Tottenham x Liverpool

Após um longo período de espera, enfim o momento mais aguardado de toda a temporada do futebol europeu chegou. Me refiro a grande final da edição de número 64 da Champions League entre Tottenham x Liverpool, que definirá qual das duas equipes voltará à Terra da Rainha com a orelhuda na bagagem. A decisão terá início a partir das 16:00 (de Brasília), no estádio Metropolitano, em Madrid.

Tottenham

“A primeira vez a gente nunca esquece”, quem nunca escutou este dilema ao longo da vida, e é exatamente por este motivo que os torcedores do Tottenham estão em êxtase, afinal, a equipe do norte de Londres disputará a final da Champions League pela primeira vez desde a sua fundação em 1882. Deste modo, fica evidente que este é o momento mais especial na história dos Spurs.
A caminhada dos pupilos de Mauricio Pochettino não foi nada fácil desde o início da Champions League, tanto é, que imaginamos por diversas vezes que o time londrino seria eliminado do torneio. A começar pela fase de grupos, quando os ingleses conquistaram somente um ponto nos três primeiros jogos disputados. Já nas quartas de final, os Spurs garantiram a sua classificação graças ao VAR, que anulou um gol ilegal de Sergio Aguero no último segundo dos acréscimos da partida contra o Manchester City. E posteriormente, em Amsterdam, no embate frente o Ajax pelas semifinais, jogo em que o Tottenham contou com a estrela de Lucas Moura, autor de um hat-trick na segunda etapa do duelo, lembrando que o terceiro tento do jogador brasileiro foi marcado no último lance do confronto.
O lateral-esquerdo Ben Davies está fora de combate, em virtude de uma lesão na virilha.

O Tottenham foi derrotado 19 vezes ao longo da temporada, sendo quatro pela Champions League. Este é o maior registro de derrotas sofrida pelos Spurs na atual década.
O Tottenham foi derrotado 19 vezes ao longo da temporada, sendo quatro pela Champions League. Este é o maior registro de revezes sofridos pelos Spurs, considerando as últimas dez temporadas.

Liverpool

Pela segunda vez consecutiva, Jurgen Klopp conduziu o Liverpool à grande decisão da Champions League. Na edição anterior do torneio, os Reds caíram diante do Real Madrid por 3 a 1 em Kiev, uma amarga derrota que ficou marcada pelas duas falhas bizarras do ex-goleiro da equipe inglesa, Lorius Karius.
No entanto, o vice-título europeu já é coisa do passado, visto que os comandados de Jurgen Klopp realizaram uma temporada espetacular, embora não tenham erguido nenhum troféu até aqui. Para se ter uma ideia, o Liverpool encerrou a sua participação na Premier League, ocupando a vice-posição na tabela, marcando o montante de 97 pontos, permanecendo a apenas um do campeão, Manchester City. Aliás, esta foi a terceira maior pontuação de um time em uma única edição da liga inglesa.
Enquanto isso, pela Champions League, destacamos a épica virada dos Reds sobre o Barcelona pelas semifinais da competição, como o momento mais marcante vivido por eles, sobretudo porque o Liverpool perdeu o jogo de ida por 3 a 0 no Camp Nou, e através de muita garra, goleou os catalães por 4 a 0 em Anfield.
O departamento médico dos Reds vetou a presença do volante Naby Keira, em decorrência de uma contusão na virilha.

O retrospecto de Jurgen Klopp em finais é realmente preocupante, pois o Liverpool foi derrotado nas seis decisões que disputou sob o comando do técnico alemão.
O retrospecto de Jurgen Klopp em finais é realmente desanimador, pois o Liverpool foi derrotado nas seis decisões que disputou sob o comando do técnico alemão até o momento.

Dados Estatísticos

O registro histórico do confronto aponta que ambas equipes se enfrentaram 170 vezes ao longo da trajetória, e a vantagem é do Liverpool que soma 79 vitórias mediante 48 triunfos do Tottenham, ao passo que o empate prevaleceu em outras 43 oportunidades.
Este será apenas o segundo encontro envolvendo os dois clubes ingleses por um torneio internacional. O único duelo entre eles válido por uma competição continental, ocorreu pelas semifinais da extinta Copa da UEFA, em 1973, há exatos 46 anos. Na ocasião, o Liverpool eliminou o Tottenham devido aos gols marcados fora de casa.
Curiosamente, o Liverpool perdeu somente um dos últimos 14 compromissos diante do Tottenham, colecionando nove vitórias e quatro empates nas demais partidas realizadas neste período. Na atual temporada, a equipe de Klopp fez a dobradinha pra cima do time de Pochettino, vencendo os dois jogos pelo mesmo placar, 2 a 1.
Vale ressaltar ainda, que os Reds estão em busca do sexto caneco da Champions League, à medida que os Spurs querem ser o 23º clube na história, a erguer a taça europeia.

Mauricio Pochettino e Jurgen Klopp nunca foram campeões por Tottenham e Liverpool, respectivamente. Logo, um deles conquistará seu primeiro título na tarde deste sábado em Madrid.
Mauricio Pochettino e Jurgen Klopp nunca foram campeões por Tottenham e Liverpool, respectivamente. Logo, um deles conquistará o seu primeiro título na tarde deste sábado em Madrid.

Escalações

Tottenham (4-3-1-2): Lloris; Trippier, Alderweireld, Vertonghen e Rose; Sissoko, Wanyama e Eriksen; Dele Alli; Lucas Moura e Harry Kane. Técnico: Mauricio Pochettino.

Liverpool (4-3-3): Alisson; Alexander-Arnold, Matip, van Dijk e Robertson; Henderson, Fabinho e Wijnaldum; Salah, Roberto Firmino e Mané. Técnico: Jurgen Klopp.

Previsão

Infelizmente, o confronto deste sábado entre Tottenham x Liverpool, será o último da temporada 2018/19 do futebol europeu. No entanto, devemos agradecer aos céus a chance de acompanharmos uma decisão tão especial como essa, afinal, teremos o encontro de duas verdadeiras seleções do mundo da bola.
O Liverpool é sem sombra de dúvidas, o grande favorito à vitória, basta recordarmos que os Reds terminaram 26 pontos à frente do rival londrino na tabela da Premier League. Além disso, o retrospecto recente dos jogos envolvendo os dois clubes, e a experiência do time de Jurgen Klopp, que disputará a sua terceira final europeia nos últimos três anos, são outros fatores que comprovam a enorme superioridade do conjunto de Anfield.
Todavia, o Tottenham chegou até Madrid muito na base da raça, e é através dela que os Spurs tentarão conquistar o título mais importante de sua história. O retorno de Harry Kane, recuperado de uma lesão no tornozelo, certamente aumentará poderio ofensivo da equipe de Mauricio Pochettino.
Palpite: Liverpool 2 x 1 Tottenham.

 

 

Deixar um comentário

Menu