Olympique Marseille

2 Posts Back Home

Mais zerado do que nunca

Nenhuma vitória, nenhum ponto, nenhum gol marcado… eis a melancólica campanha do Olympique Marseille nas três primeiras rodadas da fase de grupos da Champions League 2020/21. Contudo, o pífio rendimento do conjunto marselhês no torneio já vem de longa data. Campeão da Champions League na temporada 1992/93, o Olympique Marseille vive um verdadeiro pesadelo na atual edição do torneio. E o drama dos gauleses já teve início na rodada inicial da fase de grupos da competição, visto que eles caíram diante do Olympiacos, considerado o time mais fraco da chave, pelo placar mínimo em Atenas. Posteriormente, os comandados de André-Villas Boas foram derrotados pelo Manchester City por 3 a 0 em pleno Vélodrome, sendo este, o mesmo resultado do revés sofrido pela equipe francesa frente o Porto no estádio do Dragão. Assim, o Olympique Marseille fechou as três primeiras rodadas da Champions League sem somar nenhum ponto e sem balançar…

O que futuro reserva ao Olympique de Marseille?

Após encerrar a temporada com o simbólico vice-título da Ligue 1, o Olympique de Marseille garantiu a tão sonhada classificação à Champions League, um feito que o time da Costa Azul francesa não alcançava há exatos sete anos. Se tem uma equipe no futebol francês que comemorou a decisão dos organizadores da Ligue 1 de declararem o término da competição em decorrência da pandemia do novo coronavírus, esta equipe é o Olympique de Marseille. Isso porque os pupilos de André Villas-Boas acabaram ficando – merecidamente – com o vice-título nacional. Colecionando o total de 56 pontos em 28 jogos (16 vitórias, 8 empates e 4 derrotas), o OM obteve 66,7% de aproveitamento no campeonato. No final das contas, o único oponente capaz de superá-lo nesta temporada foi o tricampeão, PSG. O Olympique de Marseille, detentor de nove canecos da liga francesa e um da Champions League (1992/93) ao longo da história, tinha como principal objetivo terminar a Ligue 1 entre…

Menu