lisandro Martínez, melhorar o índice de desarmes e a saída de bola dos Red Devils. Assim, aos poucos o Manchester United vai ganhando a identidade de Ten Hag. Contudo, só resta saber se ela será capaz de fazê-lo novamente vencedor como nos tempos de Alex Ferguson, ou não surtirá efeito como na passagem do conterrâneo Louis van Gaal. A ver!

Deixar um comentário

Menu