A um passo da demissão

A trajetória de Luciano Spalletti na Internazionale está cada vez mais próxima do fim, e ao que tudo indica, o eterno ídolo nerazzurri, José Mourinho, será o sucessor do treinador italiano no banco de reservas do Giuseppe Meazza.

Depois de terminar 2018 na cola do Napoli, vice-colocado na tabela do Calcio, a Internazionale iniciou 2019 da pior maneira possível, isto é, colecionando uma série de revezes. Para se ter uma ideia, a Inter soma apenas uma vitória nos cinco jogos disputados este ano, lembrando que os nerazzurris sofreram duas derrotas (Torino e Bologna) e conquistaram dois empates (Sassuolo e Lazio) nos demais compromissos. Como não poderia deixar de ser, essa sucessão de maus resultados gerou uma enorme crise na equipe de Milão, até porque o empate diante da Lazio por 1 a 1 (derrota nos pênaltis), culminou com a eliminação da Inter nas quartas finais da Copa da Itália em pleno estádio Giuseppe Meazza.

Consequentemente, os comandados de Luciano Spalletti estacionaram na 3ª posição do Calcio, e viram tanto a Juventus como o Napoli, líder e vice-líder do campeonato, se distanciarem à sua frente na classificação. Contabilizando o total de 12 vitórias, 4 empates e seis derrotas em 22 partidas realizadas, a Internazionale obtém 60,6% de aproveitamento através desta campanha. Vale ressaltar ainda, que o arquirrival Milan, 4º colocado na competição, já está a apenas quatro pontos da Inter, enquanto Roma e Lazio aparecem logo em seguida, a cinco pontos dos nerazzurris. Como restam 16 rodadas para o término do torneio, fica evidente que a vaga do conjunto interista à Champions League está longe de estar assegurada.

No comando da Inter deste junho de 2017, o treinador Luciano Spalletti acumula 36 vitórias, 18 empates e 16 derrotas à frente da equipe, registrando uma performance de 60% de aproveitamento.
No comando da Inter desde junho de 2017, o treinador Luciano Spalletti acumula 36 vitórias, 18 empates e 16 derrotas à frente da equipe, registrando 60% de aproveitamento no clube de Milão.

O treinador Luciano Spalletti é considerado o maior responsável pela queda de rendimento da Inter, tanto é, que a diretoria interista já vislumbra uma troca no comando da equipe, obviamente na tentativa de salvar a temporada. Com contrato válido até 2021, o experiente técnico italiano de 59 anos de idade está literalmente com a corda no pescoço, ainda mais depois da inusitada derrota da Internazionale para o Bologna, time que luta contra o rebaixamento, no estádio Giuseppe Meazza por 1 a 0, na rodada passada do Calcio.

No entanto, existem dois motivos pelos quais Luciano Spalletti vem sofrendo esta enorme pressão. O primeiro deles, responde pelo nome de José Mourinho, visto que o técnico português é uma figura idolatrada pelos nerazzurris por conta de sua excelente passagem pelo clube italiano entre os anos de 2008 e 2010. Já o segundo motivo, é o péssimo futebol apresentado atualmente pela Inter, pois a diretoria entende que todo o esforço feito por ela no início da temporada para trazer ao time os jogadores Radja Nainggolan, Lautaro Martínez, Stefan de Vrij, Sime Vrsaljko, Matteo Politano e Kwadwo Asamoah, e mais recentemente para contratar Cédric Soares e Andrew Gravillon, foi totalmente em vão.

A passagem de José Mourinho pela Internazionale foi realmente incrível, não à toa, os italianos conquistaram uma Champions League, dois scudettos do Calcio, uma Copa da Itália e uma Supercopa da Itália.
A passagem de José Mourinho pela Internazionale foi realmente incrível, não à toa, os italianos conquistaram uma Champions League, dois scudettos do Calcio, uma Copa da Itália e uma Supercopa da Itália sob o comando do português.

O montante de títulos conquistados por José Mourinho na Itália, são apenas amostras de que sua trajetória na Inter deixou saudades aos torcedores nerazzurris, portanto, este seria o local ideal para o treinador português recuperar a péssima imagem deixada no futebol inglês, afinal, os trabalhos do Special One no Chelsea e no Manchester United foram bastante abaixo das expectativas, além de mega conturbados. Outro detalhe importante que aponta que o retorno de Mourinho à Internazionale está muito perto de se concretizar, é o fato do clube ter dinheiro disponível em caixa para montar uma equipe competitiva, capaz de brigar por títulos na próxima temporada.

Aliás, alguns sites italianos noticiaram no início desta semana, que o empresário do treinador português, Jorge Mendes, esteve em Milão justamente para conversar com a diretoria da Internazionale. A mídia informou ainda, que o nome de Antonio Conte também agrada a cúpula diretiva da Inter, recordando que o ex-técnico do Chelsea encontra-se desempregado no momento. Entretanto, o comandante italiano aparece apenas como uma alternativa ao time de Milão caso a negociação com José Mourinho não evolua.

O próximo compromisso dos nerazzurris, será contra o Parma (sábado, 09), no estádio Ennio Tardini, em partida válida pela 23ª rodada do Calcio. Depois disso, na quinta-feira, os italianos viajarão à Áustria, aonde terão de encarar o Rapid Viena, pela Segunda Fase da Europa League. Diante de todo este cenário a única dúvida que fica é a seguinte: será que José Mourinho assumirá novamente o comando da Inter ainda no decorrer da atual temporada, ou apenas no final dela? Pois uma coisa é certa, está mais do que evidente que o sucessor de Luciano Spalletti na Internazionale será mesmo o Special One.

Deixar um comentário

Menu