O fim do ciclo de Allegri na Juventus

A partida diante da Sampdoria no próximo domingo (26), será a última do técnico Massimiliano Allegri no comando da Juventus, visto que o treinador deixará a equipe de Turim após término da temporada.

A trajetória de Massimiliano Allegri pela Velha Senhora foi realmente memorável, afinal, nos cinco anos em que esteve à frente da Juve, o técnico italiano conquistou cinco scudettos do Calcio de maneira consecutiva, além de quatro troféus da Copa da Itália e duas taças da Supercopa da Itália. Mesmo com o contrato do comandante de 51 anos de idade estando vigente até junho de 2020, a diretoria bianconera, através do presidente do clube, Andrea Agnelli, optou pela demissão de Allegri. Depois de 270 partidas dirigindo o time de Turim, o treinador somou o montante de 191 vitórias, 41 empates e 38 derrotas, obtendo um incrível aproveitamento de 75,8% neste período.

Embora o presidente da Juventus não tenha exposto publicamente, a não conquista da Champions League foi preponderante para a demissão de Massimiliano Allegri, lembrando que a equipe italiana disputou duas finais nos últimos cinco anos. Vale ressaltar ainda, que a chegada de Cristiano Ronaldo aos bianconeros no início da temporada, colocou uma enorme pressão sobre Allegri, já que o craque português além de ter ganho as últimas três edições do torneio continental, é o maior artilheiro da competição ao longo da história, logo, com CR7 no time, erguer a orelhuda virou praticamente uma obrigação à Velha Senhora.

A eliminação diante do Ajax nas quartas de final da Champions League, determinou a queda de Massimiliano Allegri do comando da Juventus.
A eliminação diante do Ajax nas quartas de final da Champions League, determinou a queda de Massimiliano Allegri do comando da Juventus.

Considero o desempenho da Juventus nesta temporada somente razoável, isso porque o conjunto de Turim faturou “apenas” o octacampeonato italiano e a Supercopa da Itália, muito pouco para uma equipe que investiu pesadíssimo para contratar jogadores como Cristiano Ronaldo (R$ 526,5 milhões), João Cancelo (R$ 181,8 milhões), Leonardo Bonucci (R$ 157,5 milhões) Mattia Perin (R$ 54 milhões), além de comprar em definitivo o meia-atacante Douglas Costa (R$ 180 milhões) junto ao Bayern Munique.

Para se ter uma ideia, o elenco da Juve está avaliado em R$ 3.520 bilhões, ao passo que o plantel do Napoli, o segundo mais caro do futebol italiano, está avaliado em R$ 2.530 bilhões, portanto, diante de uma diferença tão grande como essa, vencer todas as competições domésticas é o mínimo que se espera dos bianconeros. Deste modo, levando em conta o aspecto financeiro, a chegada de Cristiano Ronaldo, e as eliminações nas quartas de final tanto da Copa da Itália quanto da Champions League, para Atalanta e Ajax, respectivamente, o presidente Andrea Agnelli entendeu que a Juventus precisará de um novo treinador. (Obs*: dados coletados do site Transfermarkt.com).

Os seis títulos do Calcio na bagagem, sendo cinco pela Juventus e um pelo Milan, Massimiliano Allegri é o segundo treinador que mais vezes venceu o Campeonato Italiano, atrás apenas do sete vezes campeão, Giovanni Trapattoni.
Com seis títulos do Calcio na bagagem, sendo cinco pela Juventus e um pelo Milan, Massimiliano Allegri é o segundo treinador que mais vezes venceu o Campeonato Italiano até hoje, atrás apenas do sete vezes campeão, Giovanni Trapattoni.

Fazendo um breve comparativo entre todas as campanhas da Juventus no Calcio com Massimiliano Allegri como treinador, notamos que a performance da equipe na atual temporada pode vir a ser a segunda melhor deste ciclo de cinco scudettos de Allegri. No momento, a Juve lidera o campeonato com 90 pontos ganhos, tendo chances reais de chegar a 93 pontos (basta conquistar um triunfo sobre a Sampdoria, em Gênova). Confira abaixo o desempenho dos bianconeros sob o comando do treinador pentacampeão italiano na competição:

  • Temporada 2014/15 – campeã com 87 pontos em 38 jogos.
  • Temporada 2015/16 – campeã com 91 pontos em 38 jogos.
  • Temporada 2016/17 – campeã com 91 pontos em 38 jogos.
  • Temporada 2017/18 – campeã com 95 pontos em 38 jogos.
  • Temporada 2018/19 – campeã com 90 pontos em 37 jogos, resta uma rodada.

Enquanto o destino de Massimiliano Allegri continua totalmente incerto, uma vez que o treinador aguarda propostas para assumir uma nova equipe na próxima temporada, a Juventus já escolheu o nome do sucessor de Allegri no comando do time, trata-se de Maurizio Sarri, atual técnico do Chelsea, e que realizou um excelente trabalho no Napoli entre os anos de 2015 a 2018. Todavia, desde que chegou ao clube londrino no ano passado, Sarri não convenceu, tanto é, que ele deixará os Blues mesmo se eles forem campeões da Europa League. Isto posto, somente o futuro dirá se a decisão da diretoria foi correta ou não, porém a única certeza que temos no momento, é que dificilmente algum outro treinador repetirá os feitos de Massimiliano Allegri na squadra de Turim.

Deixar um comentário

Menu