Premier League 2019/20

O duelo entre Liverpool x Norwich, na tarde desta sexta-feira no estádio Anfield Road, abrirá a temporada 2019/20 da Premier League, a maior liga de futebol do planeta, que está a cada ano mais poderosa e atrativa ao grande público.

Após um longo período de espera, enfim a Premier League estará de volta para alegrar as nossas manhãs e tardes de final de semana. Embora muitos pachecos não aceitem esta constatação, a liga inglesa é sem sombra de dúvidas a mais fascinante do mundo, sobretudo porque a maioria dos craques do futebol mundial atuam na Inglaterra, portanto é correto afirmar que vinte verdadeiros esquadrões disputam o torneio. A edição de 2019/20, será a de número 128 do Campeonato Inglês (28ª como Premier League), lembrando que o Manchester City é o atual bicampeão da Premier League, ao passo que o Manchester United é o clube que mais vezes ergueu o caneco da competição com 20 conquistas em sua sala de troféus.

A principal novidade desta edição da Premier League, é que ela utilizará o VAR, ou seja, o famoso árbitro de vídeo estará em ação pela primeira vez na liga inglesa. Aliás, a inclusão deste recurso no torneio não agradou em nada os clubes, visto que os árbitros ingleses cometem pouquíssimos erros durante o campeonato, por esta razão eles são considerados os melhores do mundo. Além disso, muitos questionam a perda da emoção de comemorar um gol, o momento máximo de alegria no futebol, quando este é feito através de um lance polêmico. Outro detalhe interessante, é que ao contrário das últimas temporadas, a janela de transferências do futebol inglês fechou um dia antes do pontapé inicial da Premier League, deste modo todas as equipes começarão a competição com os elencos completos.

23 jogadores brasileiros disputarão a Premier League 2019/20. Dentre as principais novidades, estão os atacantes Joelinton e Wesley Moraes, considerados grandes promessas do mundo da bola.
23 jogadores brasileiros disputarão a Premier League 2019/20. Dentre as principais novidades, estão os atacantes Joelinton e Wesley Moraes, duas grandes promessas do mundo da bola.

Com a janela de transferências fechada para os clubes ingleses, já conseguimos identificar quanto os vinte times presentes na Premier League gastaram em contratações neste meio de ano. Para se ter uma ideia, o total investido por eles superou a casa dos 6 bilhões de reais, uma vez que foi desembolsado o montante de 1,38 milhão de libras. Aliás, as cifras excederam a incrível marca de 1 bilhão de libras pela quarta vez consecutiva. Confira abaixo, a lista das equipes que mais despejaram dinheiro para trazer novos reforços nesta temporada:

  1. Manchester United – 148 milhões de libras (R$ 703 milhões).
  2. Aston Villa – 144,5 milhões de libras (R$ 686,3)
  3. Arsenal – 138 milhões de libras (R$ 655,5 milhões)
  4. Manchester City – 134,8 milhões de libras (R$ 640,3 milhões)
  5. Everton – 118,5 milhões de libras (R$ 562,8 milhões)
  6. Tottenham – 101,05 milhões de libras – (R$ 479,99)
Contratado junto ao Leicester por 87,1 milhões de euros (R$ 370 milhões), o zagueiro Harry Maguire, agora do Manchester United, foi a contratação mais cara do futebol inglês nesta janela.
Contratado pelo Manchester United junto ao Leicester, por 87,1 milhões de euros (R$ 370 milhões), o zagueiro Harry Maguire foi a contratação mais cara do futebol inglês nesta janela de transferências.

Ao analisarmos estas informações, notamos a ausência do Liverpool e do Chelsea, os outros dois clubes que compõe o grupo chamado de Big Six, na relação dos clubes que mais investiram nesta janela de transferências. Os Blues aparecem apenas na 16ª posição desta lista com 40 milhões de libras gastas (R$ 190 milhões), todavia esta tímida ida ao mercado só aconteceu porque o conjunto londrino foi proibido pela FIFA de realizar transações. Já os Reds, adotaram uma política bastante conservadora neste meio de ano, tanto é, que os atuais vice-campeões ingleses movimentaram apenas 4,4 milhões de libras (R$ 20,9 milhões) para trazer os novatos Sepp van den Berg, ex-PEC Zwolle, e Harvey Elliott, ex-Fulham.

Como não poderia deixar de ser, Manchester City e Liverpool são os principais favoritos ao título da Premier League, haja vista a campanha de ambos na edição anterior da liga. Enquanto isso, as equipes do Tottenham, Arsenal, Manchester United e Chelsea brigarão assiduamente por uma vaga na Champions League (G-4), dos quais os Spurs são os mais qualificados tecnicamente. Ademais, Everton, Wolverhampton, Leicester e Burnley estarão na luta pelas vagas da Europa League, todos com potencial para incomodar e tirar pontos dos clubes que formam o Big Six.

Por outro lado, a batalha contra o temível rebaixamento também promete ser intensa na Premier League (três clubes são rebaixados). Acredito que os recém-promovidos Norwich, Sheffield United e Aston Villa estarão presentes nesta duríssima guerra, juntamente com Brighton, Southampton e Newcastle. E para finalizar, imagino que Bournemouth, Watford, West Ham e Crystal Palace figurarão na parte intermediária da tabela, porém todos com capacidade para surpreenderem durante a competição. No geral, serão 380 jogos disputados até o dia 17 de maio de 2020, data da última rodada da maior liga do planeta. Por essas e outras, preparem o coração porque emoção é o que não vai faltar na Premier League!

1ª rodada

09/08 (sexta)

Liverpool x Norwich

10/08 (sábado)

West Ham x Manchester City
Crystal Palace x Everton
Burnley x Southampton
Watford x Brighton
Bournemouth x Southampton
Tottenham x Aston Villa

11/08 (domingo)

Leicester x Wolverhampton
Newcastle x Arsenal
Manchester United x Chelsea

 

 

 

 

 

Deixar um comentário

Menu