Natal verde e branco em Portugal

Os torcedores sportinguistas passarão um Natal que há tempos não se via, afinal, o Sporting lidera isoladamente a tabela da Primeira Liga. E tudo graças ao excelente trabalho realizado pelo técnico Rúben Amorim no Alvalade.

Considerado a terceira força do futebol português, o Sporting vem quebrando todos os paradigmas na atual temporada. Não à toa, o conjunto alviverde ocupa o primeiro posto na classificação da Primeira Liga, somando 26 pontos em 10 jogos – 8 vitórias e dois empates -, sendo o único clube invicto até o momento na competição. E como não poderia deixar de ser, a excelente campanha dos Leões no campeonato já faz os sportinguistas sonharem com a conquista do título nacional, façanha esta, que o time de Alvalade não alcança desde 2002.

Contudo, é importante salientar que um dos grandes responsáveis pela ótima fase vivida pelo Sporting é o treinador Rúben Amorim, visto que o jovem técnico de 35 anos de idade mudou a cara da equipe desde que chegou ao clube verde e branco em plena pandemia. Vale ressaltar que inicialmente a contratação de Amorim não agradou os sportinguistas por conta de sua enorme identificação junto ao rival Benfica, time pelo qual ele atuou entre 2008 a 2017, e conquistou o montante de dez títulos.

Ademais, a pouquíssima experiência de Rúben Amorim como técnico, que tinha como principal trabalho na carreira ter comandado o Braga em apenas TREZE oportunidades – ocupou o lugar de Ricardo Sá Pinto, hoje no Vasco -, além da alta multa de 10 milhões de euros paga pelo Sporting para tirá-lo de seu ex-clube, também foram aspectos que acabaram colocando uma gigantesca pressão sobre o novato treinador.

E para piorar ainda mais a situação, Rúben Amorim assumiu o comando do Sporting justamente no período em que a temporada do futebol português foi paralisada em virtude da pandemia. Todavia, mesmo diante de todo este cenário, os Leões superaram as expectativas ao terminarem a Primeira Liga na terceira posição ao lado do Braga, ambos com 60 pontos ganhos. Na ocasião, eles colecionaram 6 vitórias, 3 empates e somente duas derrotas – para Porto e Benfica -, em 11 jogos disputados.

Tendo a possibilidade de iniciar uma nova temporada à frente do Sporting, e sem tanta pressão por parte da torcida, Rúben Amorim realmente surpreendeu, tanto é, que alguns jornalistas portugueses já o comparam com José Mourinho pelo fato de sua abrupta ascensão como técnico. Entretanto, existem algumas similaridades entre os dois treinadores também na forma de pensamentos, talvez seja esta a razão pela qual os Leões são donos da melhor defesa da Primeira Liga com apenas sete tentos sofridos nas dez primeiras rodadas do torneio.

Ainda assim, diversas ações tomadas por Rúben Amorim foram preponderantes para que o Sporting chegasse a este estágio. A começar pelas oportunidades cedidas aos jovens Nuno Mendes e Tiago Tomás, que com apenas 18 anos já assumiram a titularidade da equipe. Além disso, armar o meio-campo com João Palhinha e João Mário, dupla contestada antes do início da temporada, foi outro verdadeiro gol marcado pelo treinador sportinguista. E por fim, indicar as contratações de Zouhair Feddal, Pedro Porro, Nuno Santos e Tabata, reforçaram o elenco sem afetar o caixa do clube.

Desta maneira, Rúben Amorim montou um time extremamente competitivo, intenso, que atua no 3-4-3 com a bola, no 5-4-1 sem a redonda, e equilibrado em todos os setores. E detalhe, tudo isso quase um ano após a saída de Bruno Fernandes ao Manchester United, lembrando que o meia era responsável por mais da metades dos gols feitos pelos Leões de Alvalade nas últimas temporadas. Logo, ainda que o Sporting não tenha erguido nenhum caneco sob a batuta de Amorim, não restam dúvidas de que a equipe está no caminho certo. Por isso este Natal será verde e branco em Portugal!

Deixar um comentário

Menu