Sevilla x Betis

O Dérbi da Andaluzia, tradicional clássico entre Sevilla x Betis, marcará o retorno do futebol espanhol na tarde desta quinta-feira (11). O duelo começa a partir das 17:00 (de Brasília), no estádio Ramón Sánchez Pizjuán.

Sevilla

Para a alegria de todos os torcedores sevillistas, o Sevilla está pronto para retornar aos gramados após três meses de ausência. A última aparição dos pupilos de Julen Lopetegui deu-se no dia 07 de março, quando eles empataram com o Atlético de Madrid (2 a 2), atuando fora de seus domínios. Com este resultado, os rojiblancos estenderam a sua invencibilidade na temporada para seis jogos.
Terceiro colocado na classificação da LaLiga com 47 pontos, o Sevilla contabiliza 13 vitórias, 8 empates e seis derrotas em 27 partidas disputadas, registrando 58% de aproveitamento através desta ótima campanha no campeonato. Ou seja, os rojiblancos seguem vivíssimos na luta por uma vaga na próxima edição da Champions League.
O volante Nemanja Gudelj está fora de combate devido ao acumulo de cartões amarelos. De resto, todos os jogadores estarão à disposição do treinador Julen Lopetegui.

O Sevilla balançou as redes adversárias em todas as partidas desde o revés frente o Barcelona (4 a 0) em novembro do ano passado. De lá para cá, foram 19 partidas seguidas marcando gols pela LaLiga.
O Sevilla balançou as redes nos últimos 19 jogos pela LaLiga. O time não deixa o campo sem marcar gols desde o revés frente o Barcelona (4 a 0), em outubro do ano passado.

Betis

O incrível triunfo por 2 a 1 diante do Real Madrid, na última partida disputada pelo Betis antes da paralisação do futebol na Espanha em virtude da pandemia do novo coronavírus, não foi capaz de apagar a pífia campanha realizada pelos verdiblancos até aqui na temporada. Para se ter uma ideia, os comandados de Rubi venceram somente dois compromissos pela LaLiga em 2019, lembrando que eles entraram em campo nove vezes pela competição neste período.
Consequentemente, o Betis despencou para a 12ª posição na tabela da LaLiga com 33 pontos ganhos, colecionando o total de 8 vitórias, 9 empates e 10 derrotas em 27 jogos, obtendo assim, 40,7% de aproveitamento no campeonato.
O departamento médico do Betis vetou a presença dos atletas William Carvalho, Diego Lainez e Juanmi, em decorrência de suas respectivas contusões.

O Betis venceu somente uma das 13 partidas disputadas como visitante pela atual edição da LaLiga.
O Betis venceu somente uma das últimas 13 partidas disputadas como visitante pela atual edição da LaLiga, acumulando seis derrotas e seis empates nos demais jogos fora de casa.

Dados Estatísticos

O registro histórico do confronto aponta que o Dérbi da Andaluzia foi disputado o montante de 127 vezes ao longo da história, e a vantagem é do Sevilla que soma 59 vitórias mediante 39 triunfos do Betis, ao passo que o empate prevaleceu em outras 29 oportunidades.
O clássico mais recente envolvendo os dois rivais andaluzes, ocorreu em novembro no estádio Benito Villamarín, pela 13ª rodada da atual edição da LaLiga. Na ocasião, o Sevilla bateu o Betis por 2 a 1, com gols de Lucas Ocampos e Luuk de Jong para o lado dos rojiblancos, à medida que Loren Morón descontou a favor dos verdiblancos.
Curiosamente, apenas um dos últimos dez Dérbis da Andaluzia terminaram empatados.
Vale ressaltar ainda, que o Sevilla manteve-se invicto em 10 dos últimos onze jogos como mandante pela LaLiga, enquanto o Betis não venceu as últimas seis partidas como visitante no torneio.

Este será o
Este será somente o segundo duelo pessoal entre os treinadores Rubi e Julen Lopetegui, sendo que o técnico do Sevilla saiu de campo com a vitória nos dois encontros anteriores.

Escalações

Sevilla (4-3-3): Vaclik; Jesús Navas, Koundé, Diego Carlos e Reguilón; Joan Jordán, Fernando e Banega; Suso, de Jong e Ocampos. Técnico: Julen Lopetegui.

Betis (4-3-3): Robles; Emerson, Sidnei, Marc Bartra e Álex Moreno; Guardado, Edgar González e Sergio Canales; Joaquín, Morón e Fekir. Técnico: Rubi.

Previsão

Após longos três meses de quarentena, a bola enfim vai voltar a rolar na Espanha, um dos países mais afetados pelo Covid-19. E nada melhor do que comemorar o retorno do futebol com um clássico da magnitude do Dérbi da Andaluzia.
A distância de 13 pontos que separam os dois rivais na classificação da LaLiga, serve como parâmetro para definir o enorme favoritismo do Sevilla no clássico desta quinta-feira. Além disso, os rojiblancos jogarão em casa, o que aumenta ainda mais as chances de vitória, sobretudo porque os béticos são donos apenas da 15ª melhor campanha como visitantes no campeonato.
Do outro lado, o Betis tentará se beneficiar do fato da temporada ter ficado tanto tempo paralisada, afinal, a falta de ritmo de jogo aliado as condições físicas fora do ideal, podem ser determinantes para um improvável triunfo dos verdiblancos em pleno estádio Ramón Sánchez Pizjuán.
Palpite: Sevilla 2 x 0 Betis

Deixar um comentário

Menu