Nuno Espírito Santo, a bola da vez no Tottenham!

Após uma série de rumores envolvendo os nomes de Antonio Conte, Paulo Fonseca e, pasmem, até de Gennaro Gattuso, o Tottenham segue buscando um profissional para suceder José Mourinho no comando técnico da equipe. Nuno Espírito Santo é a bola da vez!

Desde a demissão de José Mourinho no último mês de abril, o Tottenham não indicou quem será o futuro comandante da equipe. De lá para cá, diversos foram os treinadores especulados para assumir o cargo enquanto o interino Ryan Mason dirigia o time de forma provisória nas rodadas finais da Premier League 2020/21. Pois é, e passados mais TRINTA dias após o término do campeonato, a indefinição ainda persiste no clube do Norte de Londres, um atraso que certamente comprometerá o planejamento dos Spurs visando a próxima temporada.

Ao longo deste período, o nome que mais agradou os torcedores do Tottenham foi o de Antonio Conte, campeão italiano à frente da Inter de Milão na temporada passada. Contudo, as chances do treinador acertar a sua vinda ao conjunto londrino eram pra lá de remotas, em especial porque ele saiu da Inter devido a crise financeira que assolava o clube, quer dizer, uma situação não muito diferente da dos Spurs. Além disso, Conte almeja comandar um time competitivo e capaz de brigar por títulos, algo que o sétimo colocado da última edição da Premier League não poderia lhe proporcionar.

A propósito, a missão da diretoria dos Spurs é realmente complicada se levarmos em consideração o fato de que nenhum treinador de primeira linha aceitará assumir o comando do Tottenham no atual momento. A começar em função do baixo poder de investimentos do clube para realizar contratações nesta temporada, tendo em vista que os londrinos já não vinham bem economicamente depois da construção de seu novo estádio, e viu a situação se agravar ainda mais após a pandemia do novo coronavírus.

Ademais, é importante salientar que alguns jogadores do Tottenham se mostram insatisfeitos no clube, como é o caso de Harry Kane, nada menos do que principal astro da equipe. E por mais que a diretoria mantenha firme a posição de que o atacante da seleção inglesa não será negociado em virtude de seu contrato que é válido até junho de 2024 junto aos Spurs, a verdade é que nenhum treinador gostaria de trabalhar com atletas insatisfeitos em seu plantel.

Assim, sem poder contar com um treinador renomado, e com pouquíssimas opções disponíveis no mercado, o Tottenham permanece à procura de um profissional que agrade os torcedores. Aliás, este é mais um dos problemas que os Spurs vêm enfrentando para definir o novo técnico, visto que o trabalho realizado pela diretoria não está sendo feito de forma interna, mas sim publicamente, dando inclusive a impressão de que tudo é proposital para que tanto o presidente Daniel Levy quanto o diretor Fabio Paratici, saibam a reação da torcida em relação aos nomes especulados no clube.

Desta maneira, fica evidente porque Paulo Fonseca e Gennaro Gattuso não desembarcaram na Terra da Rainha para comandar os Spurs. Por sinal, as escolhas por parte da cúpula diretiva do clube retratam que ela não sabe o tipo de treinador que deseja contratar, já que todos os procurados até aqui são donos de características completamente distintas. Com isso, diante desta falta de convicção e profissionalismo, a sensação é a de que uma agremiação brasileira vem realizando o trabalho para escolher quem será o novo técnico do Tottenham.

Ainda assim, todo este imbróglio envolvendo o futuro treinador dos Spurs parece estar próximo de seu desfecho, e detalhe, apresentando um final feliz para os torcedores como tanto queria a diretoria, afinal, as negociações entre o clube londrino e o técnico Nuno Espírito Santo seguem evoluindo, ao contrário do que ocorreu com as tratativas do técnico português junto ao Everton e ao Crystal Palace. Por fim, considerando a enorme influência que Jorge Mendes – o empresário de José Mourinho e Paulo Fonseca – tem no Tottenham, seria surpreendente essa transação não se confirmar. A ver!

Deixar um comentário

Menu