Villarreal supera sina das semifinais, e está na decisão da Europa League 2020/21

O empate sem gols entre Villarreal e Arsenal no Emirates Stadium foi suficiente para que o Submarino Amarelo garantisse a inédita classificação à final da Europa League, que será a QUINTA na carreira do treinador Unai Emery.

Há exatos quinze anos, os torcedores do Villarreal choravam em função da duríssima queda da equipe espanhola diante do Arsenal nas semifinais da Champions League 2005/06, naquela que veio a ser a eliminação mais dolorosa da história do clube. Na ocasião, o time na época comandado por Manuel Pellegrini foi derrotado pelo placar mínimo e com requintes de crueldade no estádio Madrigal, já que o craque Juan Román Riquelme desperdiçou uma penalidade aos 44 minutos da segunda etapa – lembrando que o empate levaria o duelo à prorrogação.

Todavia, após mais de uma década de espera, enfim o Villarreal deu o troco no Arsenal, e detalhe, eliminando os Gunners em pleno Emirates Stadium. Com o triunfo do Submarino Amarelo por 2 a 1 no jogo de ida das semifinais da Europa League 2020/21, realizado no estádio Madrigal, bastava um simples empate no jogo de volta para que os pupilos de Unai Emery regressassem à Comunidade Valenciana com a tão sonhada vaga na bagagem. Pois é, e no final das contas foi exatamente isso que aconteceu, tendo em vista que a partida terminou empatada em 0 a 0 na capital inglesa.

Vale ressaltar, que o Villarreal jamais disputou uma final europeia ao longo da trajetória, o que significa que esta será a primeira do time espanhol. Para se ter uma ideia, o Submarino Amarelo foi eliminado por Valencia, Porto e Liverpool, nas semifinais das edições 2003/04, 2010/11 e 2015/16 da Europa League, respectivamente, além de ter sofrido aquela fatídica desclassificação frente o Arsenal nas semifinais da Champions League 2005/06.

Em contrapartida, Unai Emery é dono de um currículo pra lá de vitorioso na Europa League, afinal, o treinador de 49 anos de idade faturou o tricampeonato do torneio à frente do Sevilla nas temporadas 2013/14, 2014/15 e 2015/16, enquanto, a única decisão perdida por ele deu-se no comando do Arsenal, em 2019. Ademais é importante salientar que Emery é o técnico que acumula o maior número de partidas na história da competição, registrando o montante de 92 jogos.

Contudo, a inédita classificação do Villarreal à finalíssima da Europa League coroa o excelente trabalho que vem sendo realizado no clube valenciano desde que Fernando Roig assumiu a presidência em 1997. De lá para cá, o Submarino Amarelo disputou duas edições da Taça Intertoto, doze da Europa League e três da Champions League, isso sem contar o vice-campeonato espanhol sob a batuta de Manuel Pellegrini na temporada 2007-08. Ou seja, feitos que retratam o crescimento do time tanto nacional quanto internacionalmente.

E foi justamente projetando o sucesso na atual edição da Europa League, que a diretoria do clube espanhol decidiu contratar Unai Emery antes do início desta temporada, uma escolha que mostrou-se mais do que certa, tanto é, que o Villarreal está a noventa minutos de conquistar o seu primeiro título continental. Em 53 jogos no comando do Submarino Amarelo, Emery coleciona o total de 29 vitórias, 15 empates e nove derrotas, obtendo uma média de 1,92 pontos conquistados por partida, e registrando 64,1% de aproveitamento através desta ótima performance.

Deste modo, o Villarreal, modesto clube situado em uma pequena cidade composta por pouco mais de 50 mil habitantes, precisa superar apenas mais um obstáculo para dar a sua primeira volta olímpica no exterior, o que não será nada fácil visto que do outro lado estará o poderosíssimo Manchester United. Ainda assim, se considerarmos o fato de que os espanhóis estão invictos há doze partidas atuando como visitantes na Europa League e já eliminaram um oponente inglês nas seminais, nada os impede de pintar a Europa de amarelo no próximo dia 26. A ver!

Deixar um comentário

Menu