Manchester City, bicampeão inglês 2018/19

A edição mais emocionante da Premier League nos últimos anos, conheceu o seu campeão em sua última rodada. Trata-se do Manchester City, que com o triunfo sobre o Brighton, ergueu pela segunda vez consecutiva, a tão cobiçada taça da competição.

Embora o Manchester City tivesse que encarar o Brighton no Amex Stadium, o cenário para a conquista do bicampeonato inglês era totalmente favorável aos Citizens, isso porque os Seagulls, 17º colocados na classificação da Premier League, apenas cumpririam tabela na última rodada, visto que eles já haviam atingido seu objetivo na temporada, que era de se livrar do rebaixamento. Além disso, o Liverpool, adversário que estava na briga direta pelo título, teria pela frente o Wolverhampton, considerado uma verdadeira pedra no sapado do grupo de clubes conhecido como “Big Six”, isto é,  Manchester City, Liverpool, Tottenham, Chelsea, Arsenal e Manchester United.

Precisando de uma simples vitória para garantir o título inglês, o Manchester City começou o embate levando um grande susto, dado que Glenn Murray abriu o placar a favor do Brighton aos 27 minutos de jogo. Todavia, os anfitriões não tiveram nem tempo de comemorar, pois os Citizens igualaram o marcador um minuto depois, através de Sergio Aguero. A partir daí, o City provou todo o seu favoritismo, e aos 38 minutos o zagueiro Aymeric Laporte, de cabeça, colocou o time de Pep Guardiola á frente no confronto. Posteriormente, na segunda etapa da partida, Riyad Mahrez e Ilkay Gundogan, aos 18 e 27 minutos, respectivamente, selaram a vitória dos Sky Blues por 4 a 1 em pleno Amex Stadium.

Sergio Aguero foi o artilheiro da edição 2018/19 da Premier League, com 21 gols.
Sergio Aguero foi o artilheiro do Manchester City na Premier League, com 21 gols. Entretanto, Mohamed Salah, Sadio Mané e Pierre-Emerick Aubameyang lideraram a artilharia da liga inglesa com 22 tentos.

Com isso, os comandados de Pep Guardiola encerraram a sua participação na Premier League com o montante de 98 pontos, um à frente do Liverpool, que somou 97. Colecionando o total de 32 vitórias, 2 empates e quatro derrotas em 38 jogos disputados, os Citizens registraram a incrível marca de 86% de aproveitamento na competição. Vale ressaltar ainda, que os bicampeões ingleses foram donos do melhor ataque (95 gols marcados) e da segunda melhor defesa (23 gols sofridos) do campeonato, portanto, a conquista do City é inegavelmente inquestionável.

Outro detalhe interessante, é a excelente performance do Manchester City quando enfrentou os times do bloco Big Six. Para se ter uma ideia, o City fez o double diante de Arsenal, Manchester United e Tottenham. Já nas partidas frente o Liverpool, os Citizens obtiveram uma vitória e um empate, enquanto nos jogos contra o Chelsea, eles ganharam no Etihad Stadium e perderam no Stamford Bridge, sofrendo somente uma derrota nos confrontos envolvendo os “tubarões” da Premier League, lembrando que os três demais revezes da equipe de Pep Guardiola na liga, foram para Crystal Palace (3 x 2), Leicester (2 x 1) e Newcastle (2 x 1), respectivamente.

O treinador Pep Guardiola tornou-se o quarto treinador mais vitorioso na história, com apenas dez anos de carreira como técnico.
O treinador Pep Guardiola tornou-se o terceiro treinador mais vitorioso na história, com apenas dez anos de carreira como técnico. No geral, o comandante do Manchester City acumula 26 troféus (torneios oficiais).

A atual edição da Premier League também ficou marcada pelo excelente desempenho tanto do Manchester City quanto do Liverpool, uma vez que ambos realizaram campanhas extraordinárias no torneio. Por incrível que pareça, a melhor performance de uma equipe na Premier League, foi justamente do City, na temporada passada, que marcou 100 pontos. Quem mais havia se aproximado deste número até então, era o Chelsea, que em 2005, foi campeão com 95 pontos. Logo, Manchester City e Liverpool, registraram a segunda e terceira melhores campanhas da história da competição. Ademais, com a vitória sobre o Brighton, os Citizens conquistaram o seu 18º triunfo seguido no torneio, um feito alcançado somente por eles próprios, na temporada anterior. Abaixo os pontos de Pep Guardiola nas ligas disputadas ao longo de sua gloriosa carreira:

  • Temporada 2008-09 – Barcelona – 87 pontos
  • Temporada 2009-10 – Barcelona – 99 pontos
  • Temporada 2010-11 – Barcelona – 96 pontos
  • Temporada 2011-12 – Barcelona – 91 pontos
  • Temporada 2013-14 – Bayern Munique – 90 pontos
  • Temporada 2014-15 – Bayern Munique – 79 pontos
  • Temporada 2015-16 – Bayern Munique – 88 pontos
  • Temporada 2016-17 – Manchester City – 78 pontos
  • Temporada 2017-18 – Manchester City – 100 pontos
  • Temporada 2018-19 – Manchester City – 98 pontos
    (TOTAL: 906 pontos de possíveis 1104 – 82% de aproveitamento)

Desta maneira, o Manchester City ergueu o título de campeão inglês pela sexta vez na história, igualando-se a Chelsea e Sunderland, que também acumulam seis canecos. O Manchester United segue liderando a lista de maiores vencedores do campeonato com 20 troféus no currículo, seguido de perto pelo Liverpool, que obtém 18 taças, ao passo que as equipes de Arsenal (13), Everton (9) e Aston Villa (7) aparecem mais abaixo. Completam esta lista, os times de Newcastle(4), Sheffield Wednesday (4), Leeds (3), Wolverhampton (3), Huddersfield Town (3), Blackburn (3), entre outros.

A festa pela conquista da Premier League vai ser curtíssima aos jogadores do Manchester City, afinal, os Citizens disputarão no próximo sábado (18), outra importantíssima decisão. Me refiro a final da FA Cup (Copa da Inglaterra), entre City x Watford, que terá como palco, o mítico estádio de Wembley. Obviamente, os bicampeões ingleses são os grandes favoritos à vitória, e caso este favoritismo novamente se concretize, o Manchester City terminará a temporada faturando a tríplice coroa inglesa (Campeonato Inglês + Copa da Inglaterra + Copa da Liga Inglesa), sendo assim, o primeiro clube da Terra da Rainha a alcançar tal feito.

 

Deixar um comentário

Menu